Digisystem revela 7 tendências tecnológicas que revolucionarão os negócios em 2020

21 de fevereiro de 2020 0 Por raysantos

Tecnologias e conceitos inovadores como multiexperience, voice bot, e paperless terão papel fundamental na competitividade das empresas. Sob a ótica do “People-Centric”, a satisfação do cliente continua sendo a chave para o sucesso de qualquer negócio

O mercado de tecnologia tem crescido a passos largos. De acordo com recente previsão do Gartner, os gastos com TI no Brasil crescerão 2,5% em 2020, totalizando US$ 64 bilhões – um aumento de 2,5% em relação à 2019. No cenário corporativo, o avanço da transformação digital tem tido um papel fundamental na competitividade das empresas. Pensando nisso, a Digisystem, companhia brasileira fornecedora de soluções de negócios de tecnologias avançadas que ajudam as empresas a passarem pela jornada da transformação digital, destacou sete tendências tecnológicas que devem revolucionar os negócios em 2020 e ajudar as empresas a prosperar na era digital.

1 – Novo modelo de proteção de dados

Os usuários, dados e aplicações estão migrando rapidamente para um modelo distribuído. A transferência dos datacenters tradicionais para a computação em nuvem, a mobilidade dos usuários e as ofertas de aplicação na modalidade SaaS (software como serviço) fizeram com que a segurança perimetral perdesse sua eficácia, uma vez que os dados e usuários estão distribuídos em serviços de fornecedores aos quais a instituição não tem controle. O aumento do investimento em soluções como CASB (Cloud Access Security Broker) é uma tendência para 2020, já que estas ferramentas são capazes de aplicar as políticas de segurança das empresas de maneira personalizada, em serviços providos por terceiros, mantendo o tráfego em conformidade entre os dispositivos dos usuários e as soluções em nuvem.

2 – LGPD

As iniciativas de regulação da proteção de dados pessoais consolidadas na Europa e EUA já estão virando realidade no Brasil através da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD, Lei 13.709/2018). A partir deste ano, a capacidade de cada instituição de proteger e fazer um bom uso destas informações, em conformidade com a lei, passará a ser encarada como um fator de competitividade, pois a publicidade aos eventos de vazamento e comprometimento de dados poderá ser ainda mais danosa do que as previsões legais de penalização.

3 – Hospital digital

Com aumento do volume de informações, da população e do uso cada vez maior de sistemas para registro eletrônico na área da saúde, tornou-se irreversível a necessidade da eliminação do papel (com amparo legal) apoiada na utilização de soluções de assinatura eletrônica ou digital. A adoção do conceito paperless torna-se um ponto imprescindível na jornada da transformação digital, já que reduz o volume de documentos a serem impressos, geridos e armazenados, principalmente no que tange aos documentos assistenciais que devem ser armazenados fisicamente por 20 anos após a impressão e assinatura manual.

4 – Interoperabilidade

Com a necessidade de otimização de custos na prestação de serviços a utilização de tecnologia como suporte no dia-a-dia é fundamental. Neste sentido a integração de diferentes processos, sistemas e informações é fator crítico para o sucesso dos negócios. Em 2020, a interoperabilidade entre sistemas heterogêneos por meio de boas práticas de segurança, exposição de serviços, tratamento de erros, resiliência, para que os processos possam se auto recuperar sem intervenção humana, deve ser crucial para aumentar a competitividade das empresas. Na área da saúde, por exemplo, ainda existe uma carência nesse sentido. Por isso, é importante que as instituições de saúde criem soluções para que se consiga fazer essa orquestração dentro dos diferentes sistemas de registro médico. Além de reduzir gastos, a interoperabilidade agiliza a definição de estratégias, a tomada de decisão, a resolução de problemas, além de potencializar a produtividade da equipe, que passa a trabalhar em um sistema único e automatizado.

5 – Voice Bot

O conceito de Voice Bot já é realidade no mercado brasileiro. O atendimento humanizado e customizado por meio de comando de voz efetuado por robôs permite que a interação com o cliente se torne ainda mais rápida e inteligente. Em 2020, a satisfação do cliente continua sendo a chave para o sucesso de qualquer negócio. Por isso, apostar em tecnologias como Voice Bot pode gerar ganhos importantes por meio da otimização de processos e recursos, além de um serviço mais ágil e eficaz para o cliente.

6 – Hyperautomation

O Hyperautomation utiliza tecnologias avançadas como inteligência artificial (IA) e machine learning (ML) para aumentar a automação de processos e entregar aos colaboradores mais ferramentas para auxiliar a capacidade humana de produzir. Este recurso possibilita que os processos automatizados executados repetidamente produzam informações que podem ser utilizadas pela IA para apresentar aos usuários insights para melhorar os processos, dar eficiência e identificar potenciais falhas. O Hyperautomation está no campo das tecnologias voltadas para iniciativas “People-Centric”, que tem por objetivo reter talentos por meio da melhor experiência de uso das tecnologias dentro e fora do trabalho. Um ativo cada vez mais estratégico.

7 – Multiexperience

Sob a ótica da iniciativa de “People-Centric”, o conceito de multiexperience permitirá as organizações melhorar a experiência de seus colaboradores por meio de interações mais eficientes. A multiexperiência está relacionada a forma como as pessoas percebem, interagem e lidam com o universo digital nos diferentes dispositivos, que tendem a ser cada vez mais multissensoriais e multitoque. A tendência de multiexperience promove experiências imersivas para o cliente por meio de tecnologias como Realidade Aumentada (RA), Realidade Virtual (RV), Realidade Mista (RM), além de interfaces omnichannel.

Sobre a Digisystem

Empresa 100% brasileira, com 29 anos de experiência e unidades de negócios focadas nas tecnologias mais avançadas, capaz de entender as necessidades dos clientes e propor soluções de negócios end-to-end desde a consultoria, planejamento, processos, implementação e sustentação, para ser o melhor parceiro na jornada da transformação digital. A companhia possui relação próxima e de confiança com os principais provedores/fabricantes de tecnologia, com parcerias estratégicas com Microsoft | Oracle | WMWare | Symantec | Veritas | CommVault | IBM | Philips | UiPath. A Digisystem conta com mais de 600 profissionais atuando em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará, Maranhão, Amazonas, Piauí, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Atende mais de 300 clientes dos segmentos de educação, governo, indústria, saúde, finanças, utilities e varejo.

EPR
Marcela Gasperini
EPR
JatobaSelo2018