Três Lagoas-MS: Presidente do sindicato dos servidores faz pronunciamento sobre proposta salarial

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Antônio Carlos Modesto, fez uso da tribuna livre da Câmara Municipal, nesta terça-feira (15) para apresentar o andamento das negociações do acordo coletivo anual da categoria. Segundo ele, em assembleia, realizada ontem (14), a categoria rejeitou a contraproposta feita pela Prefeitura, pois foi considerada muito aquém dos 6,81% requisitados para reajuste no salário-base de efetivos e comissionados, estes sem reajuste há três ano. Modesto relatou que também foi reivindicado reajustes escalonados no tíquete alimentação.

Modesto declarou que a administração propôs 0,2% somente para os efetivos. Na opinião do líder sindical, a situação é inusitada porque a administração estaria descontando o ganho real concedido em 2017, neste ano de 2018, o que ele considerou desprestigio à categoria e gerou a rejeição da proposta por unanimidade.

Segundo Modesto, o reajuste oferecido representará “menos que um espetinho” por mês, para a grande massa salarial da administração municipal. Ele ainda solicitou o apoio da Câmara para a condução das negociações.

Em seus pronunciamentos, os vereadores declararam apoio aos servidores, sendo sugerida a criação de uma comissão que acompanhe as negociações, de forma a encontrar uma solução intermediária para o impasse.

uc?export=download&id=1eFUZCOkxek5E-kVCbj7TFQ-aDXcp-mTq&revid=0Bw1uRPKkY09NcU9nV1YwdzFFY1I0QXI0eUF6ZjJ0VmJQL2NzPQ