Polícia Militar prende mais de 80 pessoas e recupera nove veículos durante a Operação Tiradentes

Polícia Militar prende mais de 80 pessoas e recupera nove veículos durante a Operação Tiradentes

26 de abril de 2019 Off Por raysantos
  Jessika Machado Categorias:

Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 65 visualizações

Campo Grande (MS) – A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) realizou a Operação Tiradentes III – Adsumus, que ocorreu em todos os estados da Federação e teve o objetivo de intensificar o policiamento ostensivo preventivo e repressivo, de forma a coibir à prática de crimes. A operação que teve duração de 24 horas, foi finalizada nesta quinta-feira (25.4).

As ações que aconteceram nos 79 municípios, resultaram em 4.512 pessoas abordadas, destas 87 foram presas ou apreendidas, sendo que sete eram considerados foragidos da Justiça e foram recapturados. A PM também recuperou nove veículos roubados ou furtados e 25,8 quilos de droga foram apreendidos.

Viaturas policiais realizaram blitz em diversos pontos da Capital e do interior, em áreas urbanas e rurais, com foco tanto na repressão de crimes e recuperação de veículos roubados, como atuando em questões relacionadas as fiscalizações administrativas. Para dar apoio às atuações da corporação o helicóptero Harpia – 01 realizou sobrevoos em Campo Grande, pousando em pontos estratégicos da cidade.

Para intensificar o policiamento a PMMS empregou 871 policiais militares, 215 viaturas quatro rodas e 64 viaturas duas rodas, uma aeronave e 25 embarcações.

O comandante-geral da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta, destaca que esse tipo de atuação, de alcance nacional, possibilita a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros, além disso, é um fator influenciador para o aumento da sensação de segurança para a sociedade sul-mato-grossense. Para ele, a união das polícias militares é questão determinante no efetivo combater à criminalidade e as organizações criminosas que atuam em toda a nação, não se limitando às divisas dos estados.

A data e o nome da operação foram escolhidos pelo Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Policias Militares e dos Corpos de Bombeiros do Brasil, por conta do dia 21 de abril, dia de Tiradentes.

Regiane Ribeiro, Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública,  com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) .