Amambai sedia oficina de capacitação de agentes públicos para atendimento da população indígena

Jaqueline Hahn Tente Categorias:

Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 40 visualizações

Campo Grande (MS) – Com o objetivo de capacitar os agentes públicos dotando-os de conhecimentos necessários para atendimento qualificado e humanizado à população indígena, considerando suas especificidades socioculturais, foi realizado no município de Amambai a primeira capacitação de agentes públicos, com o tema “Atendimento à População Indígena”.

O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal de Amambai, por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, com apoio da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a População Indígena, e em conjunto com a Subsecretaria Especial de Cidadania. “Foi a primeira oficina que realizamos com o intuito de debater o combate ao preconceito e qualificar a rede de serviços públicos locais para lidar com a temática indígena. Foi um momento único, no qual gestores e lideranças puderam traçar um diálogo aberto, com a troca de experiências”, destaca Silvana Terena, Subsecretária de Políticas Públicas para a População Indígena.

A palestra de abertura, foi realizada pela Profª Drª Celia Foster Silvestre com o tema: “Esses outros que somos nós: fronteiras e (con)vivências étnicas”, debatendo o intercâmbio de informações sobre a visão dos povos indígenas. Foram abordados ainda questões relativas ao convívio social dos povos indígenas com todas as esferas sociais, em mesa redonda mediada pela gestora municipal da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, Rhaissa Siviero.

Evento contou com uma mostra de artesanato e culinária típica para aproximar os servidores da cultura guarani -kaiowá.

“O evento superou as nossas expectativas, a nossa intenção era aproximar os servidores públicos da cultura guarani-kaiowá que é a predominante no nosso municípios. Na ocasião realizamos uma mostra de artesanato, servimos a culinária típica. Nós queríamos minimizar as distancias, mostras que a cultura faz parte das nossas vivencias e conseguimos, tanto que o evento entrará para o nosso calendário oficial”, conclui Rhaissa.

Estiveram presentes servidores que atuam nas áreas de assistência social (CRAS e CREAS), na secretaria de saúde (UBS), Fórum, INSS, Delegacia de Polícia civil, Polícia Militar, Câmara Municipal, Conselho Tutelar, Hospital Regional, dentre outros, além de representantes dos povos indígenas e de organizações da sociedade civil do município.

Texto: Jaqueline Hahn Tente – Subsecretaria Especial de Cidadania (Secid/MS).

Foto: Arquivo pessoal .