Ana Paula entre as mulheres na linha de frente das lutas sociais

Para aprender, entender, e, principalmente, apoiar a comunidade negra, é preciso descobrir histórias inéditas. Como a da carioca Ana Paula Bernabé, que aos 45 anos e moradora do bairro dos Pimentas, em Guarulhos, traz no corpo as cicatrizes de muitas chicotadas. Na própria carne, na memória e na alma, sabe o que são as dores dilacerantes sofridas pelos antepassados nas senzalas.
Mãe de três filhas, quando ela pensava que estava a salvo de racistas da nossa sociedade nas ruas, foi amarrada, sofreu açoites, estupro, todos os tipos de violência física e moral dentro do próprio lar.
Leonina, corajosa, desempregada nesse momento de pandemia, Ana Paula não desiste, se reinventa. Sem um companheiro, sem poder trabalhar como faxineira (não pode entrar nos lares), lava carros para pagar as contas, ajudar filhas e netos. No final do dia, cansada, tem um momento de alento na companhia de uma de suas paixões: os livros.
Qual sonho da Ana no momento? Conseguir comprar uma cadeira de rodas para a neta de seis anos que não pode andar por ser portadora de microcefalia (malformação congênita em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada).
A luta da carioca apaixonada por samba que deseja correr a São Silvestre parece história de cinema. Agora, ela vai tentar vencer mais um de tantos obstáculos enfrentados em sua vida. Mesmo sabendo da crise no setor audiovisual, a mulher batalhadora que tem orgulho de sua cor, apesar de tudo o que já sofreu, quer ser dublê. E ela já iniciou as aulas de boxe seguindo o protocolo para evitar contaminação do novo coronavírus. Ela coloca máscara descartável, usa álcool em gel, protetor facial e segue para o treinamento sob o comando do diretor do Centro de Treinamento de Dublês e Atores, o ator e produtor Bruno Santana. Ambos estão sob a supervisão atenta de uma técnica de enfermagem.
Link de depoimento de Ana Paula, no qual ela afirma que a escravidão continua: http://www.youtube.com/watch?v=lAyzMLv54X0&feature=youtu.be
Gostaría de ver a história de Ana Paula Bernabé ter um final feliz.
Conto com você para a pauta?

Dados mostram como é a realidade
Bruno Santana cita números que demonstram que o racismo permanece, mesmo camuflado:
Cerca de 61% das vítimas de feminicídio são negras
Negros são 62% mais vulneráveis à morte por covid-19
Apenas 10% dos escritores negros têm suas histórias publicadas por grandes editores
Negros são 2,5 vezes mais afetados por homicídios
Muitos jovens pretos cometem suicídio
Apenas 4% dos parlamentares são negros
Mas há os que venceram os obstáculos e superaram barreiras:

5% estão em cargos de liderança das maiores empresas do país
São 18% dos magistrados
São 16% entre professores universitários
Bruno observa que são números recentes, porém sujeitos a alterações.

Divulgação

Palladium Curitiba faz ação social em live do Dia dos Namorados

Para embalar a data, o grupo Cordas do Iguaçu realiza espetáculo online dia 12 de junho; internautas podem fazer doações para ajudar crianças e adolescentes do projeto

O dia mais romântico do ano será diferente em 2020. Por conta do isolamento social, pessoas precisaram se reinventar e pensar em formas diferentes para surpreender neste Dia dos Namorados.

Para seguir a tendência e incentivar os casais a comemorarem a data dentro de casa, o Palladium Shopping Center Curitiba vai promover uma live beneficente com o grupo Cordas do Iguaçu – parte do projeto social Cordas do Paraná, que forma crianças e adolescentes carentes como músicos instrumentistas. A transmissão ao vivo acontecerá no Facebook e YouTube do shopping, dia 12 de junho, a partir das 20h.

“Já temos uma parceria de longa data com o projeto Cordas do Iguaçu e queremos incentivá-los neste momento. Não é permitido fazer shows, mas a música não pode parar. Para o Dia dos Namorados, nossa ideia é levar canções que geralmente são encontradas em restaurantes românticos, para dentro de casa. Oferecer o personal violinista foi a maneira que encontramos de estimular a doação para o projeto social e ainda estar perto dos nossos clientes durante este momento”, conta a gerente de marketing do shopping, Cida Oliveira.

O grupo Cordas do Iguaçu já realizou apresentações em locais como Teatro Positivo, um dos maiores da América Latina, e com músicos renomados brasileiros, como Alceu Valença, Zeca Baleiro e Ivan Lins.

Como ajudar o Projeto Cordas do Paraná

O Shopping Palladium é um apoiador do Projeto Cordas do Paraná, que tem o objetivo de tem o objetivo de trazer benefícios sociais para a região do Paraná, contribuindo para a redução do número de crianças em situação de riscos, com alternativas ao seu desenvolvimento.

O Projeto Cordas do Paraná atende 280 crianças e adolescentes. Além das aulas gratuitas, parte dos alunos recebem a bolsa incentivo entre R$ 300 e R$ 500 e contam com o apoio o Ministério da Cultura.

Com esta ação de Dia dos Namorados, o Shopping Palladium realiza uma doação para o projeto e oferece espaço nas redes sociais para quem queira ajudar. As doações de qualquer valor podem ser feitas no site do projeto social Cordas do Paraná ou pelos dados bancários: Quarteto de Cordas Alberto Nepuceno | Banco do Brasil | CNPJ: 01.201.878/0001-58 | Agência: 0756-0 | Conta corrente: 63.812-9 

SERVIÇO

Live Palladium – Dia dos Namorados

Onde: página do Facebook e YouTube do Palladium Curitiba

Quando: sexta-feira, 12 de junho

Horário: das 20h às 22h

Sobre o Palladium Shopping Center

Um dos empreendimentos do Grupo Tacla Shopping, o Palladium Curitiba foi inaugurado em 2008 na capital paranaense. Destaca-se pela área construída de 154 mil m² distribuídos em três pisos, sendo o centro de compras com maior mix do sul do país. O shopping possui 350 lojas, entre âncoras e satélites, praça de alimentação com mais de 30 opções de fast-food, Boulevard com 10 restaurantes, além de oito salas multiplex de cinema UCI e sala IMAX – que também faz parte do Grupo Tacla e possui a maior tela do Brasil. Sua estrutura foi planejada para garantir o conforto dos mais de 1,5 milhão de clientes que passam pelo empreendimento todo mês. Mais informações em: https://palladiumcuritiba.com.br 

Sobre o Grupo Tacla Shopping

Conglomerado com mais de 80 anos de tradição, experiência no varejo e referência no setor em todo país, o Grupo Tacla possui oito empreendimentos nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, sendo eles: Catuaí Palladium Foz do Iguaçu (PR), Jockey Plaza Curitiba (PR), Palladium Curitiba (PR), Palladium Ponta Grossa (PR), Ventura Shopping Curitiba (PR), Itajaí Shopping (SC), Porto Belo Outlet Premium (SC) e Shopping Cidade Sorocaba (SP). Outras duas operações estão em fase de construção no Paraná: CityCenter Outlet, em Campo Largo e Palladium Umuarama. Mais informações em: http://www.taclashopping.com.br 

Medidas de desburocratização se tornam ainda mais importantes durante a crise

Com empresas correndo os riscos de encerrar as atividades neste período de pandemia, melhorar o ambiente de negócios é fundamental

A FecomercioSP sempre promove ações em prol de um ambiente mais oportuno aos negócios, seja com apoio a projetos relevantes para as empresas, seja com propostas de autoria própria visando à redução da burocracia em diversas frentes. Esses planos atacam diretamente o longo prazo necessário para se abrir uma empresa e ainda trazem simplificações profundas no sistema tributário, de modo a reduzir o peso do Estado sobre as gerações de emprego, renda e investimentos.

Em meio à crise causada pela pandemia de covid-19, essas mudanças no sistema se tornam ainda mais necessárias. Assim, a Federação vê como muito positiva a Resolução 57/2020, do Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM), a qual uniformiza todas as regras referentes às classificações das atividades que dispensam a necessidade de vistoria, alvará, licença de funcionamentos, conforme à designação dos riscos.

A resolução permitiu o desenvolvimento de atividade econômica de baixo risco sem a necessidade de atos públicos de liberação. Dessa forma, pequenos empresários podem seguir com seus negócios sem maiores amarras do Poder Público.

A medida ainda traz mudanças relacionadas à concessão do alvará de funcionamento provisório e ao licenciamento, sendo o primeiro o documento emitido pelos municípios para atividades de nível de risco médio ou risco moderado, que permitirá o início da operação do estabelecimento imediatamente após o ato de registro, sem a necessidade de vistorias prévias por parte dos órgãos e entidades licenciadores – basta o proprietário assinar o termo de ciência e responsabilidade.

Ainda no sentido de desburocratizar, a FecomercioSP também considera muito benéfico o Provimento 100/20, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que institui o Sistema de Atos Notariais Eletrônicos (e-Notariado), de modo que os serviços prestados por todos os cartórios nacionais poderão ser realizados em plataforma online. Contudo, só terá acesso ao novo sistema, chamado “e-notariado”, quem tiver certificado digital – documento eletrônico com validade jurídica que permite a assinatura de documentos pela internet.

Para a Entidade, as ações são fundamentais no processo de redução da burocracia e pode contribuir para a melhoria da posição do País no relatório Doing Business, ranking global publicado anualmente pelo Banco Mundial que avalia as leis e as regulações que facilitam ou dificultam as atividades das empresas em 190 países. Atualmente, o Brasil se encontra na 124ª posição. Os indicadores que mais prejudicam o Brasil em 2019 foram: obtenção de alvarás de construção (170) e pagamento de impostos (184).

Sobre a FecomercioSP
Reúne líderes empresariais, especialistas e consultores para fomentar o desenvolvimento do empreendedorismo. Em conjunto com o governo, mobiliza-se pela desburocratização e pela modernização, desenvolve soluções, elabora pesquisas e disponibiliza conteúdo prático sobre as questões que impactam a vida do empreendedor. Representa 1,8 milhão de empresários, que respondem por quase 10% do PIB brasileiro e geram em torno de 10 milhões de empregos.

Fecomercio/SP

DIA DOS NAMORADOS COM LA PASTINA

Kits de produtos seleção La Pastina para preparar um menu completo
com harmonização deixarão a data mais especial

Uma imagem contendo no interior, mesa, itens, diferente  Descrição gerada automaticamente

O Dia dos Namorados, época em que os restaurantes ficavam lotados e quem não tivesse feito reserva com muita antecedência ficava sem mesa, este ano será bem diferente. Pensando nisso, a La Pastina vai levar até a sua casa toda a experiência de um menu completo para esse dia ficar ainda mais romântico e gostoso, com antepasto, prato principal e sobremesa, especialmente para comemorar a data a dois, cozinhando de uma maneira prática com produtos deliciosos e receitas surpreendentes.

Basta escolher uma das três opções de kits: Casal Mão na Massa, Casal Chef de Cozinha ou Casal Gourmet e pedir pelo Televendas La Pastina para receber em casa os produtos e a receita com o modo de preparo. E claro, já com o vinho para harmonizar. Tudo para um jantar a dois na data mais romântica do ano. Afinal, são esses momentos que ficam na memória!


A La Pastina preparou também kits de vinhos para presentear o seu amor em grande estilo, como a caixa com os vinhos Cono Sur Reserva Especial: Chardonnay, Cabernet Sauvignon e Pinot Noir (R$ 339,00), o DAL 1947 Magnum com bolsa de couro (R$ 559,00) e o Porto Croft Roêda Vintage 2015 com taças de cristal (R$ 569,00).

Uma imagem contendo comida  Descrição gerada automaticamente

Além disso, outros 800 itens entre vinhos e alimentos podem ser encontrados no Televendas La Pastina Em Sua Casa.
As entregas são feitas para todo o Brasil, com frete grátis para a Grande São Paulo para pedidos acima de R$ 300,00. Entregas em até 4 dias úteis (este prazo pode sofrer alterações).

TELEVENDAS LA PASTINA EM SUA CASA

Tel.: (11) 4003-4866|Whatsapp (11) 97636-5237
televendas@lapastina.com

Catálogo completo em: www.lapastina.com/catalogo
Instagram: @lapastina_import

Flores de corte variadas em buquês são a aposta do setor para o Dia dos Namorados

Enquanto as flores e plantas em vasos conseguiram chegar ao patamar médio de recuperação de 70% das vendas em relação ao ano passado, os produtores das flores cortadas, as mais utilizadas na decoração pelo setor de eventos, ainda contabilizam vendas muito abaixo da média, se comparadas ao mesmo período em 2019. A expectativa agora é com relação ao Dia dos Namorados, uma data muito aguardada pelo setor por fomentar, principalmente, as vendas de buquês.

O setor nacional da floricultura aguarda com expectativa o Dia dos Namorados. A data será um grande estímulo para promover o consumo de flores de corte, cujos produtores continuam sendo os mais prejudicados desde que todos os eventos – festas, casamentos, formaturas, corporativos, etc. – tiveram que ser cancelados devido ao confinamento social decretado para a contenção da Covid-19. Enquanto os produtores de flores e plantas em vasos conseguiram, após muito esforço, retomar parte das vendas, as flores cortadas – mais cotadas para arranjos florais, decoração e buquês – não conseguiram ainda atingir a metade do que era vendido no mesmo período do ano passado. De acordo com o Ibraflor – Instituto Brasileiro de Floricultura -, as vendas ainda estão muito abaixo do esperado, entre 40% e 45% menores na comparação com o mesmo período de 2019.

Tradicionalmente, no Dia dos Namorados, as rosas são as flores de corte mais procuradas pelo público. Geralmente, elas já garantem boas vendas nessa data. A demanda por rosas vermelhas e amarelas, inclusive, chega a ser maior do que a oferta, ocasionando também o abastecimento do mercado com produtos vindos de outros países. Este ano, devido à alta do dólar, além da demanda natural do período, houve também a diminuição no volume de produção das rosas vermelhas, principalmente, devido à pandemia. O conjunto de todos estes fatores resultou em uma elevação surpreendente nos preços das rosas, chegando a superar R$ 5,00 por haste em alguns momentos. Para ter uma ideia dessa alta, o aumento chegou a cerca de 170% em relação ao patamar alcançado em 2019, nesta época. Por isso, produtos diversificados como as alstroemérias, crisântemos, ásters, lírios, callas, gypsophilas, lisianthus, tulipas e novidades como o pacová e a cinerária marítima, entre tantos outros, são boas alternativas para compor os ramalhetes e garantir o clima de romance.

