Polícia Militar Ambiental prende e autua paulista em R$ 43 mil com 87 kg de carne de animais silvestres abatidos com arma de fogo

Polícia Militar Ambiental prende e autua paulista em R$ 43 mil com 87 kg de carne de animais silvestres abatidos com arma de fogo

11 de agosto de 2019 0 Por raysantos

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Naviraí receberam denúncias, de que um homem que praticara caça em uma fazenda estaria deslocando-se pela BR 163 com carne dos animais abatidos, em um veículo WV Amarok. Os Policiais deslocaram-se ontem (10) à tarde para atender a denúncia e prenderam o caçador, com 87 kg de carne e linguiça de animais silvestres abatidos no veículo, na própria BR, na altura da cidade de Juti.

O infrator, que é arrendatário de uma propriedade rural, no município de Caarapó, afirmou ser carne de animal silvestre da espécie cateto e que ganhara de um amigo, o qual não quis identificar, porém, a PMA já recebera diversas denúncias, de que ele era caçador contumaz na propriedade que arrenda e por algumas vezes foram feitas diligências, mas até ontem não havia o encontrado caçando, ou com produto da caça.

Em alguns pedaços da carne dos animais era possível verificar marcas de tiros de arma de fogo. O veículo, a carne e linguiça foram apreendidos.

O infrator, residente em Pompéia (SP), foi autuado administrativamente e multado em R$ 43.000,00. Ele também foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil de Juti e responderá por crime ambiental de transporte de produto ilegal da fauna e poderá pegar pena de seis meses a um ano e meio de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500