Palmares do Sul e suas lagoas atração para quem prefere nadar na água doce

Localizada em uma região entre o mar e a Lagoa dos Patos, com áreas de beleza quase intocadas e água com características bastante peculiares, Palmares do Sul é uma bela opção para quem prefere nadar em água doce. Este foi o cenário escolhido para o grupo de nadadores do Projeto Nadando Pelos Cartões Postais se jogarem na água, em busca de um treino forte em um belo cartão postal do Rio Grande do Sul.

Para além dessas peculiaridades que tornam o ambiente ainda mais interessante, o cenário ao redor também é de encantar. Há pelo menos 10 lagoas no município, que abrigam uma vegetação composta por figueiras e butiazais em terra e aguapés e juncos nas águas.

O roteiro feito pelos nadadores saiu da residência do atleta Marcio na beira do rio Palmares. De lá, nadaram em direção à Lagoa do Casamento, que é facilmente confundida com a Lagoa dos Patos com a qual se comunica.

No percurso pelo rio até a lagoa, o cenário é de muito verde, aves lindas e aguapés. A lagoa fica a 4 quilômetros distante do ponto de partida. Suas águas são pouco profundas, com cerca de 3m de profundidade. Encontramos também Ilhotas e frações de terra no meio da lagoa, belo convite para um treino. De lá, é possível avistar a Ilha Grande e Itapuã.

Participaram da nadada os atletas Guilherme Martins, Marcio Weber, Francismar Siviero e Gerson Martins.

O Projeto Nadando Pelos Cartões Postais tem como objetivo promover as águas abertas e contribuir na conscientização da população para importância de preservar o ambiente aquático, e sobretudo incentivar viagens pelo Rio Grande do Sul.

Saiba mais como participar e apoiar este projeto no site francisswim.com.br. Siga também nas redes sociais facebook.com/francisswimnatacao e instagram.com/francisswim

Texto e foto Soraya Siviero

Parque Nacional reabre para visitação no aniversário de Foz do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, Maravilha Mundial da Natureza, reabre para a visitação turística, de forma gradual e com todos os cuidados necessários à saúde coletiva, na quarta-feira, 10 de junho, dia de celebração do aniversário da cidade de Foz do Iguaçu (PR). A unidade de conservação foi fechada em 18 de março, pelo Ministério do Meio Ambiente, responsável pelas unidades de conservação federais, como medida de segurança para evitar o contágio da covid-19.

Em sua reabertura, o Parque Nacional do Iguaçu atenderá os visitantes de terça-feira a domingo, das 9h às 16h. A mudança no horário tem o objetivo de ajustar o serviço de visitação turística às melhores práticas de segurança. Diariamente, o parque passará por um minucioso trabalho de sanitização de todo o circuito turístico, oferecendo ainda mais proteção aos visitantes.

Cuidados redobrados – O Parque Nacional do Iguaçu fará o controle individual de acesso de todas as pessoas que forem à unidade de conservação com uma barreira sanitária instalada no Centro de Visitantes.

Nesse ponto, o visitante será recepcionado por uma equipe de funcionários que vai aferir a temperatura do público. Simultaneamente, as equipes do parque orientarão todos para passar álcool gel nas mãos e os calçados no tapete sanitizante, e informarão sobre a permanência e o uso correto da máscara cobrindo o nariz e a boca, durante todo o passeio.

Ingressos – Os ingressos para visitar o Parque Nacional do Iguaçu serão vendidos exclusivamente on-line no site www.cataratasdoiguacu.com.br. O visitante precisará realizar a compra do ingresso e agendar o dia e o horário da visita. A compra estará sujeita à disponibilidade de vagas.

O parque irá trabalhar com 350 vagas de ingressos por hora, nesta primeira fase da reabertura. A venda on-line e a limitação de público por horário foram planejadas para manter o controle e o distanciamento entre as pessoas.

Moradores de Foz do Iguaçu e das outras 13 cidades vizinhas possuem 90% de desconto para visitar o Parque Nacional do Iguaçu com o Passe Comunidade. Essa categoria de ingresso não é disponibilizada on-line. Esse visitante precisa comprovar residência em uma dessas cidades, conforme regulamento do Passe Comunidade, disponível no site www.cataratasdoiguacu.com.br, e apresentar o comprovante presencialmente na aquisição do ingresso no parque.

Observação: nesta primeira fase de reabertura, a administração do Parque Nacional do Iguaçu não concederá isenção para visitas técnicas de escolas, universidades e entidades sociais e culturais. Esse programa de atendimento será restabelecido somente quando a visitação turística retomar de forma integral.

Fotografias: Christian Rizzi / Cataratas do Iguaçu S.A

Serviço

Parque Nacional do Iguaçu – retomada gradual do atendimento

Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 9h às 16h

www.cataratasdoiguacu.com.br

contato@catarataspni.com.br

Central de Atendimento ao Visitante (WhatsApp) +55 (45) 9137-3444 (wa.me/554591373444)

Telefone: +55 (45) 3521-4400⠀

Informações para imprensa

Wemerson Augusto

(45) 3521-4439 / 9 9991-2970

imprensa@cataratasdoiguacu.com.br

Selo de Boas Práticas e Condutas Sanitárias serão adotados na retomada do turismo

Campo Grande (MS) – O Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur) e Ministério do Turismo (MTur) discutiu, durante esta última semana, protocolos e procedimentos de implementação do Selo de Boas Práticas e Condutas Sanitárias para o turismo. O selo será orientativo e pretende ajudar a validar as boas práticas dos prestadores de serviço e empreendimentos turísticos diante da pandemia do novo coronavírus.

Segundo Bob Santos, secretário de Integração Interinstitucional do MTur, o selo integra o Plano de Retomada do Turismo Brasileiro. “Ele foi baseado em cases de sucesso de países que implementaram o serviço na retomada do turismo, então o Ministério começou a compilar juntamente com aquilo que as associações nacionais já haviam criado em cada segmento. Pegamos protocolos recebidos nacional e internacionalmente e formatamos para validação da Anvisa. O trabalho agora é unificar os protocolos”, explica Santos.

O presidente do Fornatur e diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FundturMS), Bruno Wendling, fala sobre a participação de várias entidades e empresários do setor na criação do Selo. “Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, tivemos demandas de municípios com atividades específicas e, com a participação de associações do setor, foi desenvolvido um protocolo para a realidade local. É possível contribuirmos com os protocolos, juntar as regiões turísticas e fazer a convergência do que já foi criado, tanto no MS quanto no Ministério, fazer um pari passu para que os empresários e prestadores não tenham dificuldade em implementá-los, possam obter os selos locais e do MTur sem sobreposição”.

Ainda segundo o MTur, com a implementação do Selo os destinos se qualificam melhor, pois terão prestadores e empreendedores registrados seguindo protocolos de segurança sanitária, os empreendimentos e prestadores de serviços saem da ilegalidade e todo o turismo brasileiro ganha com uma política pública integrada.

Wendling ressalta o papel fundamental do Fornatur na mudança do posicionamento do Selo. “A partir de defesa técnica do Fórum e mais 19 entidades do setor, foi solicitado ao MTur mudança na comunicação do Selo, que havia sido lançado, voltada para a responsabilidade tanto dos empreendedores, quanto turistas. Esse novo posicionamento e os protocolos reforçam a importância de termos ambientes saudáveis visando um turismo responsável”, finaliza.

O Selo

Evento remoto de lançamento do selo “Turismo Responsável”

Lançado nesta quinta-feira (04.06) em evento online, realizado pelo Ministério do Turismo com a participação do presidente do Fornatur, Bruno Wendling, e outras entidades do trade, o selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro” é uma chancela de pertencimento para o empreendedor poder transparecer segurança ao cliente e a divisão da responsabilidade será feita com o turista, que deverá seguir as orientações. Os protocolos sanitários são recomendados para 15 segmentos turísticos e só poderão participar empreendimentos e prestadores de serviço que estiverem em dia com o cadastro no Cadastur, como meios de hospedagem, agências de viagens, guias de turismo, restaurantes e similares, transportadora turísticas, organizadoras de eventos, entre outros.

