Segurança da votação terá 1,9 mil militares nas ruas em MS e MT

Tropas do Exército, Marinha e Aeronáutica vão para as ruas de 25 cidades

Anahi Zurutuza
Tropa do Exército em evento no CMO (Comando Militar do Oeste) em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

A pedido do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), neste domingo (7), 1.932 militares do Exército, Marinha e Aeronáutica vão para as ruas de 25 cidades de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para fazer a segurança e auxiliar no transporte de urnas eletrônicas no 1º turno das eleições 2018.

As tropas foram convocadas pelo CMO (Comando Militar do Oeste), Comando do 6º Distrito Naval e da ALA 5 (Força Aérea).

No 1º turno das Eleições 2018, as Forças Armadas (FA) cumprirão as solicitações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de realizar a Garantia da Votação e Apuração (GVA) do pleito eleitoral e apoio ao transporte de urnas eletrônicas.

Os militares atuarão no reforço da segurança de locais de votação “no sentido de assegurar o livre exercício do voto e garantir a apuração dos resultados”. A Marinha, por exemplo, levará urnas eletrônicas em locais de difícil acesso.

O TSE determinou envio de forças federais para acompanhar as eleições em quatro cidades de Mato Grosso do Sul – Amambai, Paranhos, Caarapó e Ponta Porã –, toda na faixa de fronteira.

Campo Grande News