Polícia Militar Ambiental de Batayporã não encontra pescadores em 36 horas de fiscalização, mas retira 26 anzóis de galho e dois espinheis com 20 anzóis de rios

23 de fevereiro de 2020 0 Por raysantos

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Batayporã, que trabalham na operação piracema, realizam fiscalização nos rios Paraná, Ivinhema e Guiraí, principalmente nas imediações do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI) desde ontem (21) às 6h00 e perceberam que os pescadores estão respeitando o período de defeso.  

De qualquer forma, devido a facilidade e pouco tempo nos rios para armarem petrechos ilegais, alguns pescadores ainda se arriscam a usarem os materiais. Durante a fiscalização, uma das equipes localizou e retirou dos rios, 26 anzóis de galho e duas cordas de espinheis, medindo 40 metros, com 20 anzóis ao todo (petrechos proibidos), que estavam armados nos cursos d’água. Os proprietários dos materiais ilegais não foram localizados.

Apesar da apreensão dos petrechos ilegais, a PMA percebeu que os pescadores estão respeitando o período de proibição, pois não foi encontrado ninguém praticando pesca durante a fiscalização até o momento. Os Policiais manterão à fiscalização, pois a presença das equipes é o fator principal para que haja o respeito à proibição da pesca e, dessa forma, previne-se a pesca predatória.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

IMG-20200222-WA0044.jpg
IMG-20200222-WA0037.jpg