PMA autua pecuarista paranaense em R$ 22,5 mil por desmatamento e exploração de madeira ilegal

Campo Grande (MS) – Durante fiscalização na zona rural do município, Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Porto Primavera, em Anaurilândia, autuaram ontem (10) à tarde, o proprietário de uma fazenda, localizada à margem da rodovia MS 276, na altura do km 38, por desmatamento e exploração de vegetação de cerrado sem autorização do órgão ambiental.

O fazendeiro possuía uma autorização do órgão ambiental para derrubada e exploração de árvores isoladas em uma área de 197 hectares e explorou a mais, um total de 64 hectares. Além disso, na propriedade os Policiais localizaram um desmatamento total a corte raso em uma área de 3 hectares, medidos em GPS pelos Policiais, com derrubada de diversas árvores de grande porte, para a exploração da madeira sem autorização ambiental.

O pecuarista (75), residente em Astorga (PR), foi autuado administrativamente e multado em R$ 22.500,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um a ano de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500– 99905-7763 (vivo – Whats App) – 99106-8628 (claro Whats App) – 98171-4270 (TIM)

Galeria de Imagens: Divulgação/PMAMS

pmaexploraçao pmaexploraçao2 pmaexploraçao3