Três Lagoas-MS: Agentes de Saúde são orientados sobre o calendário de vacinas

Profissionais da Saúde foram orientados a acompanhar atualização da Carteira de Vacina das crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do Departamento de Saúde Coletiva, promoveu um dia de capacitação dos profissionais da Saúde sobre o Calendário Vacinal, proposto pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.

A capacitação, ministrada pela coordenadora do Setor de Imunização da SMS, enfermeira Humberta Azambuja, aconteceu no período da manhã e à tarde, nesta segunda-feira (13), no recinto do Plenário da Câmara Municipal.

No período da manhã, participaram da capacitação as equipes de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) das unidades de Atenção Básica, ou seja, das unidades de Estratégia de Saúde da Família – ESF Jupiá, ESF Paranapungá, ESF Vila Piloto, ESF Santo André e das unidades de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde – EACS Vila Alegre e EACS Vila Nova.

No período da tarde, participaram da mesma capacitação as equipes de ACS das seguintes unidades: ESF Interlagos, ESF Maristela, ESF Vila Haro, ESF Santa Rita e das unidades de EACS São Carlos – Nova Três Lagoas e da EACS Santa Luzia.

Os profissionais da Saúde receberam orientações básicas sobre a aplicação, controle das cadernetas e datas das vacinas, seguindo as especificações da idade e datas, estabelecidas no PNI para crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes.

CALENDÁRIO VACINAL

O Calendário Vacinal é composto por 19 vacinas disponíveis gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas unidades de Saúde. Para as crianças até quatro anos de idade são 12 vacinas; para os adolescentes são seis; para as pessoas adultas (dos 29 aos 59 anos) são quatro vacinas; para as gestantes são duas (três doses contra tétano e três doses contra hepatite B); e para as pessoas idosas, a partir dos 60 anos, são quatro vacinas.

“É importante que o Agente Comunitário de Saúde, nas visitas domiciliares que faz às famílias, verifique sempre a caderneta de vacinação das crianças, dos adolescentes, gestantes, adultos e idosos que residem naquela casa”, orientou Humberta.

“Todas as vacinas têm a finalidade de prevenir doenças. Por isso, devemos estar atentos para verificarmos constantemente se as cadernetas de vacinação estão em dia, atualizadas conforme manda o calendário de vacinas”, disse.

Na capacitação, entre as várias questões abordadas, os Agentes Comunitários de Saúde também foram orientados sobre os “eventos adversos esperados e não esperados das vacinas” e quais as medidas que devem ser adotadas em cada reação, explicou Humberta.

uc?export=download&id=0B5eNSletlMHQTkktcjZ4RGJ1XzA&revid=0B5eNSletlMHQL0t3RUtIMmdvVytWdUdhTWg0TDJBTEVBOUJZPQ

Galeria de Imagens: Divulgação

agentessaude agentessaude2 agentessaude3