O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ressaltou a parceria do Fornatur e entidades do trade que contribuíram para a elaboração do selo.  “Com essa iniciativa, o Brasil se posiciona no cenário doméstico e internacional como um destino seguro e preparado para atender um novo perfil de turista que surgirá após a pandemia. Um turista mais interessado e preocupado com a adoção de medidas sanitárias e de higiene. O selo criado pelo Ministério do Turismo é gratuito e será utilizado em todo o Brasil, sendo um diferencial extremamente relevante nesse “novo” turismo. Apesar de trabalharmos neste momento com 15 segmentos turísticos, poderemos ampliar esses protocolos a qualquer momento”, comentou o ministro.

Os empreendimentos e prestadores de serviços turísticos poderão solicitar seu Selo de Boas Práticas e Condutas Sanitárias através do site www.turismo.gov.br/seloresponsavel/ onde farão um registro. Ao fazer o registro para adquirir o selo, o empreendedor também aceita que realizará uma qualificação dos funcionários. Haverá vídeos instruindo sobre os procedimentos e um QR Code que permite a leitura de várias ferramentas no site. O empreendedor terá acesso a um enxoval de artes gráficas que podem ser usadas de várias formas e onde pode ser inserido a identificação do seu estado. O Selo deverá ser impresso e colocado ao lado do selo Cadastur em local visível no empreendimento. No caso dos guias de turismo, haverá um treinamento por vídeo e, ao aceitar os termos ao final do treinamento, poderá ter o selo identificado em seus crachás.

O turista deverá ser informado sobre o uso do QR Code ao chegar no empreendimento. Com isso ele poderá saber se o empreendimento ou prestador está validado, poderá realizar reclamações e ter acesso a todos os protocolos sanitários que devem ser cumpridos. O selo é autorregulamentado, porém o MTur fará um ranqueamento dos empreendimentos de acordo com a avaliação dos turistas que darão nota da mesma forma como avaliam um motorista de aplicativo, por exemplo. Trimestralmente os melhores qualificados serão divulgados até mesmo para instigar a concorrência para melhorar seus serviços.

Débora Bordin, Fundtur

Foto: Divulgação

Ministério do Turismo e da Aviação das Bahamas anuncia plano para reabrir o setor de turismo

Em parceria com o Comitê de Prontidão e Recuperação do turismo do país, órgão salienta que as Ilhas se preparam para retomar o turismo internacional em 1º de julho de 2020 com novos protocolos de saúde e segurança

O Ministério do Turismo e Aviação das Bahamas, juntamente com o Comitê de Prontidão e Recuperação do Turismo – um grupo composto por parceiros do setor público e privado – anunciou um plano colaborativo para reabrir as fronteiras e o setor de turismo do país, bem como a retomada das viagens comerciais internacionais a partir de 1 de julho de 2020. Uma conferência de imprensa forneceu detalhes do “Plano de Prontidão e Recuperação do Turismo” para ser usado como um guia abrangente e aprovado do protocolo de saúde e segurança a ser seguido de forma consistente em todo o país.

Desde procedimentos relacionados à entrada e saída das Bahamas por meio de aeroportos e portos marítimos, até um programa de certificação “Clean & Pristine” (Limpo e Original, em português) implementado em hotéis, restaurantes e outras entidades e pontos de contato voltados ao consumidor, o plano descreve extensos protocolos de saúde e segurança que serão aplicados nas Bahamas para mitigar os riscos para todos os visitantes e residentes.

“Nossa principal prioridade é e sempre será nosso compromisso com a saúde e o bem-estar de nossos residentes e visitantes”, disse Joy Jibrilu, diretora geral do Ministério de Turismo e Aviação das Bahamas. “Devemos lembrar que estamos vivendo uma nova normalidade na esteira da COVID-19 e muita coisa vai mudar no setor de turismo. Estamos dando uma ênfase ainda maior em garantir uma Bahamas segura e limpa para todos, e esperamos mais uma vez proporcionar aos viajantes a experiência tropical pela qual nossas ilhas são conhecidas”, declarou.

