Estivadores são condenados por tráfico internacional de drogas no Porto de Santos

Dois estivadores do Porto de Santos/SP foram condenados a 5 anos e 10 meses de reclusão e ao pagamento de 583 dias-multa (1/30 do salário mínimo para cada dia-multa) pelo crime de tráfico internacional de drogas. A sentença, do dia 17/6, é do juiz federal Roberto Lemos dos Santos Filho, da 5ª Vara Federal de Santos/SP.

Segundo a denúncia, no dia 5/2/19, os estivadores S.T.C.R. e M.R.H., que trabalhavam no navio MSC ER France, agiram em conjunto para introduzir na embarcação 17kg de cocaína. Ambos foram flagrados pelas câmeras de vigilância da Polícia Marítima do Porto de Santos quando interagiam na varanda do navio, utilizando um aparelho celular (o que é proibido).

As imagens captaram uma pequena embarcação se aproximando e um de seus ocupantes amarrando um volume em uma corda lançada ao mar pelos estivadores. O volume, então, foi içado para dentro do MSC ER France enquanto a lancha se evadiu do local. Na sequência, os estivadores seguiram para a proa, desaparecendo em meio a uma pilha de contêineres, e posteriormente voltaram a aparecer nas imagens de mãos vazias.

Para Roberto Lemos, o registro das imagens captadas e os depoimentos colhidos dos policiais no processo comprovam a participação dos acusados no ato ilícito. “É certa e inequívoca a participação dos denunciados em atos próprios, pertinentes ao transporte e à guarda de 17,260kg de cocaína apreendida”.

As buscas realizadas pela Polícia Marítima e pela Receita Federal no interior do navio localizaram a substância dentro de um contêiner carregado com carne bovina congelada.

Para o cálculo da pena, o juiz levou em consideração que os acusados são primários e não possuem registros de condenações anteriores transitadas em julgado, “se apresentando certo que a ação praticada teve por fim a obtenção de lucro fácil”.

No entanto, Roberto Lemos levou em consideração o fato do navio MSC ER France ter como destino as Ilhas Canárias, Valência e Barcelona, na Espanha. “Há que ser ponderado o elevado potencial ofensivo das condutas consistentes no transporte e guarda de significativa quantidade de cocaína que seria remetida ao exterior”. (RAN)

Processo n.º 0000100-87.2019.4.03.6104
Seção de Produção de Texto e Atendimento à Imprensa – SUTI
Núcleo de Comunicação Social – NUCS Justiça Federal de 1º Grau em São Paulo
E-mail:imprensa-jfsp@jfsp.jus.br visite o nosso site: www.jfsp.jus.br no twitter: www.twitter.com/JFSP_imprensa

Havaianas participa da semana de moda da Casa de Criadores

Em parceria com Jorge Feitosa, Havaianas compôs os looks do desfile do estilista no segundo dia de evento

São Paulo, 8 de julho de 2019 – A Havaianas, marca nacional e referência de brasilidade no país e no exterior, participou da semana de moda da Casa de Criadores, na última quinta-feira (04/07), na Praça das Artes (SP). Em parceria com o estilista pernambucano Jorge Feitosa, que customizou exclusivamente modelos de tênis sneakers da marca, levou para a passarela qualidade, inovação e beleza.

A coleção Retratos teve como premissa enaltecer as relações masculinas, preconizando a conexão entre pai e filho e filho e pai, em que os modelos de Havaianas Sneakers foram escolhidos para compor este contexto junto às peças estruturadas em denims e sarjas com tecnologia sustentável.

Um dos modelos Havaianas Sneakers, apresentado no desfile, contou com a interferência de Jorge Feitosa, contudo é possível encontrar os demais modelos da coleção da marca nas lojas físicas e no e-commerce.

Fn | Agência Lema

Escalador brasileiro é quinto entre os pan-americanos e faz balanço positivo da Copa do Mundo

César Grosso, que busca bons resultados visando a disputa por uma vaga nos Jogos de Tóquio-2020, encerrou sua participação nesta sexta-feira (5), em Villars, na Suíça, competindo na modalidade Lead (Dificuldade). Próxima etapa será em Chamonix, na França, a partir do dia 11 deste mês

São Paulo, (SP) – Com o quinto lugar na modalidade Lead (Dificuldade) entre os atletas pan-americanos, o escalador paulista César Grosso encerrou com um balanço positivo, nesta sexta-feira (5), a sua participação na Copa do Mundo de Escalada – categorias Lead e Speed -, que está reunindo mais de 450 participantes, de diferentes países, em Villars, na Suíça. Antes, na quinta-feira (4), César  – melhor brasileiro no ranking mundial da Federação Internacional de Escalada Esportiva (IFSC), em 36º lugar, havia disputado  a modalidade Speed (Velocidade), terminando em terceiro entre os pan-americanos, com a quebra de seu próprio recorde brasileiro. A nova marca é de 7seg14. A próxima etapa da Copa do Mundo será nos dias 11, 12 e 13 deste mês, em Chamonix, na França.

“Estou bem satisfeito com esta etapa da Copa do Mundo. Primeiro, a disputa em Speed, com a quebra do recorde brasileiro e a terceira colocação entre os atletas pan-americanos. Foi um tempo muito bom, até surpreendente, já que comecei a treinar Speed há apenas 14 meses e meu primeiro campeonato foi aqui mesmo, ano passado. Então fico muito contente com essa evolução. Depois, Lead, que é minha especialidade. Escalei bem as duas vias. Eu me senti bem nas duas, que eram de estilos diferentes, e terminei em quinto entre os pan-americanos. Agora é continuar trabalhando e focar na próxima”, analisou César, que tem apoio de ClimbMania, Casa de Pedra, França e Associados e SBI Outdoor.
César comemorou os resultados obtidos em Villars como um ótimo passo, deixando para trás vários competidores pan-americanos – norte-americanos, argentinos, chilenos e equatorianos -, sempre pensando no grande objetivo que é o de buscar uma vaga nos Jogos de Tóquio 2020, em que a escalada fará a estreia como esporte olímpico. A classificação será definida em fevereiro de 2020, no Campeonato Pan-Americano Combinado, marcado para Los Angeles, nos Estados Unidos, onde esses atletas serão seus adversários no sonho de chegar ao Japão.

O chamado formato combinado, que será disputado em Tóquio, reúne as três categorias da escalada esportiva – Boulder (Explosão), Lead e Speed. Para garantir um lugar no Japão é preciso estar pronto para competir em todas elas. Assim, depois da etapa de Chamonix da Copa do Mundo, César começará a preparação para o Mundial Boulder, Lead e Speed, em Hachioji, no Japão, no mês de agosto. 
As três categorias da escalada – A escalada esportiva é praticada em paredes artificiais. No Boulder, categoria voltada para explosão, os atletas competem em paredes baixas, sem cordas, realizando movimentos fortes e explosivos. A escalada conta ainda com Lead (Dificuldade), disputada em paredes altas, com vias inéditas, de alta dificuldade, vencendo quem chegar mais alto, e com a Speed (Velocidade), em que dois escaladores enfrentam a mesma via, ganhando quem for mais rápido.
Principais conquistas – César conquistou seu primeiro título brasileiro – Lead em 2003. De 2006 a 2009, comemorou em Lead e Boulder, assim como em 2012, sendo o único hexacampeão brasileiro de escalada de dificuldade. Ao longo da carreira foi campeão sul-americano – Lead; vice-campeão pan-americano – Boulder; vice campeão sul-americano – Boulder; top 5 pan-americano – Combinada; seis vezes campeão brasileiro – Lead; quatro vezes campeão brasileiro – Boulder; duas vezes campeão Master of Bouldering – Boulder; 15° colocado na Copa do Mundo, etapa Barcelona – Lead;  melhor brasileiro overall no Mundial Innsbruck 2018; recordista brasileiro de velocidade.

