Brasil inicia exportação de carne de frango in natura para Índia

1 de maio de 2019 0 Por raysantos

Indianos aprovaram primeira permissão de importação do produto. Acordo sanitário está em vigor desde 2008
A autoridade sanitária da Índia aprovou a primeira permissão de importação para carne de frango in natura brasileira, desde o acordo sanitário firmado entre os dois países em 2008. O anúncio foi feito pela ministra Tereza Cristina na abertura da Agrishow 2019, em Ribeirão Preto (SP), nessa segunda-feira (29).

A carne de frango é a proteína animal mais consumida na Índia. Apesar disso, o consumo per capita ainda é relativamente baixo, de apenas 3,5 kg/ano. No Brasil, essa quantidade chega a 44,6 kg/ano, enquanto a média mundial fica em 11,9 kg/ano.

“Estima-se que o mercado indiano de carne de frango vá continuar crescendo a uma taxa de 7% a 8% ao ano. Este crescimento decorre principalmente de novos padrões de consumo moldados por maior urbanização e pelo aumento da renda da classe média”, explica Flávio Bettarello, secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De acordo com Bettarello, “as importações indianas são ainda modestas, mas este volume certamente irá aumentar acompanhando a expansão do mercado – nesse cenário, é importante as empresas brasileiras já estarem presentes naquele mercado para melhor compreender sua dinâmica e se adaptar às características e preferências dos consumidores indianos”.

Todas as plantas frigoríficas registradas no Serviço de Inspeção Federal podem exportar carne de frango in natura para a Índia, desde que observados os requisitos acordados.

Com base em dados de 2018, os principais destinos da carne de frango brasileira são Arábia Saudita (US$ 805 milhões), China (US$ 800 milhões) e Japão (US$ 722 milhões).