PMA autua proprietária rural por desmatamento ilegal de 5 hectares de vegetação nativa

Capital, (MS) – Durante fiscalização ambiental rural no município de Tacuru, a PMA de Mundo Novo autuou ontem (8) uma fazendeira, de 65 anos, por desmatar ilegalmente em sua propriedade, área de mata nativa.

A proprietária rural, residente em Amambai, desmatou 5 hectares de mata nativa, medidos pelos Policiais com GPS, sem possuir autorização ambiental do órgão competente. O desmatamento foi realizado com o propósito de plantio de pastagens e várias leiras com espécies arbóreas destruídas foram encontradas no local.

As atividades foram interditadas. A infratora foi autuada administrativamente e multada em R$ 1.500,00. Ele também responderá por crime ambiental. A pena é de três a seis meses de detenção.

A infratora foi notificada a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Fn | Polícia Militar Ambiental