Pais devem ficar atentos aos abusos da lista de material escolar, alerta Procon

Joana Moscatelli – EBC – Foto arquivo

O Procon do Rio de Janeiro, órgão de defesa do consumidor, alerta para os abusos dos pedidos de material escolar no início do ano letivo.

Segundo a coordenadora de Atendimento do Procon-RJ, Soraia Panella, os pais e responsáveis devem observar a quantidade e o tipo de material solicitado na lista escolar.

Para ela, os pedidos devem estar adequados ao projeto pedagógico apresentado pelo colégio.

Soraia Panella acrescenta ainda que é vedada a cobrança de taxa de material, com exceção quando a escola tem método e material próprio que deve ser informado ao responsável no ato da matrícula.

Caso perceba algum abuso, a orientação é tentar negociar com a escola. Se o problema persistir, o responsável deve procurar os órgãos de defesa do consumidor.