BATAGUASSU| Secretaria Municipal de Saúde orienta população a manter cuidados contra mosquito da Dengue

A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal da Saúde relembra a população sobre os cuidados necessários para evitar criadouros do Aedes Aegypti, mosquito vetor da dengue e de outras doenças, como zika e chikungunya.
Conforme o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRAa), na 7ª Semana Epidemiológica, o município registra 18 casos confirmados da doença desde o início do ano.
De acordo com a secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso, o apoio da população é essencial para manter a cidade com baixo índice de infestação do mosquito. “Queremos mais uma vez pedir o apoio da população para que redobrem os cuidados básicos em suas casas, evitando a proliferação do Aedes. A melhor forma de se evitar o vetor é combatendo os locais propícios para sua criação. O trabalho contínuo necessita da ajuda de todos”, disse ela.
Maria Angélica destaca que entre as orientações é importante não permitir o acúmulo de água em latas, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d` água, tambores, sacos plásticos, lixeiras, ambientes estes propícios para a proliferação do mosquito. É necessário também estar sempre atento aos quintais”, cita.
A secretária reforça que a qualquer sintoma, como febre alta, dores de cabeça e no corpo; vômito e diarreia, é necessário que o paciente procure atendimento médico.
Ela lembra que desde o início de janeiro, mutirões de limpeza em combate ao Aedes estão em andamento atendendo locais com maior concentração de focos do mosquito. “Na última sexta-feira, dia 15 de fevereiro, por exemplo, o mutirão atendeu o bairro Jardim Campo Grande inspecionando imóveis e recolhendo objetos que pudessem ser potenciais criadouros. Já estivemos nos bairros Jardim Acapulco, Santa Luzia, Novo Horizonte, Sollito, centro, entre outros”.
A ação mais uma vez contou com o apoio dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Endemias, que durante a ação repassaram orientações aos moradores sobre prevenção.
A atividade se estenderá a todos os bairros.
ASSECOM