“O Dia dos Namorados não deverá ser tão bom em vendas, como foi o Dia das Mães. Mas, esperamos que as vendas atinjam um percentual próximo a 80% do faturamento na mesma data do ano passado”, comenta Renato Optiz, diretor do Ibraflor – Instituto Brasileiro de Floricultura. “Acreditamos que a antecipação dos feriados em São Paulo, no mês passado, ajudará o setor. O dia 11, véspera do Dia dos Namorados, seria feriado, o que poderia atrapalhar as vendas. No entanto, as floriculturas poderão funcionar a semana toda e ter uma maior expectativa de vendas”, informa Renato. De acordo com o Ibraflor, o Estado de São Paulo representa 40% de todas as vendas realizadas no Brasil, das quais a metade na Grande São Paulo e os outros 50% no interior.

Campanha

Para estimular o consumo das flores de corte em geral, a Cooperativa Veiling Holambra, uma das mais importantes dentro do segmento e responsável por boa parte do comércio de flores e plantas ornamentais em todo o Brasil, lançou a campanha “Declare todo o seu amor com flores”, trazendo como temática a diversidade dos relacionamentos. Representados através dos buquês, a mescla de gêneros harmonizam com flores em suas mais diversas variedades, cores, formas e texturas.

“Juntos, somos mais leves, mais alegres, mais felizes. Aproveitamos uma data que remete ao amor para promover a tolerância e o respeito ao próximo, à diversidade e aos desiguais”, explica Thamara D`Angieri, gerente de Marketing da Cooperativa Veiling Holambra sobre a Campanha. “Como as flores são presentes que emocionam, misturamos as variedades em buquês para mostrar que, onde há harmonia, é a beleza do conjunto que se destaca, e não a beleza individual. As flores nos ensinam como é possível harmonizar as diferenças. Por isso escolhemos destacar as diversas formas de amor, valorizando a afeição e o sentimento sem preconceitos e discriminações. Afinal, não tem nada mais emocionante do que demonstrar o amor com uma flor”, considera Thamara.  

Ateliê de Notícias

Ariel lava roupas em prol da comunidade e reforça que #OPoderDeCompartilhar deve ser mais forte

Em ação da Integer\OutPromo, marca se une à luta de prevenção ao coronavírus, compartilhando recursos, tarefas e solidariedade em ações com Cruz Vermelha Brasileira, Hospitais, Exército da Salvação e ONGs parceiras.

São Paulo, 9 de junho do ano 2020 – A pandemia da Covid-19 está afetando bilhões de pessoas em todo o mundo, e as comunidades carentes que possuem recursos de limpeza e higiene limitados, são as que mais sofrem. O momento é de ficar em casa e, de acordo com as organizações de saúde, lavar bem as roupas é uma medida de prevenção contra o vírus.

No contexto atual, Ariel decidiu expandir o posicionamento #OPoderdeCompartilhar para três pilares: Compartilhar Recursos, Compartilhar Tarefas Domésticas e Compartilhar Solidariedade – a marca de lavar roupas da P&G age em cada um desses pilares, e ressalta a importância do compartilhamento para, juntos, todos sairmos mais fortes desse momento de crise.

Além de doar mais de 30 toneladas de produtos para comunidades carentes, compartilhando dicas informativas sobre como prevenir a contaminação pelo coronavírus, a marca realizará, através do serviço das lavanderias Ariel, a lavagem de 46 mil peças de roupas, dos profissionais de saúde do Hospital de Mogi das Cruzes e do Hospital Municipal de Santo André até o mês de julho.

A Ariel ainda vai lavar 37 toneladas de peças do Exército da Salvação, instituição que realiza ações emergenciais para ajudar famílias em vulnerabilidade social e moradores de rua, além de doar 5 mil máscaras de proteção para a ONG. Já para a Cruz Vermelha Brasileira, a marca apoiou com a doação de mais de 30 toneladas de produtos para contribuir com a higienização da principal instituição de ajuda humanitária do mundo.

“Ciente da situação que estamos vivendo e comprometida com o propósito de compartilhar, Ariel se une à luta para levar coragem, confiança e solidariedade a quem mais precisa. Lavar as roupas é uma medida de prevenção importante contra a proliferação do vírus. Queremos servir à sociedade mais do que nunca, mas ninguém faz nada sozinho. Acreditamos no poder do compartilhamento, e que nesse momento precisamos da força de todos para superarmos essa crise. Compartilhamos tantas coisas e isso nos faz melhores. Juntos, sairemos mais fortes!”, explica Maria Belen Silvestris, gerente da marca Ariel.

A ação é da Integer\OutPromo, agência parceira da marca. “Ano passado, realizamos com a Ariel uma ação de lavanderia itinerante com um truck personalizado. O objetivo foi divulgar o novo posicionamento da marca – “Compartilhar Nos Faz Melhores” – ensinando consumidores a ter uma melhor experiência e aproveitamento do produto, dividindo as tarefas diárias da casa.  Foi também uma grande oportunidade de ajudar a comunidade. Através desta ação, conseguimos coletar roupas de algumas instituições que às recebem para doação, entre elas o Exército da Salvação, para que fosse realizada a lavagem/higienização das peças, o que reforçou ainda mais o conceito de que compartilhar nos faz melhores. Nesta oportunidade, entendemos o impacto real e positivo quando estendemos a mão para entidades que atendem a população. Desta vez, devido ao cenário que estamos vivendo, a necessidade é ainda maior. Hospitais e Ongs precisam de suporte para a lavagem das roupas, e esta foi a maneira que Ariel encontrou para contribuir com a tarefa de ajudar à quem precisa, reforçando o efeito do Poder De Compartilhar que a marca acredita” explica Sully Siena, diretora de contas da agência.

Ficha técnica

Título: #OPoderdeCompartilhar

Agência: Integer/OutPromo

Cliente: P&G

Marca: Ariel

Managing Director: Ricardo Franken

CCO: Antonio Neto

Direção de criação: Danilo Vizagre

Redação: Roberto Santos

Criação: Danilo Vizagre

Planejamento: Bruna Chiavenato

Produção: Larissa Ducca, Mariê Borges

Atendimento: Ana Luísa Périssé, Sully Siena, Natália Silveira

Aprovação/cliente: Julia Lobo, Bel Silvestris

Sobre a P&G

A P&G atende quase 5 bilhões de pessoas ao redor do mundo com suas marcas. A empresa conta com um dos portfólios mais fortes de marcas líderes, confiáveis e de alta qualidade, incluindo Always®, Ariel®, Aussie®, ClearBlue®, Downy®, Gillette®, Gillete Venus®, Head&Shoulders®, Herbal Essences®, Metamucil®, Old Spice®, Oral-B®, Pampers®, Pantene® e Vick®. A comunidade da P&G opera em aproximadamente 70 países. Acesse http://br.pg.com para encontrar as notícias mais recentes e informações detalhadas sobre a P&G e suas marcas, ou acesse http://www.pgcareers.com para conferir nossas vagas em aberto.

Sobre a Integer\OutPromo – A Integer\OutPromo é a operação local do The Integer Group, um membro-chave do Omnicom Group Inc, e a primeira commerce agency do mercado brasileiro. Oferecendo maneiras inovadoras para marcas e varejistas conectarem-se com os seus shoppers, o objetivo é transformar todos os momentos em momentos de conversão. Insights culturais são usados para inspirar ideias criativas que criam marcas e aceleram a compra tanto dentro como fora da loja. O The Integer Group tem 26 escritórios em todo o mundo. P&G, Heineken, Cielo, Microsoft, Reckitt Benckiser, Mars, JBS e Camil fazem parte dos clientes atendidos pela operação local. Mais informações sobre a Integer\OutPromo no https://brazil.integer.com/

Siga a agência também nas redes sociais:

https://www.facebook.com/IntegerOutpromo/

https://www.instagram.com/integeroutpromo/

Perder peso é a sua resolução de 2020?

O que vem depois da perda de peso?

As cirurgias de contorno corporal podem ajudar a dar os retoques finais na sua meta de perda de peso para 2020 e mantê-lo motivado. Perder peso, seja por dieta, exercício ou cirurgia bariátrica, melhora a saúde e a aparência.

“No entanto, uma grande perda de peso pode resultar em excesso de pele e no surgimento de bolsões de gordura que nenhuma mudança na dieta ou exercícios podem alterar. Nesses casos, os procedimentos de contorno corporal podem ajudar a eliminar o excesso de pele e esculpir curvas, proporcionando a aparência desejada, melhorando a motivação para manter o peso e proporcionando autoconfiança”, afirma o cirurgião plástico Ruben Penteado, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Quais procedimentos de contorno corporal estão disponíveis?

Para remover o problema do excesso de pele e para reparar os músculos esticados e relaxados devido aos anos de peso excessivo, há uma variedade de procedimentos cirúrgicos para melhorar o contorno corporal. Dentre esses procedimentos destacam-se:

  • Abdominoplastia: o procedimento pode remover o excesso de pele abdominal, ajudando a reparar os músculos abdominais esticados e relaxados;
  • Lifting de mama: o lifting de mama pode melhorar a flacidez do tecido, enquanto o aumento de mama pode aumentar a linha do busto e a aparência das mamas;
  • Lifting de coxa: o procedimento trata a flacidez e o excesso de pele na parte interna das coxas;
  • Lifting de braço: o procedimento trata a flacidez e o excesso de pele e dos tecidos nos braços;
  • Lifting facial: à medida em que você perde peso, pode perceber aumento da flacidez no rosto, na papada e no pescoço. Os restauros faciais, após a perda de peso, podem solucionar esses problemas, proporcionando uma aparência mais jovem e definida;
  • Lifting da parte inferior do corpo: os procedimentos tratam o excesso de pele e flacidez no abdômen, nádegas e coxas interna e externamente.

Como saber se você está pronto para a cirurgia de contorno corporal?

Quando o paciente perde uma grande quantidade de peso, pode ficar extremamente ansioso para fazer uma cirurgia que melhore o contorno corporal, visando eliminar o excesso de pele para completar a jornada de perda de peso. No entanto, há algumas coisas importantes a considerar antes de dar esse passo:

  • “Você precisa estar perto ou próximo do peso corporal ideal. Se você continua a perder peso, então não é a hora de contornar o corpo. A perda de peso adicional, após um procedimento cirúrgico, pode resultar em excesso de pele e na necessidade de procedimentos adicionais”, explica o cirurgião plástico Ruben Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada;
  • A perda de peso precisa ser estável. Você pode ter perdido muito peso, mas manter a conquista é a parte mais difícil da jornada. Antes de ser um bom candidato à cirurgia de contorno corporal, você precisa manter a perda de peso e mostrar estabilização de peso;
  • Você deve ser saudável o suficiente para a cirurgia. “Se você perdeu peso naturalmente através de dieta e exercícios, é provável que já esteja seguindo uma dieta e estilo de vida saudáveis. Se você perdeu peso com a cirurgia bariátrica, pode precisar de tempo para se ajustar às novas restrições alimentares e se certificar de que está atendendo às necessidades nutricionais antes da cirurgia”, diz o médico.

Benefícios do contorno corporal

Os procedimentos de contorno corporal abordam preocupações físicas, como a remoção do excesso de pele e o reparo dos músculos esticados. Mas eles fazem muito mais que isso. “Depois de todo o trabalho que você teve para perder peso, o excesso de pele pode criar um conjunto diferente de preocupações. Embora você deva comemorar o sucesso, o excesso de pele pode deixá-lo constrangido ou até desconfortável”, conta o diretor do Centro de Medicina Integrada.

Muitas pessoas que perderam quantidades significativas de peso relatam desconforto devido ao excesso de pele, que pode interferir nas suas atividades normais, incluindo a prática de exercícios necessários para manter a perda de peso. O excesso de flacidez da pele também gera propensão ao aparecimento de úlceras e infecções. Os procedimentos de contorno corporal removem a pele excedente, reduzindo esse risco de infecção e oportunizando ao paciente a capacidade de retomar a vida.

Qual é o próximo passo?

Depois de entender os critérios para a cirurgia de contorno corporal, o próximo passo é consultar um cirurgião plástico especializado em procedimentos de contorno corporal. “Juntos, você e seu cirurgião plástico determinarão quais procedimentos o ajudarão a atingir seus objetivos de contorno corporal e a colocar em prática um plano cirúrgico”, recomenda o médico.

CONTATO:

Site: www.medintegrada.com.br

Fanpage:@drrubenpenteado

Instagram:@drubenpenteado

MW Consultoria de Com,.

Pandemia acelera transição para economia circular

Isolamento faz empresas reavaliarem impacto do processo produtivo no meio ambiente, enquanto consumidores refletem sobre hábito de consumo e geração de resíduos

Com o isolamento social adotado devido a pandemia de Covid-19, os consumidores estão notando quanto resíduo é gerado diariamente e repensando seus hábitos de consumo, optando por produtos que não gerem tanto lixo ou com resíduos que possam retornar à cadeia produtiva.

Até então estávamos pautados pelo modelo de consumo linear, que considera apenas a produção, o consumo e o descarte pós-consumo. Este modelo acelera o esgotamento de recursos e não considera a revalorização de resíduos. A pandemia vem trazendo reflexões sobre a necessidade de rever e mudar a forma como consumimos, colocando nos holofotes a Economia Circular.

Esse foi o tema da live realizada no Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) e que reuniu Thais Fagury, presidente da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço); Beatriz Luz, fundadora da Exchange 4 Change Brasil; Eduardo Rajabally, diretor e documentarista; Gui Brammer, fundador e CEO da Boomera; e Sylvio Rocha, produtor e sócio diretor da Tocha Filmes.

“Temos que adotar uma economia para prosperar, não para crescimento”, enfatiza Thais ao fazer um paralelo entre a Economia Circular e a Economia Linear. “Não temos como retornar ao velho modelo (linear) porque não vamos prosperar. Devemos pensar em forma cíclica, engajar todos os elos da cadeia produtiva.”

Segundo Beatriz Luz, o lema “produzir mais com menos” não tem mais espaço na nova realidade. “Essa postura só retarda o desgaste. A Economia Circular vai além da eficiência e da sustentabilidade do sistema produtivo e de consumo. Exige um novo mindsetting integrando toda a cadeia de valor, na qual tudo é pensado desde o início.”

A fundadora da Exchange 4 Change Brasil destaca que, apesar do desafio da transição para a economia circular, a pandemia está acelerando o processo. O isolamento está fazendo as empresas refletirem sobre o impacto do processo produtivo no meio ambiente, enquanto os consumidores reavaliam a necessidade de mudar e rever o próprio consumo. 

A Economia Circular está virando critério para empresas desenvolverem novos produtos, aponta Gui Brammer. “As empresas que eliminarem o resíduo no pós-consumo ganharão mais consumidores”, avalia. “A Economia Circular ajuda a pensar diferente sem abrir mão dos resultados e do desenvolvimento sustentável.”

Eduardo Rajabally, diretor e documentarista, intermediou o bate-papo. Ele resumiu que a boa prática ambiental é um bom negócio. É o que aponta o documentário longa-metragem “Um presente à provado de futuro”, que teve um trecho exibido durante a live. Sylvio Rocha, produtor do longa e sócio diretor da Tocha Filmes, acredita no papel da informação para despertar a sociedade. “O filme é um modo de alcançar as pessoas que não conhecem a Economia Circular, fazendo-as refletir sobre sua parcela no consumo atual.”

Todos os participantes destacam que as empresas começam a entender que precisam mudar e desenvolver novos produtos de acordo com a Economia Circular. “A empresa que não se adequar não vai prosperar”, enfatiza a presidente da Abeaço. A live pode ser conferida no canal do YouTube da Abeaço.

Sobre a Abeaço

Fundada em maio de 2003, a Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço) foi criada com o objetivo de fortalecer a imagem da embalagem de aço, além de dar suporte técnico e mercadológico aos seus fabricantes. Sem fins lucrativos, a entidade investe e apoia iniciativas de gestão ambiental, sobretudo quando associadas a finalidade social, e  aproxima os interesses de toda a cadeia produtiva. A instituição soma esforços para fomentar pesquisas, desenvolver campanhas de esclarecimento, participar de eventos e divulgar as características das latas de aço. Hoje, a Associação reúne empresas do setor interagindo intensamente com entidades empresariais, fabricantes de embalagens, organizações ambientalistas e o governo. Saiba mais sobre a Abeaço acessando o site www.abeaco.org.br

SmartGrinder: restauração do desempenho original dos parafusos e redução dos tempos de parada

O SmartGrinder é um sistema modular que pode ser configurado durante a operação para adaptar-se ao tamanho e às necessidades de cada prensa parafuso com o objetivo de minimizar o tempo de parada e as perdas de produção. Antes da retífica, é realizada uma medição digital detalhada das condições da haste e dos filetes do parafuso. O resultado disso é uma análise do padrão de desgaste existente, indicando quais áreas exigem maior atenção.

A construção do SmartGrinder permite realizar uma restauração rápida e altamente precisa do diâmetro da prensa parafuso. “Isso permite ao equipamento acompanhar a geometria do filete com perfeição, reduzindo o tempo de parada em até 20% em comparação com reparos convencionais”, afirma Geert Tichler, gerente sênior de produtos/especialista global em tecnologias de recondicionamento da Voith Paper. “Por deixar as bordas dos filetes bem afiadas, nosso serviço de retifica garante a melhor remoção da manta de fibra”.

Dispensa a desmontagem do parafuso ou a utilização de parafusos sobressalentes

Depois da primeira retífica, o SmartGrinder pode ser montado ainda mais rapidamente, já que as placas de montagem permanecem instaladas na prensa parafuso. Além disso, todas as novas prensas parafuso da Voith já vêm sendo equipadas com placas de montagem para permitir a realização dos serviços em campo rápidos e especializados da Voith. O recondicionamento realizado pelo SmartGrinder não requer a desmontagem do parafuso, a utilização de parafusos sobressalentes ou o dispendioso transporte dos parafusos.

Ampliação do portfólio Servolution com serviços de recondicionamento

O SmartGrinder é um complemento perfeito ao portfólio Servolution da Voith. Sistemas semelhantes para o recondicionamento das geometrias de produtos não são utilizados apenas para prensas parafuso, mas também para reparos no eixo central de filtros de disco, por exemplo.

Para saber mais sobre nossos serviços para a otimização de prensas parafuso, visite:http://voith.com/corp-en/screw-press-optimization.html   

Sobre o Grupo Voith

O Grupo Voith é uma empresa de tecnologia com atuação global. Com seu amplo portfólio de sistemas, produtos, serviços e aplicações digitais, a Voith estabelece padrões nos mercados de energia, petróleo e gás, papel, matérias-primas, e transporte e automotivo. Fundada em 1867, a empresa atualmente tem mais de 19.000 colaboradores, gera € 4,3 bilhões em vendas e opera filiais em mais de 60 países no mundo inteiro, o que a coloca entre as grandes empresas familiares da Europa.

