São Paulo terá 10 tenistas no Roland-Garros Junior Wild Card Competition em Belo Horizonte

rg_top.jpg
Siga-nos ... Siga-nos ... icone_2015_lk_00.jpg icone_2015_em_00.jpg Sexta-feira, 06 de Abril de 2018

Torneio será disputado no Pampulha Iate Clube, na capital mineira, de 12 a 15 deste mês, e classificará os campeões para disputar o qualifying da competição juvenil de Roland Garros, em Paris, na França

São Paulo, (SP) – Dez tenistas do estado de São Paulo disputarão, de 12 a 15 deste mês, em Belo Horizonte (MG), o Roland-Garros Junior Wild Card Competition. O torneio reúne juvenis, até 18 anos, no feminino e no masculino, de diferentes regiões do País. Realizada em conjunto pela Confederação Brasileira de Tênis e a Federação Francesa de Tênis, a competição será nas quadras do Pampulha Iate Clube e classificará os campeões para jogar o qualifying juvenil de Roland Garros, em Paris, na França, no final de maio.

São catorze pré-classificados e mais dois wild cards – a serem anunciados na próxima semana -, tanto na chave masculina como na feminina. No masculino, entre os pré-classificados estarão em busca do título os paulistas Matheus De Queiroz, de Campinas; Rafael Marques da Silva e Luiz Eduardo dos Santos, da Capital Paulista; e Victor de Castro, de Marília. No feminino, Ana Luiza Cruz, Ana Paula Melilo, Camilla Bossi e Erika Cheng, da Capital Paulista; Priscila Baptista, de São Bernardo, na Grande São Paulo, e Isabela Bifano, de Campinas.

O Roland-Garros Junior Wild Card Competition terá lançamento no dia 11, no Pampulha Iate Clube, com a presença do mineiro Marcelo Melo, embaixador no Brasil do torneio, tenista número 1 do mundo no ranking individual de duplas e recém-eleito atleta do ano pelo COB.

Além de São Paulo, participarão tenistas de mais sete estados do País e do Distrito Federal – Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Os campeões em Belo Horizonte, no masculino e no feminino, disputarão o qualifying em Paris com os vencedores dos torneios Roland Garros Junior da Índia e da China. Quem ficar com o título entre os países entra direto na chave principal juvenil de Roland-Garros.

O torneio tem um novo nome nesta edição 2018, mas o formato do evento, em parceria com a Longines, é idêntico ao Rendez-Vous à Roland Garros, disputado em Florianópolis (SC), em 2017, quando o mineiro João Ferreira e a paranaense Nathalia Gasparin foram campeões.


Roland-Garros tem página em português – 
Para se aproximar ainda mais dos fãs brasileiros, Roland-Garros lançou uma fan page em português. A página terá também informações do Roland-Garros Junior Wild Card Competition.

Segue o link: https://www.facebook.com/RolandGarros/?ref=br_rs


Site: www.zdl.com.br
Facebook: 
www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: 
www.instagram.com/zdlsports
Twitter: 
www.twitter.com/ZDLcomunica

Luiz Eduardo dos Santos, também da Capital (Divulgação)

Luiz Eduardo dos Santos, também da Capital (Divulgação)
Alta  | Web

Rafael Marques, da Capital Paulista (Divulgação)

Rafael Marques, da Capital Paulista (Divulgação)
Alta  | Web

Victor de Castro, de Marília (Divulgação)

Victor de Castro, de Marília (Divulgação)
Alta  | Web

Camila Bossi, da cidade de São Paulo (Divulgação)

Camila Bossi, da cidade de São Paulo (Divulgação)
Alta  | Web

rg_rodape.jpg