Equipe brasileira do revezamento 4x100m recebe bronze de Pequim 2008

Medalhas são dadas aos atletas onze anos após evento olímpico

Publicado em 31/10/2019 – 19:33

Por Agência Brasil Rio de Janeiro

Onze anos após os Jogos Olímpicos de 2008 (Pequim), Bruno Lins, José Carlos Moreira, Sandro Viana e Vicente Lenílson receberam nesta quinta (31) a medalha de bronze da prova do revezamento 4×100 metros rasos.

A equipe brasileira ficou com o bronze após o jamaicano Nesta Carter ter dado positivo em exame antidoping realizado após Pequim 2008. Desta forma a Jamaica perdeu a medalha de ouro, que ficou com Trinidad & Tobago. Já o Japão ficou com a prata, enquanto o Brasil garantiu a terceira posição.

A cerimônia de premiação foi realizada no Museu Olímpico, em Lausanne, na Suíça.

Com a confirmação da medalha de bronze do revezamento 4x100m masculino, o Brasil passa a ter 17 pódios em Pequim 2008. Esta também é a medalha olímpica de número 17 do atletismo brasileiro na história. Edição: Fábio Lisboa Tags: esportesatletismopequim 2008jogos olímpicosTóquio 2020

Brasil garante 3º lugar geral nos Jogos Mundiais Militares

País conquista 88 medalhas, 21 delas de ouro

Publicado em 27/10/2019 – 09:29

Por Agência Brasil Rio de Janeiro

Com a conquista de seis medalhas (1 ouro, 2 pratas e 3 bronzes) neste domingo (27) o Brasil garantiu a terceira posição do quadro de medalhas da 7ª edição dos Jogos Mundiais Militares, que aconteceram em Wuhan, na China.

Ao final do evento a delegação brasileira conquistou um total de 88 medalhas (21 ouros, 31 pratas e 36 bronzes). A primeira posição ficou com a China, com 239 conquistas (133 ouros, 64 pratas e 42 bronzes), enquanto a Rússia foi a segunda, com 161 premiações (51 ouros, 53 pratas e 57 bronzes).

Desta forma o Brasil alcança a meta estabelecida de manter o Brasil entre as três maiores potências desportivas militares entre todas as nações que integram o Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM), que tem papel importante na organização dos jogos.

Brasil nos Jogos

O Brasil esteve presente em todas as edições do Jogos Mundiais Militares. Se, em 1995, o país ocupou uma modesta 36ª posição no quadro de medalhas, atualmente pode ser considerado uma das grandes forças da competição.

Esta mudança de patamar aconteceu em 2011, quando a delegação brasileira garantiu a primeira posição do quadro de medalhas com 114 conquistas (45 ouros, 33 pratas e 36 bronzes). Nesta oportunidade a sede foi a cidade do Rio de Janeiro.

Os Jogos de 2011 receberam 4.218 atletas representando 111 países. Os 10 dias do evento contaram com disputas em 20 modalidades, sendo que 6 delas eram tipicamente militares.

Quatro anos depois o Brasil voltou a ter uma campanha de destaque. Conquistou o total de 84 medalhas (34 ouros, 26 pratas e 24 bronzes) e garantiu a segunda posição no quadro de medalhas.

Wuhan 2019

Agora em Wuhan, o Brasil alcança sua terceira melhor campanha na história dos Jogos Mundiais Militares e confirma seu lugar entre as potências do evento esportivo. Edição: Fábio Lisboa Tags: esportesjogosmundiaismilitares2019jogosmundiaismilitares#7JMMWuhanJogos Mundiais

Evandro e Bruno Schmidt são ouro no vôlei de praia dos JMM

Evandro e Bruno Schmidt são ouro no vôlei de praia masculino dos 7º Jogos Mundiais Militares

Pedro Ramos/Ministério da Cidadania      Esportes
Brasileiros derrotaram dupla alemã na final

Publicado em 26/10/2019 – 09:36

Por Agência Brasil Rio de Janeiro

A dupla brasileira de vôlei de praia Bruno Schmidt e Evandro conquistou o ouro neste sábado (26) nos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China. Eles venceram os alemães David Poniewaz e Bennet Poniewaz por dois sets a zero (21 /18 e 21/15). O bronze ficou com a dupla de Omã Aljalbubi Nouh Rashid Said e Alhashmi Mazim Sulaiman Zahran, que venceu a equipe chinesa Wu Jiaxin e Mutailipu Abuduhalikejiang por dois sets a um (21/17, 14/21 e 15/10).