A Divisão do Grupo Voith Paper integra o Grupo Voith. Como uma fornecedora completa do setor papeleiro, ela fornece a maior gama de tecnologias, serviços, componentes e produtos do mercado, oferecendo soluções de uma única fonte aos fabricantes de papel. A contínua sequência de inovações da empresa leva a produção papeleira ao próximo nível, viabilizando uma produção de papel que preserva recursos. Sob o conceito Servolution, a Voith oferece a seus clientes soluções de serviços feitos sob medida para todas as seções do processo produtivo. O conceito Papermaking 4.0 da Voith garante a interconexão otimizada dos equipamentos, e a segurança no uso dos dados gerados permite aos fabricantes de papel aumentar a disponibilidade e eficiência de suas fábricas.

VP_SmartGrinder_Rendering_20_vvk

O SmartGrinder permite que os clientes restaurem o desempenho original dos parafusos e alcancem um equilíbrio ideal entre custos operacionais e desempenho tecnológico.

LVBA Com,.

É COVID-19 ou alergia ocular?

Se você vir alguém com conjuntivite, não entre em pânico. Isso não significa que a pessoa está infectada com coronavírus

No meio da pandemia de COVID-19, as alergias oculares podem aumentar a ansiedade sobre a saúde, pois como o paciente pode saber se os olhos lacrimejantes e o nariz entupido são sintomas do novo coronavírus ou de alergias? O outono é  um desafio para as pessoas com alergias, e agora mais com os medos provocados pela COVID.

Devo me preocupar com meus olhos lacrimejantes e com coceira?

“Uma das maneiras mais fáceis de diferenciar os sintomas da alergia ocular e do coronavírus é examinar os olhos. Se eles estão vermelhos, lacrimejantes e com coceira, provavelmente são sinais de alergias. Os sintomas do coronavírus geralmente não causam olhos lacrimejantes e com comichão desconfortáveis. Outra diferença importante entre os sintomas da alergia e os sintomas do coronavírus é ter febre.  Pessoas que sofrem de alergia não têm febre como sintoma, enquanto pacientes com coronavírus costumam ter”, explica o oftalmologista Virgílio Centurion, diretor do Instituto de Moléstias Oculares, IMO.

Qual é a conexão entre conjuntivite, alergias e coronavírus?

Existem relatos de que pessoas com coronavírus podem desenvolver conjuntivite. Os sintomas parecem ser semelhantes aos sintomas típicos da conjuntivite. Mas as alergias também podem causar os mesmos sintomas oculares – incluindo vermelhidão e coceira. Então, como fazer a diferença?

“A conjuntivite alérgica geralmente afeta os dois olhos com coceira, ardor e vermelhidão. O paciente pode sentir um incômodo, como se estivesse com um corpo estranho nos olhos, e pode haver algum inchaço ao redor dos olhos. O paciente provavelmente também terá outros sintomas de alergia, como coriza e espirros. Outra coisa a notar em relação à conjuntivite alérgica é que o paciente sempre desenvolve os sintomas na mesma época do ano”, afirma a oftalmologista Sandra Alice Falvo, que integra o corpo clínico do IMO.

Ao contrário da conjuntivite alérgica, a conjuntivite viral é geralmente um incidente isolado. Também causa queimação, olhos vermelhos, há também uma secreção aquosa, que pode parecer um pouco mais espessa e pegajosa que as lágrimas.

Os oftalmologistas podem ficar preocupados com a possibilidade de coronavírus se o paciente apresentar sintomas de conjuntivite junto com: febre, tosse, falta de ar ou dificuldade em respirar, cor azulada nos lábios ou no rosto, dor ou pressão no peito, cansaço excessivo, perda de olfato / paladar, confusão mental. Outros possíveis sintomas de coronavírus que o paciente não encontrará nas alergias incluem diarreia e náusea.

Se você não tiver certeza dos sintomas oculares …

“Primeiro de tudo, calma!!! Se os sintomas da alergia ocular não forem acompanhados pelos principais sintomas do coronavírus (febre, problemas respiratórios graves, tosse e outros listados acima), tente tratar os sintomas da alergia como costuma fazer. Se você tiver sintomas de conjuntivite sem sintomas de coronavírus, deve redobrar os cuidados com a higiene dos olhos e das mãos. Lavar bem os olhos e fazer compressas com água gelada – que deve ser filtrada e fervida – ou com soro fisiológico ajudam a aliviar os incômodos causados pela doença. Se o paciente acometido pela conjuntivite fizer uso de lentes de contato, o mais sensato é suspender o uso e utilizar os óculos até que a inflamação seja curada. Se os sintomas persistirem, consulte seu oftalmologista, ele determinará se você precisa de uma consulta presencial”, orienta Sandra Falvo.

Se os sintomas de alergia ocular incluírem alguns dos sintomas de coronavírus, ligue para o seu oftalmologista para aconselhamento médico – especialmente se você tiver problemas respiratórios, dor ou pressão no peito ou febre.

Por fim, lembre-se destas etapas muito importantes para cuidar dos olhos e de si mesmo: lave as mãos com frequência e adequadamente e evite tocar nos olhos ou no rosto.

MW Consultoria de Com,.