Mais informações: www.cesargrosso.comFan page: facebook.com/cesargrossoatleta
Instagram: @cesar_grosso

Esporte e diversão para os alunos de projeto do IEE, com programação especial de férias

Atividades esportivas especiais para os alunos e comunidades serão realizadas ao longo do mês em 12 núcleos

São Paulo, (SP) – O projeto Rede de Núcleos, do Instituto Esporte & Educação (IEE), terá uma programação especial para essas férias de julho. Durante todo o mês, 12 núcleos terão atividades esportivas e brincadeiras, promovendo ainda mais a participação dos alunos e das comunidades do entorno. O IEE foi criado e é presidido pela medalhista olímpica Ana Moser.

Torneios, festivais e circuitos esportivos, além de passeios, oficinas e eventos culturais e de lazer fazem parte da programação especial desse mês e serão abertos para a comunidade. Os alunos dos núcleos podem levar amigos para participar dos jogos e atividades durante as férias e ter a oportunidade de brincar, se divertir e praticar esportes.

O Rede de Núcleos é um dos programas do IEE que mais realiza atendimentos diretos e está presente nas cidades de São Sebastião (SP), Embu das Artes (SP), Rio de Janeiro (RJ), Carapicuíba (SP), Pindamonhangaba (SP), Osasco (SP), Recife (PE) e São Paulo (SP). O projeto está estruturado a partir de parcerias locais e institucionais, para atender crianças e adolescentes de comunidades, com atividades regulares e contínuas. Os núcleos atendem crianças, jovens e adultos e são considerados referência na comunidade ao redor.

O Projeto Rede de Núcleos conta com o financiamento do Itaú, Banco Votorantim, Ultra, Novelis, Aché, ISA CTEEP, Mercado Livre, Roche, Trench Rossi & Watanabe, Bloomberg, Quantiq, Correcta, CCR, Kroton, Livelo, Perfetti Van Melle, Portocred, VERDE e Bank of America Merrill Lynch, via Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal.

Confira a programação especial de férias preparada para 12 núcleos:

Núcleo Heliópolis – SP
16 a 31 de julho
Quartas e sextas-feiras
8h às 10h: crianças – atividades esportivas e culturais (passa ou repassa, tiro ao alvo, caça ao tesouro e gincanas)
10h às 12h: jovens – minicampeonato e torneio de vôlei, dinâmicas com desafios

Núcleo Heliópolis – SP – Turmas de Ginástica
16 a 31 de julho
Quartas e sextas-feiras, das 7h às 8h – aulas de zumba, ritmos e dinâmicas esportivas de inverno

Núcleo São Luis – SP
10 a 31 de julho
Terça a sexta-feira, das 9h às 17h
Jogos de tabuleiro, torneio de queimada, droboll, basebol, gincana, vôlei, hóquei, torneios de taco, futsal (feminino, masculino e misto), hand sabonete, esgrima e caça ao tesouro

Núcleo Casablanca e Feitiço – SP
15 a 31 de julho
Jogos e amistosos de vôlei com turmas intermediárias e avançadas, com interação entre os CEU’s São Luis e Embu das Artes

Núcleo Carlos Pasquale – SP
9 a 26 de julho
Atividades lúdicas, campeonatos e passeios
Segunda, terça, quinta e sexta-feira: 8h30 às 12h e das 14h às 17h

Núcleo Jaguaré – SP
22 a 26 de julho
Atividades lúdicas, campeonatos e passeios
Terça a sexta-feira: 10h às 12h e das 14h às 16h

Núcleo Embu das Artes – SP
10 a 31 de julho
Jogos, Circuito e Esportes e Torneios – Futebol, Vôlei, Queimada, Tênis, Rouba Bandeira,  Flagbol , Tabuleiro humano, Paintbol e outros.
Terça a sexta-feira, das 9h às 11h e das 13h às 16h

Núcleo Carapicuíba – SP
9 a 26 de julho
Atividades lúdicas, campeonatos e passeios
Terça a Sexta-Feira: 7h30 às 11h e das 14h às 16h

Núcleo Osasco – SP
15 a 26 de julho
Atividades lúdicas, manutenção da horta escolar, campeonatos e passeios
Terça e quinta-feira: 13h às 17h
Quarta e sexta-feira: 7h30 às 11h30

Núcleo São Sebastião – SP
10 a 31 de julho
Das 8h30 às 11h e das 13h30 às 17h
Terças e quintas-feiras: surfe
Quartas e sextas-feiras (EMEF Edileuza Brasil): torneios de futebol, surf, handebol, flagfutebol, basquete, slackline e oficinas de pipas. Zumba especial de férias com as turmas da ginástica.

