Deputado Marun (PMDB-MS) é empossado Procurador Parlamentar da Câmara dos Deputados

Prestígio e responsabilidade marcaram a transmissão de cargo que aconteceu na tarde desta quarta-feira (19)

Duas grandes responsabilidades em um só dia. Foi assim que o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) tomou posse, nesta quarta-feira (19), como novo Procurador Parlamentar da Câmara dos Deputados, mesmo dia em que deu início à leitura do relatório da reforma da Previdência, na comissão em que é presidente.

A cerimônia de transmissão de cargo da deputada Jozi Araújo (PTN-AP) para o deputado Marun lotou o salão nobre da Câmara. A solenidade contou com a presença do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ); autoridades do Executivo, Judiciário e Legislativo; membros do Ministério Público Federal (MPF) e integrantes da Polícia Federal.  A cerimônia contou com a presença ilustre do corpo diplomático, entre eles, os embaixadores da África, Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Bolívia, Bulgária, Eslováquia, França, Jordânia, Líbano, Palestina e Suíça.

Indicado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Marun tem agora a missão de defender o Parlamento e seus membros no tocante à honra, no exercício do mandato e funções institucionais.

Em seu primeiro mandato como deputado federal, Marun, que já foi vereador em Campo Grande e duas vezes deputado estadual por Mato Grosso do Sul, agradeceu a confiança do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia e do líder de seu Partido, deputado Baleia Rossi, pela indicação para exercer o posto de Procurador Parlamentar. “Estou consciente da responsabilidade que recai sobre meus ombros. Mesmo divergindo da opinião de alguns colegas, vou me empenhar para conquistá-los a cada dia com determinação, coerência e combatividade”. Marun ressaltou ainda que a Procuradoria é uma extensão jurídica de todos os gabinetes da Casa. “O órgão possui um corpo técnico especializado, que busca meios legais para defender a honra da Instituição e de seus integrantes. Como procurador, pretendo preservar os direitos de liberdade de manifestação e expressão, sem abrir mão dos direitos e garantias de cada cidadão. Tudo será analisado e às medidas judiciais e extrajudiciais serão tomadas ao menor tempo possível”. Marun salienta ainda que nenhum tipo de abuso direcionado ao Parlamento ou a parlamentar será aceito.

AC | Departamento de Gabinete do Dep. Federal Carlos Marun