Canarinho deixa de ser pistola na Globo por orientação da CBF

Crédito: Reprodução/Twitter

Versão mal humorada do mascote da Seleção Brasileira caiu nas graças do povo (Crédito: Reprodução/Twitter)

Da Redação – IstoÉ Online

O novo mascote da seleção brasileira, o Canarinho, que virou sensação nas redes sociais e foi apelidado carinhosamente de “Canarinho Pistola” por sua expressão “enfezada”, não poderá mais ser chamado por seu nome extraoficial em transmissões da TV Globo. As informações são do UOL.

Por orientação da CBF, a emissora tem tentado evitado usar o termo “pistola” em transmissões e programas. Ainda será permitido pontuar seu jeitinho encrenqueiro e mal-humorado e fazer piadas, mas nunca chamá-lo de “pistola”.

Ainda segundo o UOL, no entendimento da CBF, o palavra que viralizou nas redes sociais é politicamente incorreta por ser associada a uma arma de fogo. E a Globo concordou com o argumento da entidade.

No último jogo, em Viena, contra a Áustria, alguns profissionais chegaram a utilizar o termo, mas foram avisados para que não repetissem. O mesmo ocorreu na quarta-feira (13) com a apresentadora Ana Maria Braga em seu programa.