JICA Yokohama e Universidade de Kyushu promovem treinamento de Nutricionistas

A iniciativa foi idealizada pelo Dr. Koshiro Nishikuni, neurocirurgião do Hospital Santa Cruz. O treinamento, que contará com a participação da nutricionista da Instituição,
terá como foco a nutrição e a cultura japonesa

De 12 de maio a 15 de junho, sete nutricionistas, de diferentes hospitais nikkeis e do Hospital Municipal Central Antônio Giglio, vão integrar um grupo para a realização de diversos treinamentosna Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Yokohama e na Universidade de Kyushu, no Japão. Essas profissionais vão participar de um Estágio de Observação para acompanhar e aprimorar o trabalho de Nutrição em hospitais, com foco na culinária japonesa, e também nas ações de abordagem ao paciente, envolvimento com o corpo clínico e médico responsável, definição dos cardápios e adaptações para as patologias dos pacientes, fluxo de informações entre o profissional de nutrição e a cozinha, identificação das refeições, disposição e montagem dos pratos, além da verificação da aceitação das dietas, acompanhamento do desfecho clínico do paciente e sua relação com os alimentos consumidos.

As nutricionistas selecionadas pela JICA são: Solange Leal, do Hospital Santa Cruz (HSC); Heloísa Kazumi Wada Friguglietti, do Hospital Novo Atibaia; Elisa Mitie Azuma dos Santos, do Hospital Nipo-Brasileiro; Cristina Hattanda Hirata, do Hospital Paraná (Hospar); Roseli Maki Yamane, do Hospital Sugisawa; Carmem Regina Neves de Bezerril Maia, do Hospital Amazônia; e Denise Maki Kunitake, do Hospital Municipal Central Antônio Giglio.

De acordo com Solange Leal, nutricionista do HSC, o público nikkei representa cerca de 20% dos atendimentos totais da Instituição, que já podem optar por pratos da culinária japonesa durante sua estadia. “O cardápio de origem japonesa, que inclui shiro gohan (arroz branco japonês), missoshiro (sopa de soja), udon (sopa, em caldo quente à base de dashi, shoyu e mirin) e somen (macarrão japonês branco fino, feito de farinha de trigo, servido frio), já faz parte de 15% das dietas adaptadas do HSC. Nosso principal objetivo com o treinamento no Japão é o de melhorar o atendimento aos pacientes, com tratamento humanizado que promova saúde e com foco na tradição japonesa por meio da alimentação. Sem dúvida, é uma excelente oportunidade para nos aprimorarmos”, destaca.

Dr. Koshiro Nishikuni, médico neurocirurgião do Hospital Santa Cruz e idealizador do treinamento em Nutrição no Japão, diz que um dos principais objetivos é o de melhorar o atendimento aos pacientes nipo-brasileiros atendidos no Hospital Santa Cruz. “Bons hábitos alimentares são muito importantes para a promoção de uma vida saudável. Ao incluir a culinária japonesa no HSC, estamos promovendo um melhor acolhimento relacionado aos hábitos alimentares tradicionais do Japão e, principalmente, oferecendo a dieta japonesa aos pacientes não descendentes de maneira mais fiel”, afirma.

Entre os dias 12 e 19 de maio, as nutricionistas terão treinamento sobre a cultura do Japão, idioma japonês, normas éticas do programa, entre outras atividades, na JICA Yokohama. De 20 de maio a 15 de junho, as capacitações ocorrem na Universidade de Kyushu e serão observados o recebimento, armazenamento e produção de alimentos típicos da culinária japonesa, as tecnologias e técnicas de preparo desses alimentos, a visita do nutricionista ao paciente e toda sua abordagem, a montagem dos pratos servidos e entrega das refeições, entre outras ações.

Em setembro de 2018, representantes da Universidade de Kyushu e de hospitais nikkeis se reuniram em São Paulo para o Encontro de Nutrição Brasil-Japão, promovido pelo Hospital Santa Cruz. O principal objetivo foi o de trocar informações sobre alimentação saudável e ampliar o cardápio de culinária japonesa oferecido na dieta hospitalar em instituições brasileiras. O encontro teve como premissas ‘A saúde começa na alimentação’ e ‘Nós somos o que comemos’, além de visitas guiadas à cozinha e dependências hospitalares do HSC.

Site: www.hospitalsantacruz.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *