Senador Pedro Chaves alerta sobre perigo do avanço na crise hídrica até 2050

Panorama Pedro Chaves  

Fundamental 

Em Brasília-DF, onde acontece o  Fórum Mundial da Água, o senador Pedro Chaves fez questão de ressaltar que o evento é  fundamental ao debate da valorização dos recursos hídricos.

Conscientização

De acordo com o senador, a abrangência política, técnica e institucional do evento pode estimular a participação da sociedade no debate, mobilizando todo o Brasil e o mundo para vencer a crise hídrica.

Perigo à vista

O senador de Mato Grosso do Sul lembra que a tendência é de agravamento da crise hídrica até 2050, já que a demanda por água deve aumentar em um terço nos próximos 30 anos. A solução para o problema, lembrou, passa pelo consumo mais consciente, com mudanças na forma como a água é usada. Atualmente, disse o senador, o maior consumo é da agricultura, com 70% do total, seguida pela indústria, com 20%, e o uso doméstico com  apenas 10%.

“É preciso, portanto, mudar esse quadro, com a adoção de mecanismos que tornem nossa agricultura mais eficiente. O percentual destinado a irrigação de áreas plantadas representa a maior parte do consumo. Esse nível é preocupante! O uso sustentável dos recursos hídricos é tema de extrema relevância e tem urgência em ser pautado”, alerta Pedro Chaves.

* Com informações da Agência Senado