Carreira: Uma questão de autoconhecimento

Por Lucélia Ourique, Idealizadora e Mediadora do Papo de RH

fa2ebc358f822e08b5e12a9aeb907795_medium.jpg

O tema do conteúdo interativo desta semana é Carreira e sempre que escreve penso que tudo inicia pelo autoconhecimento, pois sem ele não há como evoluirmos.

O significado da palavra carreira vem de trilho, carreiro, caminho, então partimos do princípio que estamos sempre em movimento e em percurso para a realização profissional.

Com a evolução tecnologia, e as diversas opções de profissões escolher uma carreira ficou cada vez mais desafiador, principalmente para aqueles que estão iniciando na vida profissional.

A escolha de uma carreira requer experimentar, entender o que você gosta e sabe fazer, na verdade a pergunta que sempre faço nos processos seletivos é: O que você faz de melhor? E por incrível que pareça vários profissionais ainda não sabem responder.

Refletir sobre carreira seja no início dela ou no final é fundamental para auto realização. Conheço profissionais que chegaram no final de suas carreiras insatisfeitos, porém por medo ou por falta de autoconhecimento permaneceram 30 anos fazendo o que não gostavam, também conheço profissionais que em menos de 5 anos já mudaram mais de 6 vezes de empresas.

Obviamente que o mercado está em constante movimento, e hoje mais do que nunca quando falamos em carreira, também falamos em propósito, felicidade e engajamento. Quanto mais eu me conheço, menos eu me encaixo, com isso, o modelo de trabalho não satisfaz mais, as empresas estão percebendo essas mudanças e estão transformando aos poucos e mudando seu modelo de gestão e organização. Porém empresas são pessoas, e como disso em outros artigos, pessoas são complexas.

Se por um lado aos poucos as empresas perceberam que é necessário mudar seu modelo de gestão e condução do trabalho, por outro lado percebo que os profissionais estão com dificuldades de repensar ou simplesmente pensar em suas carreiras.

Carreira não é da empresa, dos Pais, dos Professores, carreira é responsabilidade sua, de cada profissional. Então, faça as seguintes perguntas:

– Quem eu sou?

– O que faço de melhor?

– Quais as minhas habilidades?

Pense na sua trajetória profissional e pessoal, alinhe seus valores com as das empresas que você deseja trabalhar e construa seu caminho, passamos mais tempos no trabalho do que em casa, portando pensar na sua carreira faz toda a diferença para a realização do dia a dia, porque nesta vida só há uma oportunidade de ser feliz, e é agora!

Fn | WH Com,.