PMA autua gaúcho em R$ 1,5 mil por ampliar rancho em área protegida de matas ciliares do rio Miranda

Campo Grande (MS) – Uma equipe de Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Águas do Miranda em Bonito, realizava fiscalização no município na região conhecida como Pesqueiro do Noé, a 60 km da cidade de Bonito e localizou ontem (6), a ampliação e reforma em alvenaria de um rancho pesqueiro, à margem do rio Miranda, dentro da área de preservação permanente (APP) de matas ciliares, que é protegida por lei. O infrator construía sem autorização ambiental.

A PMA interditou as atividades. O infrator (61), residente em Canoas (RS), foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.500,00 pela construção ilegal. Ele também responderá por crime ambiental de degradar área de preservação permanente (APP) e, se condenado, poderá pegar pena de detenção, de um a três anos.

O autuado também foi notificado a apresentar projeto de recuperação de área degradada e alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS –

(Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500– 99905-7763 (vivo – Whats App) – 99106-8628 (claro – Whats App) – 98171-4270 (TIM)

Galeria de Imagens: PMAMS

pmagaucho4 pmagaucho3 pmagaucho5