Núcleo Pindamonhangaba – SP
Das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h
22/07 – Jogos de Caça – esconder objetos, caça ao tesouro temático.
– Sorvetão
– Vôlei Bolão
– Acerte a casa
Mural de Férias                 
23/07 – Jogos de pega- PAC MAN, mãe da rua, milharal, chinelinho, coelhinho sai da toca.
Pintura Facial-
Mural de Férias                                                                    
24/07 – Jogos Julinos – Pare no alvo, tomba lata, pescaria, pular fogueira, corrida do saco, corrida da colher, corrida das três pernas.
– Dança Junina
Mural de Férias    
25/07 – Jogos circenses- malabares, acrobacias, pirâmides. 
26/07 – 2ª Julieta Race (corrida de obstáculo)

Núcleo Rio de Janeiro – RJ
8 a 31 de julho
Quarta e sexta-feira, na Vila Olímpica de Padre Miguel: minitorneio de vôlei, gincanas de jogos/brincadeiras e ginástica especial com caminhadas pelo bairro 

Núcleo Cabo de Santo Agostinho – PE
23, 25 e 30 de julho e 1º de agosto
Das 8h às 12h                                                                                        
Minijogos e provas de atletismo – confecção de Discos, Pesos, Martelos, dardos e medalhas

Sobre o Instituto Esporte & Educação – O Instituto Esporte & Educação (IEE) foi criado em 2001, já atendeu a 3,1 milhões de crianças e jovens em todo o Brasil e contribuiu para a formação de mais de 50 mil professores e educadores.

Dentre os parceiros do IEE estão Itaú, Rede, Petrobras, NIKE, Nestlé, EDP, Instituto EDP, Banco Votorantim, Bayer, CMPC, Ultra, ALCOA,  Anhanguera, Pitágoras, Aché, Isa CTEEP, IBM, Mercado Livre, Verde Asset Management, Novelis, Roche, WestRock, Grupo CCR, Bank Of America, Grupo GTM, Correcta, Trench Rossi e Watanabe Advogados, Yamana Gold, LIVELO, AES Tietê, Bloomberg, Mentos e Portocred Financeira.

Saiba mais sobre o IEE: http://goo.gl/ePnnai

Site: www.esporteeducacao.org.br/

Facebook: https://www.facebook.com/esporteeducacao/

UniAvan oferece bolsas de estudos para refugiados e imigrantes

Núcleo de internacionalização do Centro Universitário está disponibilizando 24 vagas para cursos presenciais e EaD

O Centro Universitário Avantis – UniAvan, de Balneário Camboriú, lançou nesta semana a segunda edição do Programa de Acesso à Educação Técnica e Superior para Refugiados e Imigrantes em situação de vulnerabilidade. São 24 vagas integrais para a graduação nos seguintes cursos: Administração (presencial e EaD), Biomedicina (EaD), Ciências Contábeis (presencial e EaD), Educação Física Bacharelado, Pedagogia (EaD), Psicologia (presencial), Sistemas de Informação (presencial), Tecnologia em Gastronomia (presencial), Tecnologia em Recursos Humanos (EaD), Tecnologia em Gestão Financeira (EaD), Tecnologia em Logística (EaD), Tecnologia em Marketing (EaD) e Tecnologia em Comércio Exterior (EaD).

A reitora da UniAvan, Dra. h.c. Isabel Regina Depiné Poffo, afirma que esse programa visa evidenciar as vantagens em promover o intercâmbio entre culturas e ressalta mais uma vez o valor que a instituição dá à diversidade. “Nos orgulhamos dos valores que repassamos aos nossos alunos e o nosso compromisso é promover a inclusão social por meio de ações e programas que coloquem em discussão a cidadania e a valorização humana, dentro das limitações e diferenças que possam existir”, afirma.

