Copom reconhece fraqueza da economia

Por José Pena, economista-chefe do Porto Seguro Investimentos.

Copom reconhece fraqueza da economia, com risco relevante de queda do PIB no 1T19 em relação ao trimestre anterior. Além disso, reconhece também que os próximos trimestres, embora devendo retomar variações positivas, deverão mostrar melhora muito modesta e gradual.

Com isso, a expectativa era de qual seria a avaliação do Copom quanto aos fatores por trás desse desempenho bastante fraco da atividade econômica. E segundo a ata, as incertezas com relação a sustentabilidade fiscal de médio e longo prazo mantêm os agentes econômicos numa postura mais cautelosa com relação ao consumo e ao investimento. Além de uma mensagem implícita ao Congresso para avançar com a agenda de reformas, o Copom reforçou a mensagem de que um corte da Selic, ao menos no curto prazo, não está em seus planos.

Fn | Imagem Corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *