Faculdade promove fórum sobre restrições de movimento de coluna

A Liga Acadêmica de Urgência e Emergência da Estácio Campo Grande promove, na quarta-feira (15), o 1º Fórum Científico Sul-mato-grossense de Restrição de Movimento de Coluna. O evento reúne profissionais da Capital, de São Paulo e do Rio de Janeiro para discutir como minimizar os riscos na hora de socorrer pacientes com suspeitas de lesões na coluna, como nos acidentes de trânsito.
Coordenador da Liga, o enfermeiro e professor André Luiz Hoffmann, da Faculdade Estácio Campo Grande, explica que lesões de coluna vertebral ou do vértebro medular são preocupantes, pois podem causar alterações sensoriais, motoras e até mesmo sequelas permanentes, que impossibilitem a autonomia do indivíduo.
“Sabendo que a imobilização de pacientes, nestes casos, é fundamental para minimizar os riscos, os serviços de urgência e emergência começaram a adotar protocolos para estes atendimentos. E é sobre os protocolos adotados hoje que vamos discutir, buscando aprimorar o aprendizado dos alunos para formar profissionais cada vez mais capacitados”, afirma.
A preocupação com o tema, segundo o professor, vem do aumento do número de acidentes com vítimas feridas no trânsito de Mato Grosso do Sul.
Dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) apontam que, no ano passado, dos 16.566 acidentes ocorridos no Estado, 54% tiveram vítimas feridas. Ou seja, em 8.935 acidentes, as vítimas precisaram ser socorridas e receber atendimento.
Até o dia 6 de maio deste ano, foram registrados 4.467 acidentes de trânsito em Mato Grosso do Sul. Em 60% deles, houve vítimas feridas. No ano de 2017, o registro foi de 18.640 acidentes de trânsito e, em 48% deles, com vítimas feridas.
“Os números são alarmantes e nos trazem preocupação. A sociedade precisa, primeiro, prevenir este tipo de situação. As sequelas de um acidente de trânsito podem ser permanentes. Por isso, precisamos formar, cada vez mais, profissionais capacitados nesta área”, lembra o professor da Faculdade Estácio Campo Grande.
Os palestrantes são: Dra. Maithê Galhardo Vendas (coordenadora da Regulação Municipal), Dr. Anônio Onimaru (Consultor técnico de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde), Subtenente enfermeiro José Henriques Marques Neto (Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro), Edgard do Carmo Neto (Major-médico do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro) e o enfermeiro Hamilton Marciano dos Santos Júnior (Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul).

SERVIÇO

O quê? 1º Fórum Científico Sul-mato-grossense de Restrição de Movimento de Coluna

Quando? Quarta-feira (15), às 18h

Local? Faculdade Estácio Campo Grande – Unidade TV Morena (Rua Venâncio Borges do Nascimento, nº 377 – Bairro Jardim TV Morena)

FnSocial | Patricia Belarmino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *