Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo fala sobre desafios dos portadores em cada fase da vida

Este é o tema do Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo, evento gratuito, que está na 15ª edição

A psoríase, uma doença sistêmica, que atinge vários sistemas e órgãos, precisa ser levada a sério, devendo ser tratada multidisciplinarmente, depois de diagnosticada por um dermatologista.

Com o intuito de levar informações atualizadas às pessoas que têm a doença e seus familiares, aos profissionais da área de saúde e também trazer as últimas novidades sobre os tratamentos para psoríase, apresentadas nos congressos internacionais, acontece, novamente na Câmara Municipal de São Paulo, no dia 28 de outubro o Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo.

A psoríase acomete 2% da população mundial e deixou de ser considerada uma doença da pele e das articulações, sendo sistêmica, isto é, pode afetar vários órgãos. Essas novidades devem ser informadas as pessoas com psoríase e profissionais da saúde. Para tratar adequadamente a doença, o recomendado é a atuação de uma equipe multiprofissional com dermatologista, reumatologista, endocrinologista, cardiologista, médico da família, pediatra, enfermeiro, nutricionista, podólogo, fisioterapeuta, farmacêutico, psicólogo e odontologista. A falta de conhecimento sobre a doença também é um obstáculo para o tratamento, gerando a necessidade de capacitação dos vários profissionais da área de saúde.

O vitiligo é uma doença de pele, que atinge 1% da população mundial e que se manifesta com manchas brancas, sem cor, contrastando com a pele normal e também nas áreas de maior atrito no corpo. Quanto mais escuro a pele normal, mais evidentes são as manchas brancas. O vitiligo não é uma doença contagiosa.

“São 15 anos de conquistas e ficamos orgulhosos em proporcionar o acesso a informações atualizadas as pessoas que têm a doença, seus familiares e aos profissionais da área de saúde. Nestes anos vimos muitos avanços no entendimento da psoríase que passou a ser vista, não mais como uma doença de pele, mas como uma doença sistêmica que envolve vários profissionais da área de saúde para seu controle. Isto e muito mais é apresentado às pessoas que participam deste evento único em nosso país, comenta Cid Sabbag, médico e diretor do Centro Brasileiro de Estudos em Psoríase – CBEP.

Programação

Com o tema – Os desafios de lidar com a Psoríase na infância, adolescência e na fase adulta – a cerimônia de abertura do Encontro terá inicio às 9h00 e será conduzida pelo seu proponente, o vereador Gilberto Natalini (PV/ SP) que ao lado do dermatologista, Cid Yazigi Sabbag, diretor do Centro Brasileiro de Estudos em Psoríase – CBEP, parceiro desta iniciativa receberão autoridades da área de saúde do governo estadual e municipal e representantes de entidades e associações médicas. Para finalizar a cerimonia o tradicional desfile, com o tema – Psoríase não tem cura, preconceito tem – onde os modelos são as pessoas que têm a doença. Uma forma de mostrar a importância de se desconstruir os preconceitos, mudar a postura e atitudes em relação a quem tem a doença. Na sequência, renomados profissionais da área de saúde, ministrarão palestras com foco nas pessoas que têm psoríase e vitiligo. A partir das 10h00, acontecerão os cursos para estudantes e profissionais das áreas de odontologia, médica e farmácia. Na parte da tarde os protocolos também para estudantes e profissionais das áreas de podologia, nutrição, fisioterapia e enfermagem.

“Durante todo o sábado, o Encontro contribuirá para esclarecer assuntos de interesse dos pacientes e também complementar a formação de profissionais da área de saúde, a fim de que estejam ainda mais capacitados para atender as pessoas com psoríase”, afirma Wolney Alonso, Diretor Comercial da Biobalance, que marcará presença no evento com a linha EctoPURE, em um stand no 1o andar. A Biobalance visa promover saúde e bem-estar, através de produtos inovadores, naturais e de alta qualidade, que tenham por finalidade estimular as defesas naturais e o equilíbrio fisiológico do corpo humano.

Os participantes serão recebidos com um café da manhã com música ao vivo. Para relaxar sessões de alongamento e na área de exposição, lounges de alguns dos parceiros do Encontro, que estreitam relacionamento com os participantes. Ao final do Encontro será fornecido certificado de participação ao público presente.

15 anos consecutivos de Encontro

Muitos foram os resultados alcançados, que beneficiam as pessoas que têm psoríase, entre eles:

  • Lei nº 15.987, de 4 de abril de 2014, de autoria do Vereador Gilberto Natalini, que dispõe sobre o Programa de Apoio às Pessoas com Psoríase.
  • Criação de 3 ambulatórios de psoríase e aquisição de 3 máquinas de fototerapia para o PAM Maria Zélia- Belenzinho, a Rede Hora Certa Maurice Pate- Penha e a AE Jardim Ibirapuera- M Boi Mirim, resultados de emendas parlamentares do Vereador Gilberto Natalini.
  • Produção de 300.000 cartilhas educativas sobre psoríase.
  • Criação de um protocolo de psoríase para profissionais da saúde da rede pública municipal, produzido pela Secretaria Municipal de Saúde.
  • Lei nº 16.267, de 15 de setembro de 2015, de autoria do vereador Gilberto Natalini, que inclui o Dia Municipal de Atenção à Pessoa com Psoríase no calendário oficial da cidade de São Paulo.

“Ao longo destes quinze anos obtivemos muitas conquistas que resultaram em benefícios para as pessoas com psoríase. Temos que celebrar, pois além de criarmos a lei nº 15.987, que instituiu a rede de atenção às pessoas com Psoríase, tivemos outras ações das quais nos orgulhamos, pois é o nosso papel trabalhar para melhorar a qualidade de vida das pessoas que têm psoríase e que sofrem com o preconceito e a discriminação, explica Gilberto Natalini, médico e vereador.

Serviço
15º Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo
28 de outubro de 2017 (sábado) – 8h30 às 17h00
Câmara Municipal de São Paulo – Viaduto Jacareí nº 100 – Centro

Inscrições gratuitas nos sites
www.natalini.com.br
www.centrodepsoríse.com.br
www.anggulo.com.br