Peça infantil “Cadê o amor que estava aqui?” tem apresentações gratuitas em Itapevi, Carapicuíba e Jandira

Com apresentação do Instituto CCR e patrocínio da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, as sessões acontecem em Itapevi, Carapicuíba e Jandira.

A peça infantil “Cadê o amor que estava aqui?” continua em outubro com sessões gratuitas em sua segunda fase de itinerância pela Região Oeste. O espetáculo, que trabalha conceitos de cidadania e respeito, é apresentado pelo Instituto CCR e patrocínio da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, por meio do Ministério da Cultura, via Lei Rouanet e apoio da ARTESP. As apresentações para acontecem para escolas públicas municipais de Itapevi, Carapicuíba e Jandira.

A peça conta, de maneira lúdica, as experiências de um dedicado professor que luta pela formação de cidadãos conscientes e por um mundo melhor. Para isso, ele pede que cada um de seus alunos apresente uma nova ideia para construir um país mais justo e unido. Como resultado, ele recebe sugestões cheias de criatividade, mas sem solidariedade e então propõe uma campanha de corrente do bem.

“O enredo serve como pano de fundo para que sejam abordados temas como a preservação da natureza, inclusão, respeito às diversidades e cidadania. A lição que queremos passar para as crianças é que pequenas atitudes podem transformar-se em grandes conquistas e realizações para a comunidade”, explica Sergio Ribeiro, gestor de Comunicação e Relações Institucionais da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel.

Assessoria de Comunicação CCR ViaOeste e CCR RodoAnel
Matheus Clemente
(11) 2664-6093 | (11) 9.9940-8526
matheus.clemente@grupoccr.com.br
Condições das Rodovias (24h) – 11 | 2664 6133 / 2664 6102
www.viaoeste.com.br /  www.rodoaneloeste.com.br

Sobre a CCR ViaOeste: A CCR ViaOeste é responsável pela administração do Sistema Castello-Raposo e gerencia 168,62 quilômetros de rodovias, compreendendo as Rodovias Castello Branco (SP-280), de Osasco a Itu; Raposo Tavares (SP-270), de Cotia a Araçoiaba da Serra; Senador José Ermírio de Moraes (SP-075), de Sorocaba a Itu e Dr. Celso Charuri (SP-091/270), em Sorocaba. Foi a sexta concessionária a integrar o Grupo CCR.

Sobre a CCR RodoAnel: A concessionária é responsável pela administração dos 32 quilômetros do trecho oeste do Rodoanel Mário Covas, importante via que integra as Rodovias Raposo Tavares, Castello Branco, Anhangüera, Bandeirantes e Régis Bittencourt. A RodoAnel é a sétima concessionária a integrar o Grupo CCR.

Sobre o Grupo CCR: Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Dividida em quatro núcleos de negócio, CCR Rodovias SP, CCR Rodovias BR, CCR Mobilidade e CCR Aeroportos, a empresa detém concessões nos principais modais em operação no País. Pioneira no segmento de concessões de rodovias no Brasil, a companhia é hoje uma das cinco maiores do mundo e atua com dez concessionárias de rodovias pelo país, CCR NovaDutra, CCR ViaLagos, CCR RodoNorte, CCR AutoBAn, CCR ViaOeste, CCR RodoAnel, CCR SPVias, Renovias, ViaRio e CCR MSVia, totalizando 3.265 quilômetros concedidos em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Paraná. No seu portfólio constam as rodovias consideradas melhores e mais seguras por anos consecutivos nos rankings especializados, tendo conquistado importantes índices de redução de acidentes fatais. Em transporte de passageiros, com a conquista, no início de 2018, da concessão das Linha 5 – Lilás do metrô de São Paulo e do monotrilho da linha 17 – Ouro, o grupo consolida sua atuação no segmento, gerindo importantes empresas responsáveis por mais fluidez, segurança e conforto em grandes vias urbanas. São elas: ViaQuatro, VLTCarioca, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, com negócios nas capitais paulista, fluminense e baiana, respectivamente. Já em concessões aeroportuárias, o Grupo CCR tem atuação internacional, com participação nos aeroportos de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Em 2015, adquiriu a TAS (Total Airport Services), empresa norte-americana prestadora de serviços aeroportuários. Além do compromisso com a elaboração de projetos de infraestrutura para o País, a CCR também está atenta ao desenvolvimento sustentável das comunidades em que atua e aos seus 13 mil colaboradores. Nesse sentido, a empresa se tornou, em 2011, signatária do Pacto Global da ONU e, consequentemente, assumiu os compromissos nele firmados. A empresa também segue, pelo sétimo ano consecutivo, na carteira do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da B3 e possui o Instituto CCR por meio do qual promove projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos nas regiões onde atua levando desenvolvimento social para milhares de pessoas. Com mais de 20 anos de trajetória, possui o reconhecimento dos mercados nacional e internacional em função de sua trajetória de sucesso e da adoção constante das mais rígidas regras de governança corporativa que pautam sua atuação e estão reunidas no Programa de Integridade e Conformidade da companhia.