Ela ainda destaca que a ação deve ser repetida a cada ano, o que demonstra o quanto a UniAvan está comprometida com a defesa dos direitos humanos dos imigrantes e refugiados, sobretudo com a igualdade em tratamento e oportunidades. “A imigração e refúgio representam para a nossa região um fenômeno social de significativo impacto humano e potencial agravamento das condições de vulnerabilidade humana, nada mais justo que contribuirmos por meio da educação e criação de oportunidades”, complementa Isabel.

Como conseguir a bolsa de estudos:

Para concorrer a uma das bolsas os imigrantes/refugiados devem protocolar pessoalmente sua inscrição na Secretaria Acadêmica (piso térreo do Bloco I) até o dia 12 de julho, das 9h às 21h. O Programa admite imigrantes ou refugiados que tenham concluído o ensino médio ou equivalente no país de envio ou em outro país onde residiram, com exceção do Brasil. Presume-se imigrante em situação de vulnerabilidade aquele portador de visto humanitário ou permanente por razões humanitárias, emitido pelo Conselho Nacional de Imigração.

O processo seletivo será realizado por meio de uma prova com 10 questões objetivas e uma discursiva de conhecimentos gerais. Em caso de empate de notas para as vagas disponíveis, o Núcleo de Internacionalização irá fazer um entrevista com os candidatos.  

Documentos necessários:

– Documentação comprobatória da condição de refugiado, expedida pelo CONARE, para o solicitante em estado de refugiado;

– Protocolo de solicitação de refúgio expedido pela Polícia Federal, acompanhado da comprovação de vulnerabilidade;

– Cédula de identidade de estrangeiro com residência provisória ou permanente expedida pela Polícia Federal ou documento equivalente, como Cadastro de Pessoas Física (CPF), Carteira de Trabalho (CTPS) ou Passaporte, para o imigrante fora da categoria de refugiado;

– Comprovação de estudos equivalentes para o ingresso no Ensino Superior ou Técnico.

Press Manager

Unisc é a quinta universidade particular com menor índice de abandono no Brasil

A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) ocupa a 5ª posição no ranking das 25 universidades particulares brasileiras com o menor índice de abandono, com 15,36%. A instituição santa-cruzense aparece atrás da Universidade Presbiteriana Mackenzie (9,09%) e da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp/11,25%), ambas de São Paulo; do Centro Universitário de Anápolis (UniEvangélica/12,39%), de Goiás; e da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas/12,46%).

Do Rio Grande do Sul, além da Unisc, apenas outras duas instituições figuram na lista: a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), na 11ª posição, com índice de 16,79%, e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), que ocupa a 12ª posição, com taxa de evasão de 16,89%.

Os números foram levantados pela Quero Bolsa, plataforma de inclusão de estudantes ao ensino superior, utilizando a base de dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgados em outubro de 2018 e referentes ao ano de 2017. O índice das 25 universidades particulares com a menor taxa de abandono está abaixo da média, que é de 24,58%. Esse número nacional representa, aproximadamente, que a cada quatro estudantes que ingressam no ensino superior no Brasil, um não conclui a faculdade (ou 25 a cada 100 alunos).

Método do estudo

– Para esta análise, foram selecionadas as 100 universidades privadas com maior número de alunos com status de “cursando” na base do Inep;

– Foi considerado abandono os estudantes com status de “matrícula trancada” e “desvinculado do curso”;

– A taxa de abandono de cada instituição foi calculada da seguinte forma: taxa de abandono = (matrícula trancada + desvinculado do curso) / (matrícula trancada + desvinculado do curso + cursando + transferido para outro curso da mesma instituição + formado + falecido).

Unisc

Guarujá, São Vicente e Itanhaém ganham pontos de entrega voluntária para coleta de latas de tinta vazias

O Prolata inaugura mais três pontos de entrega voluntária (PEV) de latas de tinta pós-consumo na Baixada Santista. Neste sábado, dia 6 de julho, os pontos do Prolata entram em operação nos municípios do Guarujá, São Vicente e Itanhaém em unidades da Baratão das Tintas (veja os endereços abaixo). No sábado anterior, Santos foi a primeira cidade da Baixada a ganhar um PEV.

