Squash: Canadá e Barbados são os campeões por Equipes do Pan-Americano Juvenil em Brasília

Já a quarta etapa do Circuito de Squash Profissional – NSB termina neste domingo (24), também no Distrito Federal, com a definição dos vencedores no Feminino e no Masculino, a partir das 12h, com transmissão ao vivo pela internet

São Paulo (SP) – As equipes do Canadá, principal favorita no Masculino, e Barbados, sexta pré-classificada no Feminino, foram as campeãs do XVI Pan-Americano Juvenil de Squash, que terminou neste sábado (23), nas quadras da academia Capital Squash Center, em Brasília (DF). O Canadá derrotou a Colômbia – cabeça 3 – por 2 a 1. Barbados venceu o Equador – cabeça 3 – também por 2-1, e comemorou dois títulos no torneio feminino, ganhando também nas Duplas.

Para chegar à decisão, a equipe de Barbados ganhou dos Estados Unidos por 3-0, na semifinal, realizada na sexta-feira (22), enquanto o Equador derrotou a Colômbia também por 3-0. Já no Masculino, o Canadá venceu os Estados Unidos por 3-0 e a Colômbia passou pela Argentina por 2-1.

O Brasil parou nas quartas de final, derrotado pelos argentinos por 2-1 e disputou do 5º ao 8º lugares, com Peru, México e Chile. Na primeira partida, os brasileiros venceram o Chile (2-1) e o Peru ganhou do México (3-0). Depois, o Brasil perdeu por 2-1 para o Peru, terminando em sexto lugar na classificação geral. A seleção brasileira foi representada pela Equipe Brasil Squash Juvenil, com Gabriel Pederiva (SP), Lucas Araújo (RN), Pedro Paulo Betini Pedroso (GO) e João Vitor Viana (DF).

Classificação por Equipes: Masculino – Campeã – Canadá; Vice-campeã – Colômbia; 3º – Estados Unidos; 4º – Argentina; 5º – Peru; 6º – Brasil; 7º – Chile; 8º – México. Feminino – Campeã – Barbados; Vice-campeã – Equador; 3º – Estados Unidos; 4º – Colômbia; 5º – Canadá; 6º – Argentina; 7º – México; 8º – El Salvador.

Desde o dia 17 e até este sábado, o Pan reuniu os destaques do Sub 19, com jogos nas categorias Individual e Equipes – no Masculino e Feminino – e Duplas – Masculino, Feminino e Mistas -, com atletas vindos dos Estados Unidos, Canadá, México, Barbados, Guatemala, El Salvador, Colômbia, Equador, Peru, Chile, Paraguai e Argentina, além do Brasil.

Premiação por Equipes no Masculino (Divulgação)

Premiação por Equipes no Masculino (Divulgação)
Alta  | Web

Premiação das Equipes Femininas (Divulgação)

Premiação das Equipes Femininas (Divulgação)
Alta  | Web

Pedro (esq) venceu Murilo e está na final (Divulgação)

Pedro (esq) venceu Murilo e está na final (Divulgação)
Alta  | Web

Gobbi (esq) ganhou de Rodrigo para chegar à decisão (Divulgação)

Gobbi (esq) ganhou de Rodrigo para chegar à decisão (Divulgação)
Alta  | Web

Thaisa (dir) derrotou Giovanna na semifinal (Divulgação)

Thaisa (dir) derrotou Giovanna na semifinal (Divulgação)
Alta  | Web

Juliana (esq) passou por Grazi e busca a vitória na etapa (Divulgação)

Juliana (esq) passou por Grazi e busca a vitória na etapa (Divulgação)
Alta  | Web

Os primeiros títulos a serem definidos foram os individuais, com vitórias de Lujan Palacios, do Paraguai, no Feminino, e Leonel Cardenas, do México, no Masculino. Em Duplas, os campeões foram Argentina (Masculino), Barbados (Feminino) e Equador (Mista).

O XVI Pan-Americano Juvenil Brasil 2018 é um evento oficial da FPS – Federation Panamericana de Squash, com realização da CBS – Confederação Brasileira de Squash e patrocínio dos Correios. O apoio é da Vila Cinco e a promoção de Capital Squash Center.

Circuito NSB define os vencedores da quarta etapa neste domingo – Paralelamente ao Pan, a academia Capital Squash Center recebe também os jogos da quarta etapa do Circuito de Squash Profissional – NSB. As finais serão realizadas neste domingo (24), com o Feminino a partir das 12h e, na sequência, o Masculino às 13h. Os jogos terão transmissão ao vivo pelo internet – https://www.youtube.com/channel/UCRk5hMS6BJd0iaIZreSasFA.  O paulistano Diego Gobbi, número 1 do ranking, enfrenta Pedro Mometto, de Joinville (SC), número 5; e Juliana Pereira, de Ribeirão Preto (SP), líder do ranking feminino, joga contra Thaisa Serafini, de Caxias do Sul (RS), número 2.

Neste sábado, as disputas do dia começaram com as quartas de final. No Masculino, Diego Gobbi (SP) derrotou Guilherme Castro (GO) por 3-0 (11-5, 11-9 e 11-8); Rodrigo Dias (MG) venceu Kiki Silva (SP) por 3-1 (11-8, 6-11, 11-6 e 11-7); Murilo Fernandes, vindo do qualifying, passou por Alexandre Baruzzi (SP) por 3-0 (11-8, 11-6 e 11-13); e Pedro Mometto (SC) ganhou de Bruno Bolzan (DF) por 3-1 (11-6, 9-11, 11-5 e 11-5).

No Feminino, Thaisa Serafini (RS) venceu Gabriela Noronha (SP) por 3-0 (11-5, 11-1 e 11-2); Giovanna Veiga (MG) derrotou Luiza Carbonieri (SP) por 3-0 (11-3, 11-7 e 12-10); Grazi Brolese (RS) ganhou de Nicole Barros (SP) por 3-0 (11-1 11-1 e desistência); e Juliana Pereira (SP) passou por Cristina Pontes (DF) por 3-1 (11-8, 11-6, 8-11 e 13-11).

Nas semifinais, disputadas na noite de sábado, Diego Gobbi venceu Rodrigo Dias por 3-0 (11-2, 11-3 e 11-3) e Pedro Mometto derrotou Murilo Fernandes também por 3-0 (11-5, 11-8 e 11-6). No Feminino, Juliana Pereira ganhou de Grazi Brolese por 3-0 (11-5, 11-9 e 11-8) e Thaisa Serafini passou por Giovanna Veiga (MG) também por 3-0 (11-5, 11-6 e 11-6).

O Circuito NSB reúne jogadores de destaque no País, sendo o maior campeonato da modalidade no Brasil. Estão em Brasília os líderes do ranking, tanto no Masculino como no Feminino: Diego Gobbi e Juliana Pereira. Na etapa anterior, Juliana foi campeã, enquanto Gobbi perdeu na semifinal para o campeão na capital mineira, o argentino Rodrigo Pezzota.

Resultados da primeira rodada, na sexta-feira – Masculino: Diego Gobbi (SP) 3×0 Ronivaldo Duarte – 16-14, 11-2 e 11-5; Guilherme Castro (GO) 3×0 Vinícius Morello (SP) – 11-6, 11-3 e 11-8; Rodrigo Dias (MG) 3×2 Guilherme Melo (SP) – 9-11, 14-12, 11-7, 5-11 e 12-10; Fabio Faria (RN) 3×0 Kiki Silva (SP) – 11-4, 11-7 e 11-4; Murilo Fernandes 3×1 Junior Christovam (SP) – 8-11, 11-6, 11-7 e 11-9 ; Alexandre Baruzzi (SP) 3×0 Sabino Cornejo – 11-2, 11-5 e 11-4; Bruno Bolzan (DF) 3×0 Matheus Carbonieri – 11-6, 11-0 e 11-4; Pedro Mometto (SC) 3×0  Vitor Vieira (SP) – 11-5, 11-3 e 11-7. Feminino: Cristina Pontes (DF) 3×0 Marta Rosolen – 11-7, 11-4 e 11-0 ; Giovanna Veiga (MG) 3×0 Aline Evelyn (GO) – 11-6, 11-9 e 11-5; Gabriela Noronha (SP) 3×0 Glauce Anchetta (SP) – 11-9, 11-6 e 11-2.

O Circuito Profissional – NSB é organizado pela CBS (Confederação Brasileira de Squash), com patrocínio dos Correios.

Mais informações:
Site:  
http://cbsquash.com.br/
Fanpage:  https://www.facebook.com/squashbrasil/

ZDL
Doro Jr. –   
dorojr@zdl.com.br    – 11 984579723
Deborah Mamone –   
deborah@zdl.com.br    – 11 3285.5911

Site: www.zdl.com.br
Facebook: 
www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: 
www.instagram.com/zdlsports
Twitter: 
www.twitter.com/ZDLcomunica