Cláudio Sertão, pré-candidato ao governo de MS tem apoio de governo paraguaio

 Contato: Cláudio Sertão – 99902-0280

O empresário Cláudio Sertão, pré-candidato ao governo de Mato do Sul pelo Podemos, receberá em Campo Grande nos próximos dias o governador do Estado de Amambay (Paraguai) Pedro Gonzáles, que apoia o nome do empresário para o pleito. Gonzáles afirma que conhece a capacidade administrativa de Sertão que é seu secretário de Indústria e Comércio naquele país.

Cláudio Sertão foi nomeado em 2014 para o cargo e de lá para cá tratou de levar mais de 20 grandes empresas para a região de fronteira do Brasil com o Paraguai, onde foram gerados mais de 7 mil oportunidades de emprego para trabalhadores brasileiros e paraguaios. “Mato Grosso do Sul vai ganhar muito se eleger esse empresário que é empreendedor e que demonstrou, ao longo de sua carreira profissional, que sabe administrar e executar obras”, afirmou o governador paraguaio que tem vindo sempre ao Estado para manter acordos de cooperação com o Governo do Estado e Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul – FIEMS.

O anúncio da pré-candidatura do empresário, há pouco mais de um mês, tem proporcionado um crescimento muito grande  do seu nome ao governo de MS. “A tendência é crescer cada vez mais o nome de nosso pré-candidato na medida em que os nomes de outras legendas, que estão aí anunciados, vêm acompanhados também de sérias denúncias de corrupção, má administração e desvio de dinheiro público. Enfim, infelizmente esses aspectos negativos serão favoráveis para que o nome de Cláudio Sertão entre fortalecido nesse processo pré-eleitoral que está naturalmente sendo alinhado”, avalia Antônio Mielle, membro do Podemos/MS.

O partido considera também como um grande trunfo para as eleições de 2018, o nome do presidenciável Álvaro Dias, senador da República, que tem grandes chances de ganhar as eleições.

Álvaro Dias também virá a Mato Grosso do Sul, breve, para o lançamento oficial da pré-candidatura do empresário Cláudio Sertão. Dias virá acompanhado do senador Romário, do ex-jogador Marcelinho Carioca e da deputada federal Renata Abreu, presidente nacional do Podemos.

Sindjufe-MS