Associação Viva e Deixe Viver promove curso sobre arte da leitura e contação de histórias

14 de agosto de 2019 0 Por daniel

Projeto Sacola Literária é dirigido a agentes de saúde, profissionais da educação ou pessoas com interesse na atuação em hospitais, bibliotecas e salas de aula

A arte da leitura e da contação de histórias pode ir, literalmente, além da imaginação. Trata-se de compartilhar experiências, proporcionar momentos de entretenimento e de proporcionar bem-estar. Por conta disso, a Associação Viva e Deixe Viver (Viva), organização não-governamental que congrega 1.282 voluntários responsáveis por contar histórias em 91 hospitais do País, conduz o projeto Sacola Literária, com cursos para estimular a arte da leitura e da contação de histórias, por meio da construção de um acervo. De janeiro a agosto de 2019, foram realizadas oito edições do curso. “Agora, devido ao sucesso do programa, abrimos quatro turmas extras para este ano. As aulas serão realizadas aos sábados como intensivo”, conta Valdir Cimino, fundador e presidente da Viva. As inscrições são gratuitas. Para participar, acesse o site da entidade. A primeira turma tem início no próximo sábado, 17, e será realizada no Auditório da Uninove Vergueiro. A Viva também aproveitará a ocasião para fazer uma comemoração especial de seu aniversário de 22 anos bem-sucedidos de atuação.

Estruturada a partir da descoberta da literatura e da forma pela qual seu conteúdo pode ampliar o domínio da palavra, a iniciativa tem como principal atração a Sacola Literária, formada por livros de importantes autores brasileiros, expoentes da cultura regional. Os encontros buscam inspirar ações e atividades educativas, culturais, sociais e humanizadoras, promovendo bem-estar e conhecimento.

O curso é composto por quatro módulos, nos quais são distribuídas 200 sacolas, contendo cinco livros infantis. “Neste ano, já formamos cerca de 200 pessoas, abrangendo todas as turmas desde o início do ano até agosto”, relata Valdir Cimino.

Um dos objetivos da iniciativa é promover o hábito da leitura, por meio da construção de acervo pessoal e coletivo, ampliando, desta forma, conhecimento, vocabulário e descoberta de novas e velhas narrativas de autores consagrados na literatura infanto-juvenil.

O projeto Sacola Literária é incentivado pela Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo e patrocinado pela Pernambucanas.

Serviço (datas e locais dos próximos cursos)

Viva – Projeto Sacola Literária

Módulos:

• 1º módulo: Apresentação das obras e “Jogo Eu Conto” com Valdir Cimino

• 2º módulo: Oficina prática e técnica de contação de histórias com Vania Dohme

• 3º módulo: Roda de encontro literário com Martin Feijó

• 4º módulo: Sarau – apresentação das histórias com Fábio Lisboa

Agosto

1ª turma:

Sáb – 17 de agosto das 9h às 12h

Auditório Uninove Vergueiro – Rua Vergueiro, 235/249 – Liberdade

1º módulo

*Obs.: Na data também será comemorado o aniversário de 22 anos da Associação Viva e Deixe Viver

Sáb – 31 de agosto das 10h às 17h

Sede da Viva Rua Fortunato, 140 – Vila Buarque

2º módulo, 3º módulo e 4º módulo

2ª turma:

Sáb – 14 de setembro das 8h às 17h

Sede da Viva – Rua Fortunato, 140 – Vila Buarque

Todos os módulos

3ª turma:

Sáb – 21 de setembro das 8h às 17h

Sede da Viva – Rua Fortunato, 140 – Vila Buarque

Todos os módulos

4ª turma:

Sáb – 28 de setembro das 8h às 17h

Sede da Viva – Rua Fortunato, 140 – Vila Buarque

Todos os módulos

Sobre a Associação Viva e Deixe Viver

Fundada em 1997, pelo paulistano Valdir Cimino, a Associação Viva e Deixe Viver é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que conta com o apoio de voluntários que se dedicam a contar histórias para crianças e adolescentes hospitalizados, visando transformar a internação hospitalar num momento mais alegre, agradável e terapêutico, além de contribuir para a humanização da saúde, causa da entidade. Hoje, além dos 1.357 fazedores e contadores de histórias voluntários, que visitam regularmente 90 hospitais em todo o Brasil, a Associação conta com o apoio das empresas Pfizer, UOL, Mahle Metal Leve, Volvo e Instituto Helena Florisbal.

LF Com,.