Rose anuncia parceria com Prefeitura da Capital e cumpre agendas no interior e em Brasília

Campo Grande (MS) – Em sua primeira agenda pública, a governadora em exercício, Rose Modesto, firmou parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Grande para solucionar um dos maiores gargalos da Capital: as ruas esburacadas. Até o dia 30 de janeiro, Rose estará à frente do governo e cumprirá agenda em Campo Grande e  nas cidades do interior, além de participar de reunião com o presidente Michel Temer e governadores em Brasília  no dia 18, para assinatura do Pacto Nacional de Segurança Pública.
  
Em convênio anunciado na Prefeitura Municipal, ao lado do prefeito Marcos Trad, o governo repassará R$ 25 milhões via Fundersul para obras de tapa buracos e recapeamento de ruas de Campo Grande. “Esse é um dos grandes problemas da cidade e o governo do Estado precisa estender a mão para a Prefeitura. Vamos repassar R$ 25 milhões, sendo R$ 10 milhões para obras de tapa-buracos e mais R$15 milhões para recapeamento de ruas”, disse a governadora em exercício Rose Modesto.
Ao longo de 20 dias, há muito trabalho pela frente: “Nossa prioridade é a população e o prosseguimento com a agenda já estabelecida pelo governador Reinaldo Azambuja. Vamos também visitar algumas cidades e cumprir agenda em Brasília para tratar de assuntos ligados à segurança”, destacou.
Em 2016, a governadora em exercício já esteve na Capital Federal para tratar de assuntos de segurança nacional: “Somos estado de fronteira e o governo federal precisa dar suporte a essa nossa condição. Temos questões ligadas ao tráfico de drogas, de pessoas e contrabando que precisam ser tratadas de forma urgente pelo Governo Federal. O Governo do Estado já está fazendo sua parte”, citou.
No interior, a governadora em exercício visitará Dourados na próxima semana para lançar o projeto de escolas de ensino integral. Neste ano, o Governo do Estado totaliza 12 escolas em funcionamento com este modelo. São 8 em Campo Grande e, além de Dourados, ainda funcionarão escolas em Naviraí, Corumbá e Maracaju, atendendo um total de 4.447 mil alunos. “A gente começa por aí, com educação de qualidade para a construção de um Estado mais justo. Com mais escolas, e de qualidade, menos crimes e mais igualdade social”, apontou a governadora, também professora há mais de uma década.
Agendas em Ponta Porã, com prefeitos do interior e visitas a obras do governo do Estado estão ainda na pauta de Rose. “Parceria é a palavra-chave e quem sempre é beneficiado com isso é a nossa população”, destacou.
Texto: Michelle Rossi. Foto: Leca.