São Gabriel do Oeste recebe pela 1ª vez as Paralímpiadas Escolares de Mato Grosso do Sul

27 de julho de 2019 0 Por raysantos

Campo Grande (MS) – A 7ª Edição das Paralimpíadas Escolares de Mato Grosso do Sul inicia nesta sexta-feira (26.7) em São Gabriel do Oeste. Pela primeira vez o PARAESC será realizado no interior do Estado. 

A seletiva estadual do paradesporto escolar organizado pelo Governo do Estado, por meio da Fundesporte (Fundação de Desperto e Lazer), terá a participação de 180 pessoas, entre paratletas, staffs (acompanhantes), técnicos e organização. 

O Ginásio Municipal João Roberto Rossini receberá a Cerimônia de Abertura do evento, a partir das 19h30 desta sexta. As competições iniciam no sábado (27) com as modalidades de atletismo, bocha e tênis de mesa e no domingo (28) após a premiação, as delegações retornam para casa.

As disputas no atletismo acontecerão no Estádio Municipal de São Gabriel, a Bocha no Ginásio Municipal João Roberto Rossini e o Tênis de Mesa no CTG Chama Crioula. As competições iniciam no período da manhã e vão até o final da tarde. 

As modalidades do Judô, futebol de sete e para-badminton já estão pré-selecionados para a seletiva nacional, com equipes definidas. 

Além de atender as exigências de acessibilidades para realização do evento, o objetivo da Fundesporte em levar as Paralímpiadas Escolares para o interior é fomentar a participação dos municípios e formar paratletas representantes do Estado.

São Gabriel está inovando neste seguimento, dando oportunidade para as crianças portadoras de necessidades especiais do município e região conhecerem o paradesporto, extremamente benéfico para o desenvolvimento físico, motor, cognitivo, bem como social do praticante. 

Participam da seletiva, além do município anfitrião do evento, as cidades de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.

De acordo com a responsável pelo setor paralímpico na Fundesporte, professora Belquice Falcão, Mato Grosso do Sul está no top 6 do ranking nacional das Paralimpíadas Escolares organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. No ano passado a equipe do MS ganhou o troféu de melhor organização e participação de atividades, trazendo mais de 76 medalhas, deixando para trás grandes centros paradesportivos como Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul tem investido no paradesporto, fomentando a participação e valorizando os atletas representantes do Estado. Os participantes atualmente ficam hospedados em hotéis, têm uma alimentação balanceada e centro de convivências com atividades.

A Etapa Nacional das Paralimpíadas acontece em novembro no megacentro Paralímpico em São Paulo, reunindo paratletas de 25 estados brasileiros. O evento é a porta de entrada e celeiro de paratletas futuros representantes do Brasil nos Jogos Para-panamericanos e Jogos Paralímpicos de Tóquio em 2020.

Muitos talentos mundiais saem do paradesporto escolar e Mato Grosso do Sul veem se destacando ano a ano, graças ao incentivo do Governo do Estado, o trabalho realizado pelas famílias, federações, associações e principalmente pela garra e determinação dos paratletas e técnicos.

Jonatan da Silva Ferreira é um desses exemplos, o velocista estará no mês de agosto no Para-pan em Lima no Peru, representando o Estado e a seleção brasileira no salto em distância, 100 m e 200m. O paratleta douradense é destaque nacional e exemplo no paradesporto sul-mato-grossense, fruto das Paralimpíadas Escolares de MS e do Projeto Dourados Paralímpico comandado pelo Prof. Antônio Pietramale a 12 anos, mostra a força e a importância do incentivo no paradesporto do MS.