Bruno Schmidt é ouro no vôlei de praia masculino dos 7º Jogos Mundiais Militares

Bruno Schmidt é ouro no vôlei de praia masculino dos 7º Jogos Mundiais Militares – Pedro Ramos/Ministério da Cidadania

A China é a líder do quadro de medalhas dos JMM com 122 ouros, 60 pratas e 32 bronzes. A Rússia está em segundo lugar, com 49 ouros, 50 pratas e 54 bronzes. O Brasil é o terceiro com 20 ouros, 27 pratas e 33 bronzes. 

TV Brasil

A TV Brasil exibie o programa diário Jogos Mundiais Militares 2019 com os principais resultados da competição. Com 30 minutos de duração, a produção vai ao ar neste sábado (26) às 20h30 e no domingo (27), no mesmo horário. O público pode interagir pelas redes socias por meio da hashtag #JogosMilitaresNaEBC.

Evandro é ouro no vôlei de praia masculino dos 7º Jogos Mundiais Militares.

Evandro é ouro no vôlei de praia masculino dos 7º Jogos Mundiais Militares. – Pedro Ramos/Ministério da Cidadania

Saiba mais

Edição: Verônica Dalcanal Tags: esportesJMM#7JMMjogosmundiaismilitares2019jogosmundiaismilitaresWuhan7ª edição dos Jogos Mundiais Militares

Equipe masculina de saltos ornamentais fica com bronze em Wuhan

Isaac Souza e Jackson Rondinelli conquistaram medalha para o Brasil

Publicado em 27/10/2019 – 09:05

Por Agência Brasil Rio de Janeiro

A equipe masculina de saltos ornamentais do Brasil, formada por Isaac Souza e Jackson Rondinelli, conquistou uma medalha de bronze neste domingo (27), último dia de disputas dos Jogos Mundiais Militares, que são realizados em Wuhan, na China.

Os brasileiros somaram 2531.48 pontos para alcançarem a terceira posição. O ouro ficou com a China, com 3821.81 pontos, enquanto a Alemanha conquistou a prata, com 2729.85 pontos.

TV Brasil

A TV Brasil exibe neste domingo um programa especial dos Jogos Mundiais Militares 2019 com um balanço da competição. Com 30 minutos de duração, a produção vai ao ar às 20h30. O público pode interagir pelas redes socias por meio da hashtag #JogosMilitaresNaEBC. Edição: Fábio Lisboa Tags: esportesjogosmundiaismilitares2019jogosmundiaismilitares#7JMMWuhanJogos Mundiais Militaressaltos ornamentais

JMM: Brasil é ouro no triatlo feminino por equipes

Equipe brasileira também conseguiu 1 prata e 2 bronzes na modalidade

Publicado em 27/10/2019 – 08:16

Por Agência Brasil Rio de Janeiro

O Brasil conquistou neste domingo (27) a medalha de ouro na prova por equipes femininas do triatlo dos Jogos Mundiais Militares, que acontecem na cidade chinesa de Wuhan.

A vitória foi obtida, no último dia de competições do evento, por Vittoria Lopes, Luisa Duarte e Beatriz Neres. Elas completaram a prova com o tempo de 5h51min09s.

A segunda posição ficou com a equipe da Rússia, com 5h51min19s, enquanto o time chinês ficou em terceiro, com 5h52min01s.

Prata

Vittoria Lopes, Kauê Cardoso, Diogo Sclebin e Matheus Diniz também foram responsáveis pela conquista de uma medalha de prata na prova de equipe mista. Os brasileiros conseguiram o tempo de 4h34min59s, ficando atrás apenas do time da Rússia, que chegou com o tempo de 4h33min18s. O bronze foi da China, com 4h35min23s.

Dois bronzes

Também neste domingo a equipe brasileira conseguiu outras duas medalhas no triatlo, ambas de bronze.

No individual feminino Vittoria Lopes ficou em terceiro com o tempo de 1h56min44s. Ela ficou apenas atrás da suíça Jolanda Annen, que terminou o percurso em 1h56min16s, e da russa Elena Danilova, com a marca de 1h56min33s.

O segundo bronze veio com a equipe masculina. O feito foi alcançado por Kauê Cardoso, Diogo Sclebin e Matheus Diniz. Eles encerraram o percurso com o tempo de 5h16min31s.

O ouro ficou com o time da Rússia, com o tempo de 5h13min30s, enquanto a prata foi para a equipe da França, que obteve a marca de 5h13min39s.

TV Brasil

A TV Brasil exibe neste domingo um programa especial dos Jogos Mundiais Militares 2019 com um balanço da competição. Com 30 minutos de duração, a produção vai ao ar às 20h30. O público pode interagir pelas redes socias por meio da hashtag #JogosMilitaresNaEBC.

* Atualiza com medalha de prata da equipe mista. Edição: Fábio Lisboa Tags: esportesjogosmundiaismilitares2019jogosmundiaismilitares#7JMMWuhanJogos Mundiais Militarestriatlo

Brasil conquista prata na maratona aquática

Time do Brasil consegue segundo lugar no revezamento misto de 5 km

Publicado em 27/10/2019 – 08:32

Por Agência Brasil Rio de Janeiro

No último dia de competições dos Jogos Mundiais Militares (JMM), a equipe brasileira de maratona aquática conquistou neste domingo (27) a medalha de prata na prova de revezamento misto de 5 km.

O feito foi alcançado por Ana Marcela Cunha, Allan do Carmo, Betina Lorscheitter e Fernando Ponte, com o tempo de 56min44s6. Eles ficaram atrás apenas da equipe da França, com o tempo de 56min41s8. Já a medalha de bronze ficou com os atletas da China, que completaram a prova em 56min48s0.

Ana Marcela Cunha

Com a prata deste domingo Ana Marcela Cunha chega ao total de 3 medalhas nesta edição dos JMM. Ela já havia conquistado um ouro na prova feminina dos 10 km e um bronze na prova dos 5 km entre mulheres.

TV Brasil

A TV Brasil exibe neste domingo um programa especial dos Jogos Mundiais Militares 2019 com um balanço da competição. Com 30 minutos de duração, a produção vai ao ar às 20h30. O público pode interagir pelas redes socias por meio da hashtag #JogosMilitaresNaEBC. Edição: Fábio Lisboa Tags: esportesjogosmundiaismilitares2019jogosmundiaismilitares#7JMMWuhanJogos Mundiais Militaresmaratona aquática

Arthur Zanetti é vice-campeão nas argolas e bronze no solo, nos JMM

Arthur Zanetti ganha ouro nas argolas

O outro bronze do Brasil ficou com o ginasta Francisco Barreto

Publicado em 25/10/2019 – 10:51

Por Claudia Soares Rodrigues – Jornalista da TV Brasil Rio de Janeiro

O medalhista olímpico Arthur Zanetti é o vice-campeão na prova das argolas, da Ginástica Artística, nos Jogos Mundiais Militares (JMM), em Wuhan, na China. Nesta manhã,  o ginasta brasileiro ficou com a prata ao totalizar 14.700 pontos, 433 a menos que o chinês Yang Liu, que conquistou o ouro. O bronze ficou com o ginasta armênio Artur Avetisyan (14.633).  

Mais cedo, Zanetti já tinha subido ao pódio ao garantir o bronze nos exercícios de solo. O brasileiro somou 14.033 pontos, ficando atrás dos chineses Shudi Deng (ouro, com 14.733) e Ruoteng Xiao (prata com 14.666).

O segundo bronze para o Brasil na modalidade veio com o ginasta Francisco Barreto Júnior, que alcançou nota 13.866 no cavalo. Mais uma vez os chineses conquistaram ouro e prata, com Jingyuan Zou (14.933) e Ruoteng Xiao (14.866), respectivamente.

Com as conquistas de hoje (25), o país soma ao todo cinco medalhas na ginástica artística (duas pratas e três bronzes). Edição: Guilheme Neto Tags: ginástica artísticaesportesjogosmundiaismilitares2019Arthur Zanetti#7JMMFrancisco Barreto Júniorcavaloargolassolo

Brasil brilha no Taekwondo com mais três pódios nos JMM

Paulo Melo fatura o ouro ao vencer na final da categoria até 54 Kg

Publicado em 25/10/2019 – 09:47

Por Claudia Soares Rodrigues – Jornalista da TV Brasil Rio de Janeiro

A equipe brasileira de Taekwondo arrematou mais três medalhas na madrugada de hoje (25), nos Jogos Mundiais Militares (JMM), em Wuhan, na China. O potiguar Paulo Melo, da seleção principal, conquistou o ouro ao derrotar o iraniano Akbarzdeh Iman por 31 a 22 na final da categoria até 54 Kg.   

Na final feminina Da categoria até 62 Kg, a brasileira Caroline Santos foi vice-campeã, conquistando a prata, ao perder a final para a chinesa Jie Song, por 17 a 9.

Também teve bronze para o Brasil na disputa feminina até 53 Kg: a lutadora Leonor Saraiva foi superada na semifinal pela atleta Charos Kayumova, do Uzbequistão, por 23 a 5, que depois se sagrou campeã e ficou com o ouro.  Na briga pelo bronze, Leonor Saraiva levou a melhor contra a Fariza Aldangorova, do Cazaquistão, por 17 a 12.

O Brasil soma agora seis medalhas no Taekwondo: dois ouros, uma prata e três bronzes. Edição: Guilherme Neto Tags: TaekwondoJogos Mundiais Militaresjogosmundiaismilitares2019esportesPaulo Melo#7JMMCaroline Santos

Nadadores brasileiros garantem mais quatro pódios dos JMM, na China

Leonardo de Deus conquistou o ouro nos 200m estilo borboleta

Publicado em 23/10/2019 – 12:06

Por Claudia Soares Rodrigues – Jornalista da TV Brasil Rio de Janeiro

A equipe brasileira de natação segue com tudo nos Jogos Mundiais Militares (JMM), em Wuhan, na China.  O sul-mato-grossense Leonardo de Deus, da seleção principal, faturou a medalha de ouro nos 200 m borboleta para homens. Ele fechou a prova em 1:56.81, deixando pra trás o ucraniano Denys Kesil (1:57.14), que ficou com a prata. O russo Danil Pakhomodov foi bronze, com a marca de 1:57.46.  

Quem também subiu ao pódio na manhã de hoje (23) foi a pernambucana Etiene Medeiros, de 28 anos. A atleta ficou com a medalha de prata na prova dos 50 m costas ao finalizar o percurso em segundo lugar, com o tempo de 28.29.  A vencedora foi a chinesa Jie Chen (27.81), que superou a brasileira com uma diferença de apenas 48 centésimos. O bronze foi para a polonesa Alicja Tchorz  (28.95).

A segunda medalha de prata da natação veio na prova 4 x 100 m medley com equipe mista (Guilherme Basseto, Leonardo Santos, João Gomes,  Brandonn Almeida, Giovanna Diamante, Larissa Oliveira, Manuella Lyrio e Daiane Dias), com o tempo de 3:48.72. A China venceu a disputa e conquistou o ouro, com a marca de 3:43.64. O bronze ficou com a equipe russa (3:50.15).

Também teve bronze nos 100 m costas feminino, para Jhennifer Conceição, de 22 anos, que conquistou hoje (23) a segunda medalha dela nos JMM. A chinesa Jingyao ganhou a prova e ouro ao completar o percurso em 1.07.17. A prata ficou com a russa Maria Temnikova (1:08.25).  No último domingo (20), Jhennifer Conceição conquistou a prata na prova dos 50 m costas para mulheres.

Com os resultados desta manhã, a equipe de natação já conquistou 19 medalhas para o Brasil (quatro ouros, nove pratas e seis bronzes). O país segue em terceiro lugar no quadro geral de medalhas com um total de 55 (14 ouros,15 pratas e 26 bronzes), atrás da líder China, com 129 (73 ouros, 36 pratas e 20 bronzes) e da Rússia, segunda colocada, com 109 (36 ouros, 38 pratas e 35 bronzes).  Edição: Guilherme Neto Tags: nataçãoesportesJMMesportesmundiaismilitares2019#7JMMChinaWuhanLeonardo de DeusEtiene MedeirosJhennifer Conceição

Time Brasil é vice-campeão na Ginástica Artística, nos JMM

Na disputa por equipes, ginástica artística masculina conquista o vice-campeonato nos 7° Jogos Mundiais Militares.

É a segunda medalha do país na modalidade

Publicado em 23/10/2019 – 15:44

Por Claudia Soares Rodrigues – Jornalista da TV Brasil Rio de Janeiro

Hoje (23) foi dia de os brasileiros conquistarem a segunda medalha na Ginástica Artística, nos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, Na China. Na disputa por equipes, a seleção verde e amarela deixou escapar o ouro para a China. Auxiliado pelo atual campeão mundial na barra fixa  Arthur Nory – ele não pôde competir devido a dores no ombro – o time brasileiro contou com o medalhista olímpico Arthur Zanetti, Caio Souza, Luís Porto, Lucas Bitencourt e Francisco Barreto Júnior.

A equipe brasileira totalizou 243.526 nas seis provas (solo, cavalo com alças, argolas, salto, barras paralelas e barra fixa).   Já a vencedora China somou 260.294. Na terceira colocação, com o bronze, ficou a Coreia da Norte (237.627).

Na segunda-feira (21), o ginasta Caio Souza faturou um bronze para o Brasil no individual geral da ginástica. O Brasil segue em terceiro lugar no quadro geral de medalhas com um total de 55 (14 ouros,15 pratas e 26 bronzes), atrás da líder China, com 129 (73 ouros, 36 pratas e 20 bronzes) e da Rússia, segunda colocada, com 109 (36 ouros, 38 pratas e 35 bronzes).  Edição: Guilherme Neto Tags: Jogos Mundiais MilitaresesportesJMMesportesmundiaismilitares2019#7JMMChinaWuhanArthur ZanettiCaio SouzaLuís PortoLucas BitencourtFrancisco Barreto Júnior