FRONTEIRA: Pistoleiros executam suposto administrador de Pavão a tiros

Suposto administrador de Jarvis Pavão e executado a tiros quando chegava em sua residência a bordo de um veiculo na cidade de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã.

©PorãNews
O mesmo foi identificado como, Gustavo Alvarenga Cardozo (46) vulgo “Comandante” que transitava a bordo de um veiculo Mercedes Benz, modelo GLE 250, cor prata, placa ZAP 484 Paraguai, quando foi atacado por pistoleiros que transitavam a bordo de uma motocicleta que realizaram sete disparos de pistola 9mm, contra a vitima na manha de quarta feira (09) por volta das 10h40, na rua Teresa Roa Caballero do bairro Virgem de Caacupe na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.
Segundo informações a vítima era administrador de Jarvis Chimenes Pavão e chegava em sua residência quando foi alcançado pelos pistoleiros que realizaram os disparos contra a janela do condutor, a vítima chegou a ser auxiliada a uma clínica particular da cidade, onde minutos após faleceu ao não resistir os ferimentos.
Investigadores da Divisão de Homicídios e agentes da Polícia Técnica realizar os trabalhos de praxe no local do ataque e recolheram sete cápsulas de 9mm utilizadas no ataque e recolheram imagens de câmeras de seguranças instaladas na região a fim de que os autores possam ser identificados.
A execução poderia estar ligada a guerra do crime organizado na região de fronteira, mas a polícia não descarta nenhuma hipótese que será investigada pela Divisão de Homicídios com apoio dos investigadores da Direção de Investigações de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero.

Fonte: PorãNews