Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Carlos Ayres Britto e Nelson Jobim reúnem-se na FecomercioSP em debate sobre o parlamentarismo

Ministros e juristas participarão do seminário “Parlamentarismo no Brasil: utopia ou possibilidade?”, que será realizado no dia 19 de setembro, na sede da Federação

São Paulo, 09 de setembro de 2016 – A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do seu Conselho Superior de Direito, e a Academia Internacional de Direito e Economia (AIDE) promovem o 33º Seminário intitulado Parlamentarismo no Brasil: utopia ou possibilidade?. O objetivo é debater o presidencialismo e o parlamentarismo e seus reflexos positivos e negativos nos âmbitos político, econômico e social.

O evento, que acontecerá na sede da Federação, em São Paulo, será dividido ao longo do dia em cinco painéis, que serão debatidos por importantes nomes, entre os quais, o presidente do Conselho Superior de Direito da FecomercioSP e de honra da AIDE, Dr. Ives Gandra Martins; os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli e Gilmar Mendes e os ex-presidentes do STF Carlos Ayres Britto e Nelson Jobim. Dentre os temas, destaque para “A crise atual do Presidencialismo no Brasil”, “Parlamentarismo: antídoto contra a crise?” e “Partidos Políticos e Sistema Eleitoral no Parlamentarismo”.

O credenciamento de imprensa poderá ser realizado entre os dias 12 e 16 de setembro pelos e-mails melina.cintra@tutu.ee e aline.queiroz@tutu.ee e também pelos telefones (11) 96864-3431 e (11) 96860-1503.

Serviço:

Parlamentarismo no Brasil: utopia ou possibilidade?

Data e horário: 19 de setembro, das 8 às 16h

Local: FecomercioSP.

Endereço: Rua Doutor Plínio Barreto, 285 – Bela Vista – SP.

Inscrições: http://www.fecomercio.com.br/evento/parlamentarismo-no-brasil-utopia-ou-possibilidade

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 157 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista – aproximadamente 4% do PIB brasileiro – e gera 5 milhões de empregos.

Fonte: Fecomercio