Maratona do Terceiro Milênio exige mulheres autossustentáveis

Uma reflexão ao Dia do Trabalhador(a)

A palestrante, escritora e pesquisadora do universo feminino, Alice Schuch, explica que no século XXI, o poder mostra-se também ao feminino. Logo, cabe neste mês maio, Mês do Trabalhador, refletir como são, como pensam e como agem as mulheres que almejam o poder.

Essa plêiade, diz Alice, é composta por mulheres que possuem uma visão própria e original da vida, não baseada no feminismo reivindicatório do passado. “Demostram em campo aberto e, em primeira pessoa, um empenho em buscar com responsabilidade uma nova perspectiva de ação de sucesso”, completa.

São mulheres que se realizam no próprio ambiente: mulheres profissionalmente capazes e de comprovada expertise nos mais diversos campos, interessadas em desenvolver um caminho em direção a uma nova ordem de ação vencedora para as mulheres do nosso século.

São mulheres com estilo de vida adequada ao crescimento que se pretende, logo, com técnicas coerentes às metas pessoais.

“São mulheres conscientes (agentes) da própria força, capazes de auto sustento, ou seja, empoderadas: adquirem seu próprio alimento, suas vestes, sua residência, seu carro, logo são livres e buscam o máximo de si mesmas, são responsáveis pelas próprias decisões e não perdem tempo com futilidades. Constroem a cada dia o pessoal cartão de visita”.

AC | Wh Comunicação