Projeto Lean reduz em 45% tempo do paciente nas emergências

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Participaram da primeira etapa 16 hospitais. Agora, outros 20 hospitais passam a integrar a iniciativa que visa diminuir a superlotação nas emergências, totalizando 36 instituições atendidas em 16 estados e o DF

O Projeto Lean nas Emergências conseguiu diminuir em 45% o período de espera entre a triagem e o primeiro atendimento médico. Após a intervenção em 16 hospitais que participaram da primeira fase do projeto, esse tempo passou de 3h para, em média, 1h30. Considerando o período desde a entrada na unidade de saúde, passando pela triagem, consulta, administração de medicamentos e exames, até a alta médica, o paciente que busca atendimento nessas emergências passa, agora, duas horas a menos no pronto-socorro – uma redução de 37%, passando de 7h para 5h.

Leia o conteúdo na íntegra em saude.gov.br