Siil Halal atenta ao comércio com o mercado islâmico

Siil Halal atenta ao comércio com o mercado islâmico

10 de abril de 2019 Off Por raysantos

CEO da Siil Halal, Chaiboun Darwiche, confirma participação em jantar organizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em Brasília que ocorre hoje (10 de abril), às 19h30, com a participação de 51 membros mulçumanos e árabes. 

Chapecó, 10 de abril de 2019 – As relações comerciais internacionais e as movimentações políticas estão intimamente relacionadas. Partindo deste princípio e em função das articulações do governo brasileiro vistas nos últimos meses, o MAPA reunirá 51 porta-vozes, entre embaixadores e empresários, em um jantar que acontecerá na Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA, Brasília/DF) hoje, 10 de abril. E a Siil Halal (Chapecó/SC), que está entre os convidados, confirmou participação.

O jantar que ocorrerá às 19h30 tem como objetivo manter diálogo com o mundo árabe, visto que, na avaliação da Ministra Tereza Cristina, “são os grandes compradores da produção brasileira de alimentos”, conforme destacado em nota oficial do órgão.

A chefe da pasta informou ainda que há possibilidade da presença do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, o que para ela seria muito importante pela relevância do mercado islâmico, mulçumanos e árabes, por serem os principais destinos dos produtos oriundos da agricultura e pecuária brasileira. “Houve um mal-estar, que tenho tentado contornar, recebendo todos os embaixadores no ministério, conversando, explicando”, disse a ministra e nota oficial ao abordar os desafios de sua gestão frente ao MAPA e salientou a sua ida à Indonésia para uma missão oficial do ministério.

Corroborando a opinião da ministra o CEO da Siil Halal sustenta a necessidade deste encontro, haja vista o lastro histórico construído pela indústria de alimentos e bebidas nacional que atua incansavelmente para melhoria da qualidade de seus produtos e, sobretudo, na atenção às exigências religiosas para atender o mercado islâmico. “Para o Brasil, como grande player na produção de alimentos e bebidas, é necessário conversar com autoridades e empresários, compradores árabes e mulçumanos, como forma de minimizar a tensão gerada recentemente”, destaca Chaiboun Darwiche.

Após o jantar Chaiboun Darwiche estará à disposição da imprensa para dar detalhes e falar sobre a sua percepção do encontro, uma vez que a Siil Halal é uma empresa especializada na certificação Halal e rotineiramente mantém diálogo com o mercado em questão.

Sobre a Siil Halal: A Siil Halal é uma empresa especializada em Serviço de Inspeção Islâmica que atua como Certificadora Halal. O trabalho inicia desde o projeto da linha de produção até a embalagem de produtos permitidos para consumo islâmico, assim como na fiscalização dentro das normas e regras ditadas pelo Alcorão Sagrado e pela Jurisprudência Islâmica.