Abordagem em fases
A economia do turismo das Bahamas voltará gradualmente, seguindo uma abordagem estratégica em fases, que garante a aderência de procedimentos críticos sanitários e de segurança e que o setor de saúde permaneça bem equipado e pronto para responder conforme necessário.
• A Fase 1, iniciada em 15 de junho de 2020, permitirá que embarcações internacionais, iates e aviações privadas retornem ao destino.
– Esses grupos menores permitirão um segmento mais controlado para testar as novas medidas do país.
Durante essa fase, as companhias aéreas comerciais poderão trazer cidadãos das Bahamas, residentes legais, proprietários de residências qualificadas para residência econômica permanente, ou os familiares imediatos e entes queridos de qualquer um desses grupos.
– Todas as pessoas que retornarem continuarão tendo que se registrar na embaixada ou consulado das Bahamas e obter um teste COVID-19 com resultado negativo.
– Prevê-se que durante esse período haverá um cronograma reduzido de voos, à medida que as companhias aéreas começarem a adicionar as Bahamas às rotas novamente.
Além disso, durante a fase 1, os hotéis serão reabertos para que os funcionários retornem ao trabalho e implementem todas as medidas necessárias para garantir que estejam prontos para receber os hóspedes no início da fase 2.

• A Fase 2, a partir de 1º de julho de 2020, permite a retomada das viagens internacionais, incluindo:
– Linhas aéreas comerciais, internacionais e domésticas;
– Hotéis e aluguéis de temporada, incluindo Airbnb e HomeAway;
– Transporte variando de táxis para ônibus.
O calendário das outras fases e setores será anunciado em breve.

O que os viajantes devem esperar
Os viajantes deverão seguir a “Campanha do Viajante Saudável” (Healthy Traveler Campaign) das Bahamas, que incentiva visitantes e moradores a continuarem praticando medidas de distanciamento social, lavando as mãos regularmente ou usando desinfetantes para as mãos, e utilizando proteção apropriada, como máscaras, assim como fazem com seus trajes de banho e protetor solar.

Nos aeroportos e portos marítimos as avaliações de temperatura de todos serão realizadas por assistentes de saúde. As pessoas deverão usar uma máscara facial em qualquer situação em que seja necessário aplicar diretrizes de distanciamento físico, como ao entrar e transitar por terminais aéreos e marítimos, enquanto navega nas verificações de segurança e alfandegárias e na solicitação de bagagem. Ao partir, os voos serão programados para todos os outros portões, a fim de fornecer a maior distância possível entre eles, e será fornecido maior tempo para o embarque, a fim de garantir que o distanciamento físico possa ser mantido.

Outros novos procedimentos estarão presentes em toda a experiência na ilha, incluindo:

• Acomodações:
– Hotéis, resorts e aluguéis de férias aplicarão extensos protocolos de saúde e segurança, como limpeza aprimorada de quartos, espaços públicos e áreas de alto ponto de contato e horários regulamentados;
– Desinfetantes para as mãos estarão disponíveis em todas as propriedades;
– Os pontos de verificação da temperatura e monitoramento da saúde dos funcionários serão reforçados;
– O número de indivíduos nos elevadores de uma só vez será limitado;
– Papéis desnecessários nas acomodações serão eliminados.

• Táxis e carros independentes:
– Passageiros e motoristas devem usar máscaras o tempo todo ao longo de sua viagem;
– Os veículos devem reduzir o número máximo de pessoas em 50% (os sedans podem transportar até duas pessoas e os SUVs até quatro) e os passageiros não devem andar no banco da frente.

• Excursões, passeios, atrações locais e compras:
– As empresas devem estabelecer um número máximo de participantes e limitar a duração de cada visita para permitir o distanciamento social;
– Quando possível, os hóspedes serão incentivados a usar equipamentos pessoais (como equipamento de mergulho) e as empresas terão itens disponíveis para compra;
– Os hóspedes não poderão tocar nos produtos, a menos que com a intenção de comprar, e as vendas sem dinheiro e com cartões e outros dispositivos de pagamento serão incentivadas;
– As cadeiras de praia devem ser organizadas para permitir um distanciamento social de um metro e meio entre unidades familiares;
– Um cronograma de limpeza e uma lista de verificações regulares devem ser estabelecidos, revisados e mantidos.

• Operações de navios e balsas
– Os funcionários devem usar uma máscara facial impermeável durante todas as interações com os passageiros e onde outras medidas de distanciamento social sejam difíceis de manter;
– O número máximo de pessoas permitidas a bordo será reduzido em 50% e os assentos poderão ser nomeados para garantir o distanciamento adequado;
– A higienização das embarcações deve ocorrer antes que qualquer passageiro embarque no navio e entre todas as trocas de viajantes. Todas as superfícies de toques frequentes devem ser limpas constante e consistentemente durante o passeio e ao final de cada dia.

