Advogado de 59 anos é suspeito de abusar da filha de 10

Advogado de 59 anos é suspeito de abusar da filha de 10

22 de junho de 2020 Off Por Ray Santos

Campo Grande, Policial – Jornal do Estado MS

Abusos ocorriam quando a vítima ficava sozinha com o pai; caso ocorreu em Campo Grande

Delegada Marília de Brito, titular da Depca ©Henrique Kawaminami

A Depca (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente) está investigando caso de estupro de vulnerável contra uma criança de 10 anos, em Campo Grande. Os abusos teriam sido praticados por advogado de 59 anos, pai da vítima.
Conforme informações do boletim de ocorrência, o caso chegou à polícia no dia 17 deste mês. Após notar comportamento estranho da filha, a mãe perguntou o que estava acontecendo e a criança acabou relatando sobre os abusos.
Segundo a menina, os estupros ocorriam quando ela ficava sozinha com o pai, que é separado da mãe. O último ocorreu no dia 13 de junho, quando ela foi passar o dia na casa do advogado.
À mãe, a criança contou que o homem passou as mãos em seu corpo várias vezes no decorrer do dia. Ela também revelou que os abusos ocorriam desde os pais eram casados. Na delegacia, a mulher disse que nunca desconfiou do ex-marido.
De acordo com a delegada Marília de Brito, responsável pelas investigações, o advogado será intimidado e deverá prestar depoimento nos próximos dias. A criança já foi ouvida pelo setor psicossocial da delegacia.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS Por: Kerolyn Araújo e Clayton Neves