Há 4 anos, projeto colaborativo realiza trabalho pioneiro pela inovação em MS

Há 4 anos, projeto colaborativo realiza trabalho pioneiro pela inovação em MS

Quando o assunto é inovação, Mato Grosso do Sul tem grandes possibilidades, como as startups com soluções para o agronegócio. Para que as ideias saiam do papel, são necessários desde noções de gestão de negócio até uma rede de contatos, com potenciais investidores e clientes. Ao longo de quatro anos, o Living Lab atua para conectar ideias a realizações, fomentando o chamado “ecossistema de inovação” do Estado.

Inaugurado no dia 03 de Junho de 2016, o laboratório vivo de inovação foi iniciado pelo Sebrae/MS em parceria com 42 instituições públicas e privadas, para falar sobre empreendedorismo de uma forma diferente, “disruptiva” – e mostrar que existem outras oportunidades no Estado, como o mercado de games, negócios de impacto social, Economia Criativa, dentre outros.

O primeiro diferencial que o laboratório trouxe foi a cooperação, que permeia todas as atividades. A comunidade participa trazendo ideias, se tornando protagonista. Por enquanto, os encontros presenciais estão suspensos por conta da pandemia do novo coronavírus, mas nos últimos quatro anos, mais de 20,5 mil pessoas participaram das ações do local e foram realizados 128 eventos de comunidades, envolvendo por exemplo, designers, fintechs e público geek.

Os projetos trazidos pela comunidade são ainda discutidos por meio de mentorias com especialistas, promovendo mais conexões. Na visão da gerente do Living Lab MS, Leandra Costa, atrair líderes comunitários amplia a interação entres setores, atividades e profissões, promovendo a geração de conteúdo, debates, conhecimento e network.

“A gente mostra a relevância de conversar junto e experimentar novas ideias. Isso tem transformado tanto as nossas instituições individuais como os novos negócios no Mato Grosso do Sul. Neste período, também tivemos contribuições e visitas de pessoas de outros países e estados, com depoimentos reconhecendo a importância desse trabalho”, disse a gerente.

Atualmente, o Living Lab MS tem três programas de aceleração de ideias inovadoras e startups; 11 produtos e seis tipos de abordagens em talks, os bate-papos promovidos no local. Além disso, o laboratório engloba outras iniciativas, e procura levar isso para os projetos atendidos. O destaque é a adesão aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), visando a responsabilidade global e social.

Resultados e Futuro
Ao longo destes quatro anos, 1.296 ideias de negócios foram atendidas no local, e mais 672 startups foram acompanhadas pela instituição. O último grupo de empresas de negócios sociais acompanhado pelo Living Lab MS obteve 95% de aumento nos postos de trabalho e 107% no faturamento. Já o faturamento das startups participantes do último programa de aceleração aumentou em 126%.

Ainda neste ano – e passada a pandemia – a gerente Leandra Costa afirma que a expectativa é inaugurar no espaço um laboratório maker, para estimular as pessoas a “colocarem a mão na massa”. Além disso, outras ações do Living Lab são continuar buscando formas de fomentar as ideias inovadoras do Estado e novas parcerias.

“Na economia do Estado, nosso forte é o Agronegócio, um dos setores onde a inovação tem sido aplicada com um uso mais rápido nos resultados. Mas, também temos um grande potencial para sermos um berço da inovação do Agronegócio no Brasil, como já somos na economia. Também temos pesquisas, a UFMS é reconhecida como a quinta melhor universidade em inteligência artificial no país, um potencial grande para a Internet das Coisas”, destaca.

E, a grande aposta continuará sendo o trabalho colaborativo. “Temos excelentes profissionais e uma disponibilidade em poder fazer junto. Se precisamos fazer um projeto, conseguimos facilmente envolver esses parceiros e construir essa pauta juntos. Temos um terreno muito forte pela frente”, finaliza a gerente.

Sebrae-MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *