PMA flagra pecuarista desmatando ilegalmente com máquinas 26 hectares de vegetação nativa

Capital, (MS) – Durante fiscalização ambiental na região do distrito de Taboco, no município de Corguinho, Policiais Militares Ambientais de Aquidauana, que trabalham na operação semana santa, localizaram hoje (28) um desmatamento ilegal em uma propriedade, localizada às margens da rodovia MS 352. A PMA chegou no momento em que o proprietário rural utilizava máquina para a supressão vegetal.

Os policiais mediram a área desmatada com GPS na propriedade e aferiram 26,5 hectares derrubados, porém, o desmatamento seria muito maior caso a fiscalização não chegasse. As atividades foram interditadas e a máquina apreendida.

O infrator (37), residente em Campo Grande foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 26.500,00. Ele responderá por crime ambiental. A pena é de três a seis meses de detenção. O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada e alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Fn | Policia Militar Ambiental