Tribunal de Contas recebe Superintendente da PF para reforçar acordo de cooperação

Tribunal de Contas recebe Superintendente da PF para reforçar acordo de cooperação

19 de junho de 2019 0 Por daniel

O presidente do TCE-MS, conselheiro Iran Coelho das Neves, juntamente com o vice-presidente, conselheiro Flávio Kayatt, o corregedor-geral, conselheiro Ronaldo Chadid, o ouvidor, conselheiro Osmar Jeronymo e os conselheiros,  Jerson Domingos e Marcio Monteiro, recebeu na manhã desta quarta-feira, 19 de junho, a visita do Superintendente da Polícia Federal de Mato Grosso do Sul, Cleo Mazzotti e do Chefe da Inteligência da Polícia Federal, delegado Fernando Schwengber Casarin. A reunião foi para tratar de novos termos de cooperação para fortalecer as ações contidas na Rede de Controle que visam à eficiência e transparência na gestão pública.

De acordo com o presidente Iran Coelho das Neves, o Superintendente trouxe a minuta de mais um acordo de cooperação a ser firmado, provavelmente, já na semana que vem entre as instituições. “Recentemente, fiz uma visita oficial à Polícia Federal onde, na ocasião, disse que os dados que o TCE detém, estão à disposição da PF, e hoje, o Superintendente Mazzotti veio nos visitar já trazendo a minuta desse acordo de cooperação”.

Cleo Mazzotti ressalta que o momento vem oportunizar uma discussão sobre o acordo de cooperação entre as instituições com a finalidade de proporcionar melhores resultados. “O TCE-MS abriu as portas para reforçar a parceria já existente com a Polícia Federal, para aprimorarmos ainda mais o acordo de cooperação, com mais compartilhamento de dados, onde a Polícia Federal poderá conseguir um cruzamento mais fácil de dados que são importantes para as investigações de combate à corrupção e desvios de verbas públicas”.

O Superintendente da Polícia Federal enfatiza que a sociedade é quem mais tem a ganhar com as instituições atuando em conjunto. “As práticas ilícitas poderão ser detectadas mais rapidamente, além da importância do caráter profilático, uma vez que há a união entre os órgãos nas investigações e operações, cada vez mais os gestores, os envolvidos nas finanças públicas vão tomar mais cuidado”.

Para o presidente da Corte de Contas, Iran Coelho das Neves, a reunião foi mais uma demonstração de esforço das instituições na busca de maiores resultados para a sociedade. “Estamos dando continuidade na nossa forma de administrar o TCE-MS, onde fazemos parte da Rede de Controle, mas não adianta ficar somente numa assinatura de um termo de cooperação e não dar efetividade nesse programa. E quem ganha com esse acordo é a sociedade com essa troca de informações, que vale ressaltar, sem nenhum custo a mais”, finalizou o presidente.

Para o presidente da Corte de Contas, Iran Coelho das Neves, a reunião foi mais uma demonstração de esforço das instituições na busca de maiores resultados para a sociedade. “Estamos dando continuidade na nossa forma de administrar o TCE-MS, onde fazemos parte da Rede de Controle, mas não adianta ficar somente numa assinatura de um termo de cooperação e não dar efetividade nesse programa. E quem ganha com esse acordo é a sociedade com essa troca de informações, que vale ressaltar, sem nenhum custo a mais”, finalizou o presidente.

Por Olga Mongenot

Fotos: Mary Vasques