Pedro Chaves representa o Senado Federal em reunião internacional sobre operações de paz

Como representante do Parlamento Brasileiro, o senador Pedro Chaves (PSC) tem participado de encontros desde o dia 11 de novembro, que objetivam discutir e buscar estratégias relacionadas às operações de manutenção da paz no Brasil e no mundo. A convite do ministro da Defesa, Raul Jungmann, o senador iniciou a viagem de uma semana em Tabatinga, no Amazonas. De lá, ele seguiu para Washington, nos Estados Unidos e Vancouver, no Canadá, para participar de encontro na ONU (Organização das Nações Unidas).

Em Tabatinga, o senador esteve no sábado (11), no evento AMAZONLOG17 (Exercício Multinacional Interagências de Logísticas Humanitárias). O encontro debateu ações humanitárias que respondam de forma rápida a adversidades causadas por ondas migratórias, catástrofes e acidentes. Na ocasião, também foi discutida a promoção bilateral da indústria de defesa e a participação brasileira em operações de manutenção de paz da ONU, após o encerramento da missão das Forças Armadas brasileiras no Haiti. “Esse trabalho conjunto com mais 23 países tem como único objetivo a ajuda humanitária. É um evento que nos enche de orgulho, pois mostra o esforço e o profissionalismo das nossas Forças Armadas em favor da vida”, declarou Pedro Chaves.

Logo após o AMAZONLOG17, o senador seguiu viagem para Washington, onde participou na manhã da segunda-feira (13), de reunião com Jungmann e o setor aeroespacial privado norte-americano. O encontro teve como meta ampliar a cooperação entre Brasil e Estados Unidos, estabelecendo agenda de interesses mútuos, além de identificar possíveis parcerias em negócios para indústrias de defesa. “O setor aeroespacial é estratégico para nosso País. Temos grande potencial nessa área, mas precisamos de maior atenção governamental. Essa agenda é de suma importância para mantermos abertos os canais de comunicação com os Estados Unidos, justamente para obtermos investidores nesse mercado industrial e tecnológico”, disse.

No dia 14, Pedro Chaves esteve representando o Senado Federal na Reunião Ministerial de Defesa das Nações Unidas para a Manutenção da Paz. O encontro reúne cerca de 80 países e tem como um dos temas, o combate ao crime organizado internacional. Para destacar a atuação brasileira nesse sentido, Jungmann destacou aspectos e lições aprendidas pelas tropas brasileiras na Missão de Paz para Estabilização do Haiti (MINUSTAH). Segundo ele, a conduta dos militares foi rigorosa no enfrentamento aos criminosos e extremamente atenciosa com a população haitiana. “Nas ocasiões de enfrentamento armado, sempre em áreas urbanas densamente povoadas, a aplicação das regras de engajamento das tropas brasileiras era extremamente cuidadosa para evitar danos colaterais sobre a população civil”, ressaltou o ministro da Defesa.

No dia 15, último dia da conferência, o senador Pedro Chaves participou de sessão plenária e de diversas palestras, entre elas a da atriz e ativista Angelina Jolie, que defendeu o combate à violência sexual em comunidades internacionais. “Estas violações e ataques são cometidos para torturar, aterrorizar e forçar a população a fugir, para a humilhar. Não tem nada a ver com sexo. Tem a ver com abuso de poder. E é um comportamento criminoso”, declarou a atriz num forte discurso com repercussão internacional.

Para o senador, Angelina Jolie emocionou a todos ao descrever a violência cometida contra as mulheres refugiadas rohingyas na Birmânia. “ Ela causou grande comoção ao pedir a punição “com mais dureza”, das vítimas dessa “arma de guerra” que é o ato sexual violento. Realmente é preciso mudar a postura internacional de considerar essas violações como consequência de conflitos violentos. Isso é crime em qualquer parte do mundo e precisa ser punido severamente”, defendeu Pedro Chaves.

Depois do fim da maior reunião de ministros da Defesa dedicada às missões de paz da ONU, o senador retornou para Washington. Lá, ele se reuniu com autoridades governamentais norte-americanas e, ainda, participou de debate fechado sobre o cenário político brasileiro. Na sexta-feira (17), Pedro Chaves e o ministro Jungmann têm encontro no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS) para falar sobre os desafios de defesa locais e internacionais, bem como discutir o acordo bilateral do relacionamento entre Brasil e Estados Unidos.

Por fim, depois de diversas reuniões para melhorar o planejamento e desempenho das operações de paz, bem como promover parcerias com outros países visando o desenvolvimento de novas tecnologias, o senador Pedro Chaves retorna para Brasília no sábado (18). “A troca de experiências foi realmente importante para melhorarmos ainda mais a eficiência das operações de paz. Também foi extremamente produtivo os compromissos firmados com os Estados Unidos para o investimento no setor aeroespacial brasileiro e, isto, sem falar do conhecimento compartilhado com outros países”, destacou o senador.

Carla Eleonora Sguissardi

Assessora Parlamentar

Ass_e-mail_Pedro_Chaves

Galeria de Imagens: Divulgação

pedrochavesmilitares pedrochavesmilitares2 pedrochavesmilitares3 pedrochavesmilitares4