Os pontos de entrega voluntária (PEV) fazem parte da estratégia da cadeia de produção e comercialização de tintas de cumprir todas as etapas da chamada logística reversa, garantindo que as embalagens de tinta vazias possam ser coletadas e recicladas da forma correta, sem serem descartadas no meio ambiente e gerando valor para toda a cadeia de reciclagem, especialmente para os catadores.

A implantação dos primeiros pontos Prolata para coleta de latas de tinta vazias da Baixada Santista faz parte do plano de ação definido no Termo de Cooperação Ambiental celebrado, em novembro do ano passado, entre o Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (GAEMA), do Ministério Público de São Paulo; a Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço), criadora e coordenadora do Prolata; a Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (ABRAFATI); e a Associação dos Revendedores de Tintas do Estado de São Paulo (Artesp).

Em sua primeira etapa, o plano previa a implantação dos quatro primeiros PEVs de latas de tinta do Prolata em Santos, Guarujá, São Vicente e Itanhaém até novembro de 2020. “Mas demos prioridade absoluta e antecipamos a implantação”, afirma Thaís Fagury, presidente da Abeaço e coordenadora do Prolata.  O plano de ação prevê a instalação de pontos de entrega voluntária nos municípios de Cubatão, Praia Grande, Peruíbe, Bertioga e Mongaguá até novembro de 2021.

“Logística reversa é um instrumento previsto na Lei de Política Nacional de Resíduos Sólidos para viabilizar o procedimento de coleta e restituição de determinados resíduos sólidos do setor empresarial. Com esse termo de cooperação assinado com as associações ABRAFATI, Artesp e Abeaço, o Prolata vai gerenciar e viabilizar a implantação desta logística reversa na Baixada Santista. Isso é um avanço significativo neste setor de resíduos sólidos e reciclagem. O Ministério Público, por meio do GAEMA, conseguiu viabilizar o termo de cooperação e vamos iniciar sua implementação. Tenho certeza que os resultados serão significativos”, explica Almachia Zwarg, promotora do GAEMA.

“Acreditamos que é papel do fabricante de latas de aço recebê-las de volta e encaminhá-las para revalorização. Por isso, o Prolata foi o primeiro programa de logística reversa para embalagens reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente”, explica Thaís Fagury. A executiva destaca que o sistema de logística reversa tem que ser constituído como responsabilidade compartilhada, envolvendo consumidor, catador, fabricantes de embalagens e tintas, varejo e, por fim, a indústria siderúrgica. Thaís lembra ainda é que o aço é um material 100% e infinitamente reciclável.

O envolvimento dos fabricantes de tintas e varejistas foi fundamental para o cumprimento do Termo de Cooperação. “Temos de trabalhar em conjunto, dentro do conceito de responsabilidade compartilhada estabelecido na lei, para viabilizar as melhores soluções relacionadas à correta destinação das embalagens de tintas pós-consumo. Isso inclui a participação de fabricantes, importadores, distribuidores, revendedores, consumidores e responsáveis pelos serviços públicos de limpeza urbana”, define Antonio Carlos de Oliveira, presidente-executivo da ABRAFATI.

O diretor executivo da Artesp, Salvador José do Nascimento, ressalta a importância dessa cooperação: “O consumidor, após a utilização da tinta, deve saber como devolver a embalagem vazia ao revendedor, para que este a encaminhe para uma cooperativa, para a triagem e encaminhamento à siderurgia”.

Endereços dos postos Prolata da Baixada Santista:

Santos: Avenida Dr. Pedro Lessa 1535, Ponta da Praia

Guarujá: Rua Iracema, 474, Lote João Batista Julião

São Vicente: Avenida Antônio Emmerick, 1428, Vila Cascatinha

Itanhaém: Rua João Batista Leal, 119, Centro

Sobre o Prolata

O Prolata é uma associação sem fins lucrativos, criada em 2012, pela cadeia de valor dos fabricantes de latas de aço no Brasil. Iniciativa da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço) e coordenação e patrocínio em conjunto com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (ABRAFATI) para o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei no 12.305/10, e demais políticas públicas de âmbitos federal, estadual e municipal, o Prolata obtém recursos de seus associados e parceiros investidores, os quais são integralmente aplicados na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos.

