NOVA DIRETORIA DA ABDAN ASSUME COM OBJETIVO DE INTERNACIONALIZAR O SETOR NUCLEAR BRASILEIRO

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) –

Adyr Tourinho

Expandir horizontes. É com este pensamento em foco que a nova diretoria da Associação Brasileira para Desenvolvimento das Atividades Nucleares (ABDAN) vai atuar durante o próximo biênio (2020-2022). A presidência continuará com o executivo Celso Cunha, enquanto a vice-presidência passará a ser ocupada por outros importantes nomes do segmento: André Salgado, Ivan Dybov, João Carlos da Cunha Bastos e Michael Dembrak. No novo planejamento da associação, existem muitos objetivos traçados e um deles é buscar a internacionalização do setor nuclear brasileiro, em parceria com a Apex Brasil [Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos].

Neste sentido, na próxima quarta-feira (19), será realizado um workshop para discutir este projeto. “O objetivo é desenvolver o planejamento estratégico para a promoção das exportações e para atração de investimentos estrangeiros diretos do setor de tecnologia nuclear brasileiro para os próximos anos”.

Cunha também citou outras prioridades da nova diretoria da ABDAN, como ressaltar a conclusão de Angra 3, a construção de novas usinas nucleares, o desenvolvimento da medicina nuclear e a realização de um curso da World Nuclear University (WNU).

LEIA A ENTREVISTA COMPLETA NO NOSSO SITE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *