Profissionais de saúde da Cassems dão dicas sobre gestação e primeiros cuidados com bebês em curso para casais

O curso ‘Casal Grávido’ promove palestras para casais de beneficiários há 07 anos 

A Clínica da Família em Campo Grande e a Unidade Cassems de Dourados realizaram, no último sábado (09), mais uma edição do programa de prevenção “Casal Grávido” com encontros entre profissionais da saúde e casais que esperam um filho. O evento possui o objetivo de prevenir os principais problemas que possam aparecer durante a gestação por meio de palestras e aulas práticas, com informações com profissionais de todas as áreas relacionadas à saúde do bebê e da mãe, como Pediatria, Anestesiologia, Obstetrícia, Enfermagem e Educação Física. As profissionais palestrantes falam sobre a importância da informação para auxiliar nas escolhas deste período importante para a família.

Nesta última edição, em Campo Grande, 14 casais estiveram presentes para trocar ideias com especialistas e outros beneficiários do plano de saúde. Para a ginecologista e obstetra, Rubia Loureiro, isso mostra que hoje as pessoas buscam mais informações. “Encontramos muitas referências sobre gestação na Internet e redes sociais, mas é muito mais bacana pessoalmente, isso fortalece e empodera o casal. Esse é um trabalho de formiguinha, mas faz diferença. Falamos para 14 casais, que falarão cada um para mais 14 e produzirá um efeito positivo”.

Cuidados pré-parto

A anestesiologista Amani Mancini palestrou sobre as possibilidades de anestesia no parto vaginal e cesárea, os efeitos colaterais e como proceder clinicamente em cada um deles, de modo que ofereça mais segurança para a mulher e o bebê. “A dor é muito individual, se outra mãe não sente dor, não significa que você não terá; O parto é uma experiência singular. Desde que seja uma escolha segura, pode escolher o parto que quiser. Às vezes, acontece da paciente se preparar e no momento não ter condições, ou o contrário”.

Para ter mais possibilidades de escolha, é necessário se planejar. A enfermeira obstetra e doula, Simone Albuquerque, recomenda a doulagem para auxiliar no pré parto, durante o nascimento do bebê e no pós parto. Ainda, explica a função deste auxílio e a importância da participação do casal no processo. “Oriento para pesquisar sobre as melhores alternativas, a decisão não parte dos profissionais, o papel da doula é oferecer as informações, baseado em evidências científicas. A doula não interfere em nada, ela está ali para apoiar o casal em suas decisões, para isso, é feito um plano de parto”.

Saúde física da mãe

O programa de prevenção ressalta ainda a importância dos cuidados com a saúde da mulher. A educadora física Mikele Nunes ofereceu uma breve sessão de alongamento em dupla para os casais que participaram do encontro. Mikele salienta que os exercícios são benéficos para o bem estar de ambos. “Após o primeiro semestre de gestação, a mulher já pode fazer atividades como caminhada, pilates ou outro esporte que ela goste e o esposo pode ajudar nesses procedimentos. A Cassems oferece hidroginástica para mulheres gestantes em seu Centro de Prevenção”.

Primeiros cuidados

Além da atenção à saúde durante a gravidez com a mãe e o bebê, os primeiros cuidados após o nascimento também geram muitas dúvidas, principalmente em casais que vivenciam a primeira gestação. A pediatra Ariane Maia explica quais são os procedimentos primários realizados logo após o parto. “No primeiro momento é feita a pesagem do bebê, a medida do corpo e da cabeça e dado um índice de 0 à 10 sobre as condições em que ele nasceu. Também colocam colírio nos olhos para evitar infecções e a vitamina K, uma injeção que evita o sangramento do coito umbilical. Há alguns anos, se dava banho logo que o bebê nascia. Hoje, esse banho é indicado 6 horas após o nascimento, pois a água derruba a temperatura e isso pode ser prejudicial para o seu desenvolvimento. Em alguns serviços, a vacina é dada logo ao nascimento, em outros, é encaminhado para a unidade de saúde”.

O banho durante os primeiros meses é um procedimento que deixa dúvida nos pais, mas a doula Simone ressalta que aquele é um momento de contato pele à pele com os pequenos e busca tranquilizar os casais. “Atualmente, existem banheiras com redes antiderrapantes, almofadas de banho e outros utensílios que facilitam o posicionamento e conforto do bebê. Também, não é necessário muitos banhos por dia. O neném não joga bola, não brinca na lama ou rola no chão, a limpeza serve mais para tirar o cheiro de leite”.

Simone oferece uma aula prática para os pais sobre como proceder durante o banho e também faz recomendações de produtos ideais para respeitar a sensibilidade do recém-nascido e realizar a limpeza completa com segurança. “Recomendo usar sabonete líquido e neutro para o corpo e a cabeça e dispensar shampoo e condicionador, pois não se sabe até onde vai a alergia do bebê. A temperatura ideal da água é de 36 à 37 graus. Também, sugiro que os pais preparem o banho antes e deixem algodão, fralda, lenços e outros utensílios de higiene próximos à banheira, para o banho ser mais rápido e prático”.

Assessoria de Comunicação Cassems
Rua Antônio Maria Coelho, 6065 – Vivendas do Bosque – Campo Grande/MS
Fone: 67 3309-5365 / 9 9983-3869 / 9 9974-0628
Galeria de Imagens: Divulgação