Operação contra o tráfico mobiliza 600 policiais e soldados do Exército

300 homens do Exército, cem policiais da PRF e 200 agentes da Polícia Federal foram mobilizados para dez dias de operação

Helio de Freitas, de Dourados
Mesmo com chuva, policiais rodoviários vistoriam veículos na BR-163, em Dourados, no 1º dia da operação (Foto: Divulgação)

Para combater o tráfico de droga e de armas, a Polícia Federal, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Exército Brasileiro iniciaram na manhã desta quinta-feira a operação Fronteira Segura. A ação acontece ao longo de toda a fronteira sudoeste de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

De acordo com a assessoria da PF, a operação deverá ser executada nos próximos 10 dias, empregando 300 homens do Exército, cem policiais da PRF e 200 agentes da Polícia Federal, além de policiais da Força Nacional. Helicópteros, viaturas, barcos e armamento pesado serão usados na operação.

A Fronteira Segura servirá de modelo para outras operações de maior porte que deverão ser desenvolvidas em Mato Grosso do Sul e também em outros estados.

“A operação é fruto de atuação cooperativa, sistêmica e harmônica entre todos os órgãos de segurança pública e outros que participam do combate à criminalidade, tanto no plano ostensivo quanto no trabalho investigativo”, informa o comando da ação.

As forças de segurança que participam da operação Fronteira Segura vão se reunir às 14h de hoje na unidade do Exército Brasileiro em Mundo Novo, a 476 km de Campo Grande.

Operação Fronteira Segura começou hoje na Linha Internacional (Foto: Helio de Freitas)
Operação Fronteira Segura começou hoje na Linha Internacional (Foto: Helio de Freitas)
Campo Grande News