• Restaurantes, serviços de comidas e bebidas
– Os buffets serão descontinuados até novo aviso. Todas as refeições devem ser individuais ou previamente embaladas;
– As empresas devem utilizar menus descartáveis ou oferecê-los em monitores e placas de vídeo estáticas;
– Os funcionários devem usar EPIs (máscara e luvas descartáveis).

A reabertura das fronteiras continuará sendo monitorada e orientada pelas autoridades do governo e da saúde das Bahamas. As datas estão sujeitas a alterações com base nas tendências da COVID-19, se houver uma regressão na melhoria ou se o governo e as organizações de saúde considerarem essas fases inseguras para residentes ou turistas.

O Ministério de Turismo e Aviação das Bahamas acredita que é um requisito básico que os consumidores tenham um nível de conforto, que As Bahamas é um destino seguro e saudável para visitar, e o objetivo é que continue assim. Para obter mais informações ou visualizar o Plano de Prontidão e Recuperação do Turismo, visite: www.bahamas.com/

NASA Kennedy Space Center Visitor Complex anuncia reabertura

Web | Em alta
Jardim de Foguetes
Web | Em alta
Entrada do Complexo
Web | Em alta
Ônibus Espacial Atlantis

Localizado a 45 minutos de Orlando, na Flórida, o NASA Kennedy Space Center Visitor Complex receberá os visitantes novamente a partir de quinta-feira, 28 de maio 2020.

Durante a fase inicial, o parque seguirá novas medidas e procedimentos como parte de um programa abrangente, o “Trusted Space”, que visa manter visitantes e funcionários seguros e saudáveis.

As novas medidas e procedimentos estão alinhadas às recomendações do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e incluem:
· Abertura com participação limitada e incentivo à compra antecipada pelo site do Complex com data e horário;
· Obrigatoriedade de máscaras faciais para funcionários e turistas (crianças a partir de dois anos) bem ajustadas, cobrindo a boca e o nariz, durante presença no Complexo, exceto durante refeições;
· Observação do distanciamento social em filas, restaurantes e outras instalações em todo o complexo de visitantes;
· Transações com cartão de crédito sem contato físico;
· Testes obrigatórios de temperatura de todos os funcionários e visitantes antes da entrada. Não será permitido o ingresso de qualquer pessoa nem de seus acompanhantes com temperatura acima de 38 ºC (100,4 ºF);
· Maior frequência de higienização;
· Horário de funcionamento alterado para 10h-16h, a fim de proporcionar mais tempo para limpeza e higienização.

O NASA Kennedy Space Center Visitor Complex ressalta que a saúde e a segurança de funcionários e visitantes são a maior prioridade nesse momento, e recomenda a consulta ao ícone do “Trusted Space” em todo o complexo de visitantes para verificar como está a resposta à Covid-19.

As medidas serão reforçadas com o alerta aos visitantes de que existe o risco inerente de exposição à Covid-19 em qualquer local público. Durante a fase inicial de retorno, estarão disponíveis as atrações: Heroes & Legends apresentando o Hall da Fama dos Astronautas, Jardim de Foguetes, Natureza e Tecnologia, Ônibus Espacial Atlantis (sem shows prévios), NASA Now, Jornada para Marte, aparição de personagens e oportunidades adicionais para fotos localizadas no pavilhão oeste da Atlantis.

Mais informações estão disponíveis no site oficial do complexo.
YouTube: ExploreSpaceKSC
Instagram: @KennedySpaceCenter
Facebook: KennedySpaceCenterVisitorComplex
Twitter: @ExploreSpaceKSC
Informações para a Imprensa
Victoria Bernardes – comunicacao@tmlatinamerica.com – +55(11)3819-3031



Visit Pantanal elabora plano para retomada das atividades turísticas que contempla protocolos sanitários e selo “Limpo e Seguro”

Os associados da Visit Pantanal se reuniram na última semana para discutir e elaborar um plano de retomada das atividades turísticas, sociais e econômicas na região onde atuam.