Focado no bem-estar comum, cooperativismo continua em ascensão

O cooperativismo é uma filosofia de vida que busca transformar o mundo em um lugar mais justo, incentivando o empreendedorismo coletivo, criando oportunidades de negócio e promovendo o crescimento social e econômico com sustentabilidade.

Devido a sua grande importância, no dia 6 de julho é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo, presente em todo o Brasil e que se divide em sete ramos: produção de bens e serviços, infraestrutura, consumo, transporte, saúde, agropecuário e crédito.

Referência no ramo da saúde, a Unimed Campo Grande surgiu há 46 anos na Capital sul-mato-grossense, consolidando-se a 51ª instituição do maior sistema cooperativista médico do mundo. Sua missão é proporcionar saúde por meio do cooperativismo de trabalho médico de excelência, garantindo a satisfação de clientes, cooperados e colaboradores.

O diretor-presidente da Unimed CG, Maurício Simões Corrêa, destaca que a base do cooperativismo está no bem-estar das pessoas. “Eu vejo que o cooperativismo continua vivo porque é focado fundamentalmente no ser humano, e continua em ascensão exatamente porque é uma sociedade de pessoas e não de capital”.

Doutor Maurício afirma que fomentar o cooperativismo é uma forma de tentar corrigir as desigualdades da sociedade. “O cooperativismo foca suas atitudes, investimentos e resultados no ser humano, seja na prestação do serviço ou na distribuição dos resultados. No cooperativismo de saúde, nós trabalhamos focados em oferecer qualidade em atenção à saúde dos clientes e o resultado disso é voltado para a qualidade de vida dos médicos cooperados e colaboradores da empresa”.

Unimed Campo Grande

JBS faz seleção para diversas vagas em Campo Grande e Ponta Porã (MS)

Campo Grande, 8 de julho de 2019 – A JBS anuncia a abertura de oportunidades de trabalho para suas unidades em Campo Grande e Ponta Porã (MS). As vagas para a capital são de ajudante de serviços gerais para atuar no período noturno, eletricista industrial e supervisor de manutenção. Pessoas com deficiência (PCDs) também podem se candidatar. Os interessados em participar da seleção devem comparecer à unidade na próxima segunda-feira (8), às 7h, levando em mãos currículo e documentos pessoais, como Carteira de Trabalho e RG.


Também no Estado, a unidade Ponta Porã oferece vaga para eletricista industrial. Para participar da seleção os interessados devem encaminhar currículo para o e-mail recrutamento.pop@friboi.com.br.

Serviço

Seleção Campo Grande II: 8 de julho, às 7h

Local: Rodovia BR 060, s/n – Zona Rural (saída para Sidrolândia), Campo Grande, MS  

Informações: (67) 4009-7500

Seleção Ponta Porã: encaminhar currículo para recrutamento.pop@friboi.com.br.

Informações: (67) 3437-3621


Sobre a JBS

A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com cerca de 230 mil colaboradores, em 15 países. A Companhia possui um portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e pela inovação, como Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras, que atendem cerca de 275 mil clientes de mais de 190 nacionalidades em todo o mundo. Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, invólucros naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, embalagens metálicas e transportes. A JBS adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos públicos, além de conduzir suas operações com foco na alta qualidade e na segurança dos alimentos. As melhores práticas de Bem-Estar Animal guardam estreita relação com o sucesso das operações da JBS, que trata o tema com extremo rigor e tem investido cada vez mais no aprimoramento de ações que sigam as melhores práticas de mercado.

JBS

Luísa Farfus Santos assume o setor de Arbitragem no Küster Machado

Curitiba, julho de 2019 – A advogada Luísa Farfus Santos assumiu um novo desafio: a área de Arbitragem no escritório Küster Machado Advogados.

A iniciativa do escritório em investir na área de Arbitragem vem do crescente espaço que esse método de resolução de controvérsias vem conquistando no Brasil e a adequação do escritório às necessidades do mercado brasileiro.

No aniversário de 30 anos, o Küster Machado Advogado inaugurou esta nova área para mostrar ao mercado o posicionamento sólido e estratégico do escritório que combina a tradição com a inovação em negócios.

LIDE Com,.