Greve dos petroleiros chega ao 6º dia e atinge 13 estados

Greve dos petroleiros chega ao 6º dia e atinge 13 estados

7 de fevereiro de 2020 0 Por raysantos

Foto: Shirley Stolze/A Tarde

A greve nacional promovida pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos chegou ao sexto dia nesta quinta-feira, 6, com mais de 18 mil os trabalhadores paralisados. O movimento já mobiliza mais de 50 unidades, em 13 estados.

De acordo com a FUP, a ação é motivada pela decisão da Petrobrás de fechar a Fábrica de Fertilizantes (Fafen) do Paraná e pelo descumprimento pela empresa de cláusulas e negociações firmadas no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

Durante a greve, a Comissão de Negociação Permanente ocupa uma sala no edifício-sede da Petrobrás. Ainda segundo a FUP, em Brasília, dirigentes do órgão e da CNQ/CUT estão desde a terça-feira, 5, se reunindo com deputados e senadores do campo progressista com a intenção de cobrar apoio à greve dos petroleiros.

Entre as reivindicações da categoria estão a suspensão imediata do programa de demissões de 1.000 funcionários da Fafen-PR e que a Petrobrás estabeleça todos os grupos de trabalho (GTs) determinados no ACT para negociar pontos que não consensuais entre a empresa e a categoria.

Esses pontos envolvem a tabela de turno dos trabalhadores da Petrobrás; o banco de horas; o plano de saúde; e a participação nos lucros e resultados (PLR). “Ainda que já tenha aberto alguns GTs, a empresa tem tomado decisões por conta própria, sem o devido diálogo com os sindicatos nesses ambientes, como determinado pelo ACT”, informa a FUP, através de nota.

A Tarde