Polícia Militar Ambiental de Aquidauana prende e autua em R$ 2 mil dois paulistanos pescando com joão-bobo (boia) e apreende barco, motor e petrechos de pesca ilegal

Polícia Militar Ambiental de Aquidauana prende e autua em R$ 2 mil dois paulistanos pescando com joão-bobo (boia) e apreende barco, motor e petrechos de pesca ilegal

13 de junho de 2020 Off Por Ray Santos

Campo Grande (MS) – Equipe da Polícia Militar Ambiental de Aquidauana, que trabalha na primeira fase da operação “BIG FISH”, com trabalhos voltados diretamente à prevenção e repressão às atividades que envolvem a pesca, a qual é realizada dentro da operação Corpus Christi, prendeu ontem (12) no rio Aquidauana, dois pescadores amadores, residentes em São Paulo (SP) praticando pesca predatória.

A equipe abordou os infratores, de 50 e 53 anos, em uma embarcação nas proximidades da fazenda Santa Virgínia, soltando joão-bobo (boias) petrechos proibidos no leito do rio Aquidauana. Eles ainda não tinham capturado nenhum peixe. Foram apreendidas cinco boias, um barco e um motor com tanque. Os infratores responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 1.000,00 cada um.

A mesma equipe apreendeu cinco tarrafas (petrechos ilegais) abandonadas por pescadores que fugiram ao avistar a fiscalização, quando praticavam pesca predatória na cachoeira do Morcego, no Distrito de Camisão.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500