Soul Tambor apresenta Toque De Favela

Canção de Marquinhos Marques e Bida ganhou clip que será lançado no próximo dia 18 de janeiro

No próximo dia 18 de janeiro uma estreia vai movimentar o Youtube para os que gostam das batidas dos tambores baianos. Lucas Di Fiori, um dos vocalistas que foi mais premiado no Olodum e hoje comanda a Soul Tambor, lança o clip da canção Toque de Favela, no seu canal da rede social. A composição de Marquinhos Marques e Bida que fala da historia e a vida na favela ganhou uma produção audiovisual que foi dirigida e produzida por  Elton Sales da 42 Polegadas e gravada na comunidade do Bairro em Pernambués.

Soul Tambor – Depois de 21 anos de carreira no Grupo Olodum, Lucas Di Fiori coloca o Soul Tambor no ar. A banda de samba-reggae tem tempero com bases da black music, MPB, axé e pagode baiano. Nas músicas, referencias de grandes nomes nocionais a exemplo de Tim Maia,  Mestres Neguinho do Samba e Carlinhos Brown. “Estamos em Liberdade Percussiva! A criação do Soul Tambor vem reforçar o meu desejo por ritmos múltiplos” Lucas Di Fiori.

Lucas Di Fiori – Aos nove anos, em 1991, ele ingressou na Escola Olodum, projeto social de arte-educação, com destaque para a percussão, dança e canto. Daí migrou para a Banda Mirim, em 1994, quando gravou o primeiro disco da sua carreira, aos 12 anos. No álbum “Menino Dourado”, o cantor teve participação em duas faixas: a música que dá título ao CD, de Ubraci Tibiriçá, e “Menino dos Deuses”, canção do Mestre Neguinho do Samba e Germano Meneguel.

Chamando a atenção do público, aos 17 anos, foi convidado para a ala de canto da Banda Olodum. Era o ano de 1990. O disco de estreia foi “Bahia Negra”. A música “Venha me Amar” (Marquinhos Marque, Nem Tatuagem, Tarcísio), na voz de Lucas Di Fiori, virou hit. Com isso, veio a primeira turnê internacional para os Estados Unidos. Como uma das vozes principais do Olodum, o reconhecimento se solidificou: por dois anos consecutivos, ganhou o troféu Dodô e Osmar, prêmio do Jornal A Tarde, como Melhor Cantor de Bloco Afro.

Mais informações à imprensa: 

OBS: ENVIAR RESPOSTA SOMENTE PARA O EMAIL jornalismo@laboratoriodanoticia.com.br 

Laboratório da Notícia – 3272 4263
WhatsApp: (71) 98794-1251

Facebook: Laboratório da Noticia
Twitter: @laboratoriodanoticia
Instagram: @laboratoriodanoticia