Próxima safra terá 224,3 milhões de toneladas

toponacnot.png

Brasília, quinta-feira, 11 de janeiro de 2018.

Caro editor,

Confira ações e projetos do Brasil e do governo federal.

Acesse www.brasil.gov.br e saiba mais.

Próxima safra terá 224,3 milhões de toneladas

O Brasil deve registrar uma nova safra expressiva de grãos no período 2017/2018. Com as chuvas de dezembro, que vieram acima do esperado, a previsão de colheita passou de 219,5 milhões de toneladas para 224,3 milhões. Essa revisão, apresentada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), representa um aumento de 2,2% na comparação com os números anteriores. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê números bem próximos: 228 milhões de toneladas em 2018. Assim como em anos anteriores, a expectativa é de boas colheitas de soja, milho, arroz, entre outros produtos. Todos esses números, na prática, significam oferta de alimentos, mais exportações e ajudam o País a se manter economicamente forte, com inflação baixa e gerando empregos.

LEIA MAIS

Duplicação da BR-135 é entregue no Maranhão

O Programa Agora, é Avançar entregou nesta quinta-feira (11) 11 quilômetros duplicados da BR-135, no Maranhão. O trecho inaugurado fica entre a localidade de Estiva e o município de Bacabeira e vai beneficiar cerca de 25 mil motoristas que passam por lá todos os dias além de 1,5 milhão de pessoas na região metropolitana de São Luís. Com essa liberação, foi concluída a duplicação de todo o Lote 1, que tem 26 quilômetros no total. A obra teve um investimento de R$ 503 milhões. A próxima etapa será a conclusão total dos lotes 2 e 3, que somam mais de 76,8 km. A meta é concluir 30 quilômetros até dezembro deste ano.

LEIA MAIS

Visto eletrônico começa a valer para turistas japoneses

O processo para japoneses que desejam visitar o Brasil ficou mais fácil. Quem mora do outro lado do mundo já pode solicitar o visto eletrônico para viagens de turismo ou de negócios. Para isso, basta acessar o site http://www.vfsglobal.com/brazil-evisa/ e solicitar a entrada no País. Segundo o ministério do Turismo, mais 20 mil japoneses devem visitar o Brasil após essa medida, totalizando 99 mil turistas por ano. Por meio desse sistema, todo o procedimento, que inclui pagamento de taxas, análise, concessão e emissão de visto, tem duração de até 72 horas. A permissão vale por dois anos e não impede que o interessado peça o visto tradicional, por meio do consulado brasileiro. Além dos japoneses, os australianos também já podem se beneficiar do visto mais simples. Os canadenses e os norte-americanos serão os próximos. 

LEIA MAIS

Departamento de Relações com a Imprensa Regional

Secretaria de Imprensa

=

Secretaria Especial de Comunicação Social

Secretaria-Geral / Presidência da República

(61) 3411-1370

regional.imprensa@presidencia.gov.br

www.planalto.gov.br