Representantes dos municípios de Campo Grande, Aquidauana, Miranda, Corumbá, Bodoquena e Bonito, área de abrangência da Associação, definiram ações conjuntas para a retomada do crescimento pós-pandemia.

Dentre as deliberações feitas na videoconferência, estão protocolos sanitários, estratégias de marketing informativo e vendas regionais.

Os protocolos sanitários foram o principal tópico, pois eles que irão dar segurança aos colaboradores e aos visitantes que quiserem usufruir de atrativos turísticos, meios de hospedagem, transportes turísticos, restaurantes, bares, barcos-hotel, além de operadoras e agências de viagens e eventos.

O protocolo elaborado em conjunto pelos associados Visit Pantanal será apresentado às prefeituras, que poderão contribuir com a equipe técnica de cada Secretaria de Saúde para possibilitar maior controle e segurança na reabertura desses estabelecimentos. Além disso, a proposta visa à assinatura por parte dos empresários da região de um Termo de Responsabilidade Sanitária, onde a empresa que for fiscalizada e cumprir os requisitos receberá um selo ‘LIMPO E SEGURO’, deixando transparente o compromisso com a saúde de todos.

Dentre os protocolos que serão implementados está o de higiene dos ambientes e cuidados pessoais, de regras de atendimento ao público, do uso de máscaras de proteção social, entre outros aspectos que evitam a disseminação do coronavírus.

“Queremos que nossos hotéis, pousadas, restaurantes, agências e atrativos turísticos reabram com segurança, desde que nossas prefeituras nos forneçam os protocolos sanitários necessários para isso. Tudo para colaborar com o afastamento total da COVID-19 da nossa rota turística, e, que juntos, poder público e sociedade civil possam vencer essa fase terrível e sair disso tudo com um destino (Pantanal Sul, Serra da Bodoquena e Bonito) mais fortalecido e atraente.”, disse a Presidente da Visit Pantanal Cristina Moreira Bastos.

O grupo iniciou as primeiras reuniões com os gestores dos municípios e o prefeito de Miranda, Sr. Edson Moraes junto com representantes da Secretaria de Saúde foram os primeiros a receber o documento elaborado pela Visit Pantanal.

Além das regras sanitárias, foram discutidas e serão liberados dentre alguns dias ações promocionais e de marketing para que o público do Mato Grosso do Sul e regiões vizinhas possam viajar nesses próximos meses. “Estamos pensando em descontos, parcelamentos e promoções conjuntas entre os associados para que o turista possa conhecer a região e aproveitar as experiências junto à natureza, com economia e tranquilidade, pois é uma fase complicada para todos”, ressalta Cristina.

Além disso, nas mídias sociais da associação, haverá lives e eventos online envolvendo associados e parceiros que irão apresentar todas as belezas naturais, os passeios e as experiências que podem ser vividos no Pantanal Sul, Serra da Bodoquena e Bonito. Destinos onde a tranquilidade reina e o contato com a natureza é intenso e inesquecível.

“Queremos que as pessoas possam descansar e relaxar em cenários de paz, com muita segurança”, finaliza a presidente da Visit Pantanal.

As ações serão divulgadas no site visitpantanal.com e nas redes sociais da associação: Facebook (/visitpantanalsul) e Instagram (@visit.pantanal).

Acessar Release no Site da Visit Pantanal

Agência de viagens vai vender pacote para o Havaí com quase 80% de desconto

Promoção irá depender da quantidade de seguidores que o Hurb alcançar no Twitter

RIO DE JANEIRO, MAIO DE 2020 – Em mais uma de suas ações durante a quarentena, o Hurb (antigo Hotel Urbano), agência online de viagens líder nacional, lançou um desafio para os consumidores na semana passada. Na campanha “Você no Havaí”, a empresa pode liberar pacotes para o estado norte-americano com quase 80% de desconto. A oferta inclui passagens aéreas e sete dias de hospedagem em Honolulu, com embarque em 2021. Tudo vai depender de a agência de viagens alcançar um número estipulado de seguidores em seu perfil do Twitter.

Como vai funcionar?

O Hurb estabeleceu três metas de seguidores para seu perfil oficial no Twitter (@HurbBrasil) e cada uma delas está atrelada a um preço específico. Se a conta da empresa atingir 60 mil seguidores, o pacote Havaí, que hoje custa R$9539, sairá a R$5999. Se atingir 75 mil seguidores, sairá a R$2999. E se atingir a 100 mil seguidores, sairá a R$1999, chegando a quase 80% de desconto.

O desafio está previsto para encerrar nesta quinta-feira (21). Porém, se o Hurb alcançar a primeira meta, o público ganha mais uma semana para conquistar a meta principal. O preço do pacote correspondente a quantidade de seguidores alcançada será atualizado no dia seguinte ao encerramento da ação, com estoque limitado. Hoje, o perfil da agência de viagens é seguido por mais de 48 mil pessoas. O Hurb também acumula mais de 12 milhões de fãs no Facebook, sendo a maior página em todo o mundo de uma marca no segmento de viagens, além dos 2 milhões no Instagram.

O Hurb oferece diariamente mais de 400 mil opções de hotéis e pousadas espalhados por todo o mundo, sendo mais de 9 mil apenas no Brasil. Além disso, registra mais de 6 mil reservas ao dia, em 6.500 destinos mundo afora.

SOBRE O HURB
Sempre tendo por princípio oferecer a melhor experiência não apenas de compra online, mas de viagem, aos seus clientes, o Hurb nasceu em janeiro de 2011. Com a missão de inspirar e transformar vidas por meio de viagens, a agência online de viagens já gerou milhares de empregos diretos e indiretos, fomentou novos destinos e auxiliou no desenvolvimento de pequenos e médios empreendedores. Durante os últimos anos, o Hurb vendeu milhões de diárias para viajantes de todo o Brasil. Nos próximos anos, planeja vender algumas dezenas de milhões de diárias para viajantes não apenas brasileiros.


IMPRENSA HURB
imprensa@hotelurbano.com.br

Costa Cruzeiros estende suspensão temporária das operações até 30 de junho

São Paulo, 4 de maio do ano 2020 – A Costa Cruzeiros estende a pausa voluntária de suas operações globais até o dia 30 de junho de 2020. Devido à prolongada situação de emergência ligada à pandemia global de Covid-19 e à continuidade das medidas de contenção como o fechamento de portos e restrições à circulação de pessoas, e que, na verdade, não permitem operar, a Costa Cruzeiros amplia a suspensão de suas atividades para todo o mês de junho.

A Costa Cruzeiros está informando as agências de viagens e os clientes afetados pelas alterações. O cliente poderá utilizar o valor pago como crédito até o dia 31 de março de 2021 para assim agendar um novo cruzeiro com embarque até 30 de novembro de 2021. Além disso, ele recebe um crédito, a ser utilizado a bordo, no valor de:

Para cruzeiros de 1 a 5 noites: R$ 400 por cabine

Para cruzeiros de 6 a 9 noites: R$ 800 por cabine

Para cruzeiros acima de 10 noites: R$ 1200 por cabine

Sobre a Costa Crociere

A Costa Crociere é a companhia marítima italiana integrante da Carnival  Corporation & plc, a maior empresa de cruzeiros do mundo. Há 72 anos a frota da Costa Crociere navega pelo mundo e oferece o melhor do estilo italiano, da hospitalidade a alta gastronomia, fazendo das férias uma experiência única a bordo. As embarcações incluem o que há de mais moderno em diversão, além de oferecer opções para aqueles que desejam relaxar. Possui 15 navios em serviço, a maior frota da Europa.

Além disso, um primeiro navio de última geração foi entregue em 2019 e o outro será em 2021: eles apresentam um “projeto verde” revolucionário e é conduzido por gás natural liquefeito (GNL), combustível fóssil mais limpo do mundo, o que representa um grande avanço ambiental. A Costa reflete a excelência italiana surpreendendo seus clientes todos os dias com experiências de férias únicas e inesquecíveis graças aos 27.000 associados de Costa em todo o mundo que, por sua vez, trabalham todos os dias para oferecer o melhor da Itália em férias de cruzeiro por meio de 140 itinerários diferentes, 261 destinos e 60 portos de embarque.

Mais informações:
Porta-Voz Comunicação Estratégica